Decorando com listras!

Há quem ache que as listras só funciona em roupas, bolsas e sapatos mas pode ter certeza elas combinam em outros lugares também, como por exemplo, na decoração de casa. Quando falamos da decoração de listras que em inglês é conhecida como navy, muitas pessoas  lembram dos tons tradicionais azul e branco, mais você pode muito bem brincar com os tons e escolher outras bem divertidas, desde que combinem entre si e deixe o ambiente harmonioso, beleza?

ed52b8849035994cea58c45f95ae5554 59985f6f42b0709c25c91e89c8fc8438

Outro ponto importante também é que as listras é uma decoração extremamente marcante e que com o tempo pode enjoar. Portanto, pense muito bem no local que você vai adicionar a listra, o tom que vai usar e opte por objetos e materiais que você encontre com facilidade sempre. A dica que eu sugiro pra quem quer a parede mais colorida, investir nos papéis de parede, principalmente para quem mora em apartamento, porque uma hora você acaba enjoando da decoração e se quiser trocar basta remover o papel e colocar outro ou deixar a parede branquinha. Há também a opção de colocar capas em almofadas, puffs ou cortinas, tapetes também funcionam muito bem para deixar o ambiente maior e sofisticado. Para as futuras mamães a decoração navy cai muito bem, para as meninas aposte nos tons rosa e branco ou lilás e branco. Para os meninos elementos que lembram a vida de um marinheiro, fica super fofo!

e735302bf154005c0ad23eb45193e52f 7a84ce49d6b2850557b3513aec2c0619 b9d3303f5353f3c2eb3f2c4cac462354

Amei a primeira e a quarta inspiração e vocês?

Beijokas!!

UK

Continuando a saga de experiências de Intercâmbio, hoje temos a história da Bárbara que foi para Brighton uma cidade litorânea que fica próxima da Inglaterra, ela passou 4 meses por lá, aprimorando seu inglês, conhecendo a cultura e os pontos turísticos belíssimos do país. Confiram na entrevista abaixo.

198024_10150216244439202_6203288_n

1- Como fez pra escolher o lugar do intercâmbio?

Eu queria ir para um lugar que eu pudesse aprimorar meu inglês. Fiquei entre USA e Inglaterra. Como sou cidadã italiana também, decidi ir para a Inglaterra pois ia ser mais fácil de entrar e sair do país por causa da aliança ”União Europeia”. Não precisei de visto nem nada. Dentro da Inglaterra quis ir para Brighton. Uma cidade litorânea a poucos minutos de trem da Capital, Londres. Quis ir para o interior por que achei que fosse ter mais contato com os nativos.  Amei demais a cidade e voltaria para lá com certeza! Brighton é muito conhecida como a conhecida como a cidade mais saudável do Reino Unido, e possui grande quantidade de vegetarianos! Essa foi uma das razões de eu ter ido morar lá também.

2- Você foi pra estudar e trabalhar?

Fui para estudar a língua. Apesar de ter estudado o inglês americano, em menos de um mês, já estava com sotaque inglês! Até pensei em trabalhar, mas como fiquei apenas 4 meses, e o tempo VOA quando você está fazendo um intercâmbio, não tive espaço para trabalhar.

217196_10150259357769202_5799219_n

3- Como as pessoas foram com você?

Como em qualquer país europeu, a população é fria e de poucas palavras. Porém, lá tive contato com várias nacionalidades! Conheci muitos colombianos, turcos, chineses, BRASILEIROS, rs, suíços, belgas, enfim! Muita gente legal!

IMG_0754

 4- Do que você sentiu falta do Brasil?

Com certeza a família e amigos! A comida a lá brasileira faz bastante falta tambem! Rs

IMG_0794

5- Dica de passeios: praias, parques, turismo em geral e compras

Em Brighton, recomendo o Royal Pavillion, mais para conhecer a história da família real e sua casa de férias. Recomendo sempre ir aos parques e passar a tarde lá. Perto de Brighton há um parque de diversões chamado ”Thorpe Park”. Muito bom, porém é um pouco distante da cidade. Em Londres, ir no Big Ben e London Eye. Dentro da Inglaterra, fui para Liverpool, Oxford, Cambridge e Manchester, que ficam mais ao norte de Londres. A viagem de trem é linda e agradabilíssima! Recomendo demais ir para Liverpool, a cidade dos Beatles. Mas talvez a cidade que eu tenha mais gostado de visitar, foi Dublin, na Irlanda do Norte. O pessoal lá parece brasileiro. Super calorosos e receptivos! Em Dublin tem uma rua só de Pubs, chamada ”Temple Bar”. Quem for à Dublin deve passear por lá! Sobre compras, quem quiser pagar pouco, sem muita garantia de qualidade, porém peças de roupa e acessórios maravilhosos, deve ir à Primark e H&M. São as lojas de departamento mais famosas de lá!

IMG_0335

Você não pode deixar de visitar o Brighton Pier. O cartão postal da cidade! E já deve estar no seu plano visitar as ”Seven Sisters”. é um conjunto de penhascos voltados pro mar. Maravilhoso!!! Não pode perder esse passeio! E em Londres, tem uma boate brasileira, para quem estiver com saudade de casa, chamada Guanabara! Muito boa! Em Dublin, a visita à loja da Guiness (cerveja) é super legal!

Meu segundo destino que eu escolheria com certeza seria Londres. Adorei demais a experiência da Bárbara e vocês?

Se você viajou para o Exterior e quer participar dessa tag é super fácil, escreve pra cá: diadebrilho@gmail.com vai ser super legal mostrar sua experiência pra todo mundo, beleza?

Beijokas!!

 

Com estilo na academia!

tumblr_mjv5keVJmR1s7cr5do1_500_large

Não tem jeito, chega uma hora da vida que temos que sair da mordomia e ir malhar todas as gostosuras que comemos no fim de semana. E ultimamente vemos várias meninas engajadas nos projetos verão, outono, inverno, 2050 não importa qual projeto, mas querem garantir o corpo definido e a saúde em dia. Pra mim é fundamental um look confortável na hora da malhação, dependendo do clima e da hora que você malha então é essencial uma roupa bem fresquinha não é?!

lookacademia

E pra quem não gosta de sair da moda na hora de ir para academia, aposte nas calças metálicas, a atriz Grazi Massafera é adepta a esses modelitos e fica lindo, olha aqui,  top colorido, regatinhas, calças e shorts com estampas, camisetas de bandas ou com estampas. As famosas são ótimas inspirações para montarmos nossos looks também. Outro item que não pode deixar a gente na mão é o tênis, escolha um modelo esporte e que não machuque o pé e que seja prático na hora dos exercícios. Exclua da lista os modelos vans, sneakers e all star eles só colaboram para vários machucados nos pés e não combinam com esporte.

looksacademia2 lookacademia3

Combinação que eu sempre gostei foi calça ou um short mais cumprido e regatinhas coloridas. E vocês, como gostam de malhar?

Beijokas!!

Sapatos de inverno!

Comprar sapato é como terapia para a maioria das mulheres. Algumas passam horas na loja procurando o modelo certo para aquela ocasião especial e até mesmo para a estação que mais gostamos, como o inverno ♥ que está vindo aí, ou seja, hora perfeita para comprar mais um par. Acompanhando os desfiles da Europa e Nova York já temos ideia de quais cores que vão bombar no inverno e os modelos de sapatos que irão aparecer.

526697_353027934801879_622936120_n_large

As tachas fizeram sucesso na temporada passada e continuaram com tudo, não é novidade que veremos ela bombar em botas e nas tiras das sandálias. As cores azul, preto, verde escuro, vermelho e bordô apareceram nas passarelas e podem ter certeza que são essas cores as escolhidas. O salto agulha deve aparecer em sapatos com salto super alto e os sapatos fechados devem vir com bicos finos. O salto grosso é uma grande aposta também, principalmente o modelo Jeffrey Campbell, apesar de saber que as brasileiras não gostam muito desse modelo. As estampas animais, caveirinhas e as caras dos bichos podem aparecer em sapatos mais baixinhos como sapatilha e slipper. Separei alguns modelos que gostaria de adquirir no inverno.

sapatosdeinverno

 

Algum modelo queridinho dessa lista, sim ou não?

Beijokas!!

 

Para ler: Um lugar na janela

Semana passada consegui terminar o livro que estava lendo e inclusive escrevi um post no blog contando os livros que gostaria de ler neste ano confere aqui. Não estava me aguentando de curiosidade e o escolhido da vez foi Um lugar na Janela da escritora Martha Medeiros. Apenas uma frase: Que livro incrível!

Martha relata todas suas aventuras de viagem que fez por vários países da Europa, Japão, Marrocos e Nova York de um jeito leve, descontraído e como se estivesse do nosso lado contando toda sua experiência. Além disso, a escritora conta a cara de pau que teve em diversas situações nos países que esteve, mostrou que é possível sim viajar sozinha e se divertir e apesar de deixar todas as pessoas que você mais ama no Brasil, enquanto se está em outro lugar fazendo descobertas.

Só mesmo se afastando da rotina para estabelecer uma intimidade menos invasiva e mais calorosa. Viagens propiciam isso, uma quebra de hierarquia e uma democrática união diante do desconhecimento mútuo. (página 137)

Quando estava lendo o livro me imaginei nas situações da Martha. Essa vontade imensa que a gente tem de desbravar horizontes, não importa a hora ou o lugar, a gente quer ir. O livro é curtinho, leve, dá para carregar em qualquer lugar, só tem 191 páginas. Quem é viciada em leitura consegue terminar ele no mesmo dia. Eu consegui terminar em uma semana :P, fiquei super feliz comigo mesma, pois andava super enrolada com a leitura, agora estamos em dia. Segue o próximo livro 😀

Viajar não cura sofrimentos, mas nos faz perceber que podemos ser bem mais do que turistas esporádicos – podemos ser, isso sim, ser viajantes durante os 365 dias do ano, em qualquer lugar em que se estiver, incluindo onde se mora. Comprometer-se com o encantamento contínuo pela vida não impede desconfortos do coração, dividas com o banco ou conflitos familiares, mas dá uma trégua pra alma. (página 191)

E vocês já leram este livro? Tem algum outro para recomendar da Martha Medeiros?

Beijokas!!

 

NYC

Esta semana temos uma experiência incrível a da Andressa uma amiga da faculdade que fez intercâmbio para Nova York, ela passou 3 meses por lá conhecendo a cultura, os lugares famosos que sempre vemos nos filmes/séries e além disso, aprimorar seu inglês. Durante esses meses Andressa aproveitou também para fazer alguns cursos na área de Moda e Marketing.

andressa

1- Como fez pra escolher o lugar do intercâmbio?

Na verdade eu sempre tive o sonho de passar uma temporada em NY, por tudo que eu via nos filmes, escutava nas músicas, lia nos livros. Grande parte dos filmes, músicas e livros acontecem em NY então tudo era inspirador, e ai eu juntei com a vontade de aprimorar meu inglês e resolvi ir passar três meses lá. Confesso que quando fui na agência de viagens cheguei a cogitar outras cidades com San Diego e Santa Monica, pois sairiam mais em conta, e tem um astral mais parecido com o Brasil pelo que eles disseram. Mas acabei optando por passar a temporada em NY mesmo, e assim poder conhecer melhor a Big Apple.

IMG_2750

2- Você foi pra estudar e trabalhar?

Quando eu sai daqui eu pretendia estudar os três meses e a partir do segundo mês começar a estagiar, mas acabou que não deu certo e o que eles me falaram aqui não foi exatamente o que aconteceu. Mas acabei estudando mesmo os três meses na Kaplan, o que foi ótimo por que pude fazer grandes amigas e aprimorar meu inglês. E como o programa de estagio não deu certo, procurei alguns cursos e achei cursos na minha área na F.I.T, fashion institute of techonology, e fiz uns três cursos sobre Marketing Online, como aplicar o mkt online na empresa e como utilizar o mkt online para pequenas empresas, e eu adorei a experiência por que me ajudou muito no inglês e era voltado um pouco pra moda uma área que me interessa muito.

IMG_3771

3- Como as pessoas foram com você?

Antes de ir pra lá eu pensava que as pessoas eram bem frias, mas chegando na cidade eu fiquei muito surpresa por que sempre que eu precisava as pessoas me ajudavam, tanto na escola quanto na rua. Na escola eles faziam varias programações pra os estudantes conhecerem a cidade e interagirem, o que me permitiu conhecer varias pessoas e fazer grandes amigas que me acompanhavam em tudo o que tornou a estadia bem mais fácil. Outra característica de NYC e que grande parte da população não é de Nova Iorque, nem dos Estados Unidos então acho que eles entendem a situação, a maioria das pessoas que eu conheci foram muito solicitas comigo.

IMG_1801

 4- Do que você sentiu falta do Brasil?

O que eu senti mais falta foram das pessoas que me cercam e não estavam do meu lado lá, mas como meus pais, minhas amigas e minha prima foram me visitar foi bem mais tranquilo.

5- Dica de passeios: praias, parques, turismo em geral e compras.

Nossa essa é a mais difícil por que la a variedade de coisas que tem pra fazer é grande.

Na parte de passeios tem aqueles pontos que são super famosos os museus, MOMA, MET e Museu de História Natural, tem também a ponte do Brooklin, o memorial de 11 de setembro, a Estatua da liberdade, o Pier 17 que é otimo para almoçar e passar a tarde, uma volta no Soho e China Town, Times Square, Empire State, o High Line Park que é um parque super diferente construído sobre onde passava os trilhos de um trem, Rockfeller Center, a vista maravilhosa do Top of the Rock, assistir um espetáculo da Broadway e claro não pode deixar de fazer um picnic no Central Park.

Em NYC tem também uma diversidade imensa de restaurantes, hamburguerias, docerias, pizzarias e lanchonetes tem uns mais famosos que o pessoal diz que não pode deixar de experimentar.

-Shake Schak, super famoso pelo hambúrguer e o milk-shake que realmente é uma delícia.

-Stardust, uma lanchonete onde os garçons e garçonetes cantam e dançam enquanto você come, são pessoas que querem entrar na Broadway, vários filmes ja mostraram o local.

– Magnolia Bakery, com seus cupcakes super famosos e deliciosos.

– Chelsea Market, grande variedade de comidas e dizem que tem uma loja la que tem um dos melhores brownies de NYC.

– Max Brenner- é uma doceria australiana, uma delicia ótima pra tomar chocolate quente, é perto do chelsea Market.

IMG_5027

Compras

– 5 avenida, grande variedades de lojas mas também fica lotada.

– Jersey Gardens, outlet que fica em New Jersey, vinte minutos de ônibus de Manhattan até la, nesse outlet além do preço ser mais em conta tem varias lojas legais.

-Century 21, outlet com varias marcas e fica em Manhattan mesmo.

-T.J.Maxx, outro outlet que fica em Manhattan e com preço bem em conta mesmo.

-Macys, grande loja de departamentos.

– Roupas- Forever 21, H&M, Top Shop, além do Soho.

– Calçados- Aldo, Steve Madden, Foot Locker, Nike.

– Maquiagens- Sephora, Mac, Macys e nas farmácias também.

– Eletrônicos- Best Buy e B&H.

Esse é o resumo de algumas dicas de compras e passeios, mas tem muito mais, NYC é um lugar incrível e acho que é possível encontrar tudo o que se procura. Super indico uma visita para esse lugar maravilhoso e é como dizem- selva de concreto onde os sonhos são feitos!

Amei saber da história da Andressa. E vocês?

Se você viajou para o Exterior e quer participar dessa tag é super fácil, escreve pra cá: diadebrilho@gmail.com vai ser super legal mostrar sua experiência pra todo mundo, beleza?

Beijokas!!