Salto Moderado

Por: Marília Ferreira

Que toda mulher se sente mais poderosa e elegante com um salto daqueles é fato, praticamente 100% das mulheres tem ao menos 1 salto alto  nem que seja pra usar em emergências como casamentos e festas de gala, que cá entre nós não há outra opção de calçado feminino pra essas ocasiões, mas esse acessório pode se tornar um problema facilmente se usado frequentemente ou se houver exagero na altura do salto .

E disso nós todas temos ciência, porque basta ficar algumas horinhas em cima daquele salto pra começarmos a sentir dor no pé, na perna, nas costas…. E não é à toa. O uso indiscriminado do salto alto pode causar mais do que dores passageiras; outros problemas acarretados por ele são: Varizes,  que são veias dilatadas, podendo provocar dores insuportáveis, cansaço, inchaço…  Deformidades, como o joanete, problemas na coluna, prejuízo a circulação sanguínea.

Para evitar esses problemas, é bom seguir algumas dicas: alongar a panturrilha, já que ela fica contraída enquanto estamos em cima do salto, e pode doer quando a esticarmos de novo, tente fugir dos bicos finos e saltos agulha. O ideal são saltos de no máximo 7 centímetros, mas são os de até 3 que não alteram o nosso caminhar normal.

Mas por outro lado o salto pode sim ter seus benefícios, já que tendemos a endireitar a postura pra ficamos mais elegantes, deixando assim a coluna reta, e o fato de panturrilha se manter contraída facilita a volta do sangue ao coração.

Vale lembrar que tudo em excesso faz mal, então se vigiem! Eu particularmente não sou de viver no salto, até porque tenho 1,80cm, mas pra compor um look mais sofisticado e elegante o meu está lá. E continuar linda com sapatos confortáveis e totalmente possível. 😉

Fonte: Mulherde30

Dicas: Aposte e Fuja

Por: Natália Dias

Oi meninas, hoje volto com mais dicas, para alguns detalhes do corpo que muitas vezes incomodam e atrapalham. Semana passada, mostrei dicas para ombros, seios e falta de cintura. Prontas para mais algumas? Dicas para: 

– Barriga saliente: aquela gordurinha que marca sob a roupa, muitas vezes fica difícil escolher uma roupa legal que consiga escondê-la e essa é uma situação de muitas garotas.

Aposte em: saias e calças sem detalhes na área da barriga, vestidos e camisetas que não marquem na cintura, batas e camisas folgadas e longas, cintura império (marca bem abaixo dos seios).

Fuja de: tops e miniblusas, calça de cintura baixa com blusa curta, calças e saias com pregas, camisetas justas. 

– Bumbum grande: quando é muito volumosa passa a impressão de que é um tamanho exagerado, não marque muito o bumbum, tente sugerir sua forma.

Aposte em: blusas, camisetas e casacos um pouco mais curtos e que não fiquem em cima do bumbum, calças sem detalhes e pregas nessa área, quando usar peças compridas prefira as que tenham fendas, cores escuras.

Fuja de: calças, saias e shorts justos, com pregas e bolsos na parte de trás. 

– Sem bumbum: enquanto muitas se preocupam com o excesso, outras se preocupam com a falta, o segredo é criar falsos volumes, ou cobri-lo totalmente.

Aposte em: camisas mais longas, que cubram o bumbum e com a cintura marcada, saias, calças e shorts com bolsos grandes na parte de trás, com pregas no cós, roupas claras e com estampas.

Fuja de: roupas de malha que grudam no corpo, calças justinhas sem detalhes na parte do bumbum, shorts muito curtos e muito folgados na parte traseira. 

– Quadril largo: como o bumbum grande muitas vezes pode ser exagerado, muitas garotas têm e odeiam, portanto, não o destaque.

Aposte em: casacos que cubram metade do quadril, camisetas longas, saias e calças com corte reto, listras verticais, tons escuros, modelos lisos e sem detalhes nessa região.

Fuja de: saias e shorts muito curtos, listras horizontais, detalhes na lateral das peças, enfeites e detalhes nos bolsos, estampas e tons claros.  

– Perna longa: quando o tronco é menor do que o comprimento das pernas, muitas vezes as calças ficam pequenas demais, sua meta é “achatar” essa parte.

Aposte em: camisas e batas longas, sapatos, chinelos e sandálias com salto baixo, modelos fechados ou com detalhes no peito do pé, modelos rasteirinha, calças capri, botas sem salto.

Fuja de: calças com cintura alta, saltos plataformas e saltos altos em geral, listras verticais, shorts curtos. 

– Perna curta: acontece o contrário, o tronco é longo e as pernas mais curtas, o objetivo deve ser “alongar” o comprimento delas.

Aposte em: salto alto, tipo plataforma, modelos abertos, calças compridas na altura do tornozelo ou mais longas, cintura alta, listras verticais, detalhes na cintura, pregas, camisetas mais curtas.

Fuja de: cintura baixa, bermudas até os joelhos, calças capri, botas de cano alto, sapatos com presilhas no tornozelo, camisetas muito longa. 

– Tornozelo grosso: o incomodo maior está no conjunto todo, o tornozelo mais grosso pode dar a impressão de canelas grossas e indelicadas, se você tem é só não chamar atenção para eles.

Aposte em: calças compridas e folgadas que cubram os tornozelos, saias compridas, colares e detalhes na parte superior do corpo, roupas acima do joelho, vestidos longos, sandálias altas com salto grosso e sem tiras.

Fuja de: sandálias de amarrar na perna ou que prendam no tornozelo, calças curtas estilo capri, sapatos com detalhes na área do tornozelo, calças muito justas ou afuniladas. 

Analisando bem as dicas fica claro que é impossível sair ditando regras, uma dica pode anular outra, que anula outra e assim por diante, portanto seja feliz com o que tem e com o que pode fazer!

Beijos e até semana que vem!

Por: Natalia Dias

Olá garotas, hoje vou complementar o post da semana passada, sobre formatos de corpos, dando mais algumas dicas de como se vestir de acordo com suas características, acho que estou começando uma série (rsrs). As dicas de hoje são mais específicas, para disfarçar aquelas “imperfeições” que odeia. É claro que ninguém é perfeito, mas sempre dá para melhorar, certo? ;D

Dicas para quem tem:

– Ombros largos: o corpo tipo triângulo invertido tem, mas não é exclusivo dele, tente sempre chamar mais atenção para o centro do corpo.
Aposte em: blusas com decotes arredondados, tipo V, horizontais tipo canoa e mais altos, frente-única, blusas com mangas longas, colares compridos e alças largas.
Fuja de: blusas e casacos estruturados nos ombros, tomara-que-caia com decote reto, decote de ombro a ombro, listras horizontais na altura dos ombros, camisas com cavas caídas dos ombros, mangas curtinhas e colares muito curtos.

– Ombros caídos: se você acha que seus ombros são assim, sua meta é dar a impressão contrária, ou seja, “levantá-los”, marcando os ombros.
Aposte em: alças largas, decotes ovais, ombreiras discretas, decote canoa, mangas franzidas, blusas com ombros marcados e decotes cruzados.
Fuja de: decotes em V, alças finas, regatas de alças muito finas, camisas com costura das cavas caídas dos ombros e blusas sem essa costura, golas altas.

– Seios grandes: o sonho de muitas meninas e que incomoda muitas outras, se você os tem tente equilibrar todo o visual e sustentá-los bem.
Aposte em: sutiã com reforço na base e alças firmes, que os acomodem bem, alças de blusas mais largas, decotes em V e arredondados, roupas com cintura ajustada e nos seios mais folgados e decote transpassado.
Fuja de: frente-única com alças finas, blusas que apertam nos seios, gola muito alta, bolsos na altura do busto, blusas sem manga, decotes muito fechados, alças finas e tomara-que-caia que não os sustente bem.

– Seios pequenos: o pesadelo de algumas, use peças que chamem a atenção para eles, sim, isso vai dar a impressão de volume.
Aposte em: blusas bufantes e volumosas, com babados, camisas com bolsos na frente, estampas, alças finas, batas, decotes em V, frente-única com detalhes no busto e sutiãs com aro e bojo.
Fuja de: blusas muito justas e que marquem os seios, tops muito justos, tomara-que-caia, alças largas.

– Sem cintura: ou quem tem o corpo retângulo, tente evitar roupas que mostrem isso.
Aposte em: cintos e faixas em tons escuros, camisas largas e folgadas por fora da calça só faixas na cintura, blusas bufantes e batas, vestidos acinturados, saias e calças de cintura alta.
Fuja de: roupas com corte muito reto, cintos em tons claros, camisas por fora da calça, roupas justas, gola alta, casacos curtos, saias justas.

Opa! É muita coisa para se dizer em um só post, semana que vem escrevo sobre mais dicas. Mas uma é super importante: seja livre para usar o que tiver vontade, você não deve se guiar pelo o que os outros dizem, o que escrevo é para ajudar, ninguém é obrigado a seguir, ok?

Bjos e espero que estejam gostando.

Presente para eles/elas

Olá, Meninas!

Bom, essa semana tem algo especial chegando para todos vocês, os dias dos namorados e como sempre pinta aquela dúvida cruel de o que dar de presente para seu namorado ou namorada. Segue algumas dicas bem fáceis de se fazer e dá para costumizar uma lembrança de vocês super legal e deixar o clima ainda mais romântico nesse dia 12 de junho tão esperado.

Caixinha Romântica:

Um truque super legal que você mesmo/mesma pode fazer é customizar uma caixa e dentro dela você pode colocar o que ele ou ela mais gosta DVD, filmes, livros, um jantar à dois, vale-presente, uma cartinha, uma camiseta com a foto da banda preferida dele/dela. O mais importante é que você consiga transmitir para o seu amor o quant ele significa para você. Outros presentes que pode conter dentro da caixa, segue abaixo