Me lembro que na infância eu era viciada por filmes de tubarão, aquele frio na barriga das cenas de tensão e suspense que a gente sempre vê em filmes deste gênero gosto disso, pode parecer chato para algumas pessoas. Mas,  sigo amando e foi por isso que eu assisti Águas rasas, filme estrelado pela nossa Serena lá de (Gossip Girl), aka Blake Lively. ??

aguasrasasfilme

A história conta sobre a vida de Nancy (Blake Lively) uma jovem que larga o curso de medicina, após a recente perda da mãe, na luta contra o câncer. Seguindo uma dica sua, ela vai surfar em uma praia paradisíaca isolada do México. Nancy é simpática e aproveita este tempo que está só para fazer uma reflexão sobre a vida e aproveitar as ondas gigantes da praia. Até que um dia, ela acaba sendo ataca por um enorme tubarão. Passado alguns minutos antes disto acontecer, havia dois surfistas que estavam indo embora da praia e acabaram não percebendo o que havia ocorrido.

Desesperada e ferida, Nancy consegue se proteger temporariamente em um recife de corais. São horas de sobrevivência em que precisa pensar em como sair daquele lugar o mais rápido possível. No outro dia, os surfistas que estavam no mesmo local aparecem e de longe ela avisa que tem um tubarão, eles não escutam e acabam tentando chegar até ela, e isso acaba não acontecendo. Depois de alguns dias presa e sem ajuda de ninguém Nancy consegue pensar em uma armadilha para que o tubarão desista dela.

aguasrasas_blakelively

A fotografia é impressionante, dá até vontade de entrar na tela e ficar naquele lugar pra sempre. Gosto bastante da atuação de Blake, em entrevistas ela falou que precisou seguir uma dieta para mostrar um corpo mais bonito. Além disso, algumas cenas dos filmes foram gravadas na praia e outras em uma piscina gigante. O longa é eficiente e mostra a luta pela sobrevivência e a jornada de uma vida cheia de memórias que a ajudam a ter coragem e persistência para sair daquele mar de monstro, hahaha.

Confira o trailer:

E aí, já assistiu? Gosta ou não de filmes de tubarão? ?

Um dos filmes mais aguardados por muitas mulheres este ano foi Como eu era antes de você, confesso que eu dei uma enrolada pra assistir o filme e só agora vim compartilhar com vocês, tinha esquecido totalmente de fazer resenha por aqui. Não li o livro, mas particularmente gostei da história, apesar de todos os clichês mostrados no filme eu continuo gostando de romances fofos como este, hahaha. ?❤

comoeueraantesdevc

O longa conta a história de Will (Sam Clafin) um rapaz rico e bem sucedido aos 35 anos, que leva uma vida repleta de conquistas, esportes radicais, viagens até que um dia falando ao telefone é atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. Esta mudança de vida acaba deixando o rapaz depressivo e extremamente cínico de tudo à sua volta.

Do outro lado da história temos Louisa Clark (Emilia Clarke) que mora com os pais e está desempregada aos 26 anos, sem perspectivas quanto ao futuro e em um relacionamento duvidoso. A única opção de trabalho que ela encontra na cidade é como cuidadora de Will. Como o salário é bom e a família de Will é rica e ninguém sabe lidar com ele, Lou acaba aceitando o trabalho. Para ela, trabalhar na casa dos Traynor é um desafio e tanto, primeiro por ser um emprego diferente de qualquer outro que ela já teve e porque Will é uma pessoa difícil de se relacionar: hostil, mau humorado, amargo e sarcástico.

comoeueraavc

A medida que Lou e Will conseguem estabelecer uma relação amigável e gentil, os dois ficam ainda mais próximos. Lou é divertida e carismática e isso acaba conquistando Will com o tempo. Pelas resenhas que eu li muitos detalhes não foram mostrados, como de costume não é? Hahah. Não entro muito a fundo nisso, mas destaco a importância da paciência, solidariedade e amor que é construída com os dois personagens principais, é bonito de ser ver como tudo vai fluindo.

Outra coisa que eu gostei muito foi a atuação de Emilia Clarke ? (atriz queridinha de GOT), ela é muito carismática no papel da personagem e foi o que deixou o filme ainda mais legal de ser assistido. Os cenários, assim como a trilha sonora e a fotografia são outros pontos positivos do longa!

Confira o trailer:

Tô sabendo que vai ter continuação da história… é verdade?

Já assistiram? Ou leram o livro?

Quem aí, adora assistir filme de animação? Se você disse sim, então vai amar Procurando Dory. Assisti ele tem algumas semanas e acabei esquecendo de fazer resenha aqui no blog, sorte que fui relembrando dos últimos filmes assistidos, daí lembrei dele e nada melhor do que compartilhar aqui para vocês. 😀

Procurando-Dory

Depois de 13 anos que o primeiro filme foi lançado, recebemos de volta esta história tão fofa e incrível. Em Procurando Dory, o longa começa com a fofa da Dory ainda bebê e com seu problema de perda de memória recente. Seus pais são pacientes e tentam ajudar a filha a lembrar o maior número possível de informação, mas infelizmente Dory se perde e busca desesperadamente por seus pais e inevitavelmente acaba esquecendo do que procura.

Vemos como Dory encontrou Marlin e temos muitas referências de Procurando Nemo. Depois de tudo que Dory fez por Marlin e Nemo os dois acabam ajudando a protagonista e saem novamente cruzando o oceano, só que desta vez em busca dos pais de Dory. Claro que eles acabam se separando, o que provoca certa angústia em Dory, até porque ela não pode ficar sozinha. À medida que o filme vai reconstruindo as memórias da protagonista por meio dos flashbacks que ela tem, vai também mostrando o amadurecimento, força e determinação de Dory. 😉

novo-video-de-procurando-dory-ap

O filme tem um toque de aventura, comédia e jornada de autoconhecimento e apesar de não ser totalmente inovador em enredo, consegue arrancar boas risadas ao longo da história. É aquele tipo de animação que a gente se diverte, além disso, possui uma fotografia que impressiona e claro personagens super carismáticos.

Confira o trailer:

E você, já assistiu?

Seu último final de semana foi regado de filmes e séries? O meu também. E eu adoro ficar bem acompanhada com um bom filme neste friozinho gostoso que tem feito aqui em Brasília. Aproveitei o clima para me atualizar e assisti alguns filmes legais e hoje vim compartilhar com vocês. O melhor de tudo é que eles estão disponíveis no Netflix.

1) Um Brinde à Amizade

Drinking Buddies - Oct 2013

Eu nunca tinha ouvido falar deste filme, encontrei por acaso e acabei assistindo porque gosto dos atores Jake Johnson e Olivia Wilde, o filme é uma comédia com pitadas de drama e romance, bem bobinho por sinal. Kate (Olivia Wilde) e Luke (Jake Johnson) são funcionários de uma fábrica de cerveja. Os dois possuem gostos parecidos e sempre flertaram um com o outro, mas nunca entraram em um relacionamento sério, porque Luke está pensando em se casar com sua namorada. Além disso, Kate namora um produtor musical. Porém, as possibilidades mudam, quando eles bebem e marcam de sair juntos.

2) Tallulah 

tallulah[1]

Estreou semana passada no Netflix e o filme é um drama. Apesar de não gostar da atuação da Ellen Page em filme nenhum eu resolvi dar uma chance para ver se o filme é bom. Gostei, mas não assistiria de novo. Tallulah mais prefere ser chamada de Lu (Ellen Page), é uma jovem independente, mas teve seu dinheiro roubado pelo ex-namorado. Morando em uma van e sem dinheiro, ela decide procurar a mãe dele. Margo (Allison Janney), não a conhece e ainda por cima nega ajuda para a menina. Até que um dia, em um hotel buscando por comida, Lu conhece uma mãe que não se preocupa com a sua filha. Observando toda a vida da mulher e como a criança vive, Lu decide levar a criança até Margo, dizendo que a bebê é neta dela. Antes que perguntem acho que a Ellen Page tem sempre a mesma atuação em todos seus personagens, por isso não curto a maioria dos filmes que ela faz. 😛

3) November Man – Um espião nunca morre

novemberman

Já fiz resenha aqui é um filme tão bom que eu assistiria de novo, tem suspense e muita ação. Peter Devereaux (Pierce Brosnan) é um espião da CIA que é responsável pelo treinamento do novato David Mason (Luke Bracey). Os 2 estão envolvidos em uma missão que acaba dando errado, já que uma garota é atingida em um tiroteio. Após isso, Peter decide se afastar do ramo da espionagem, mas é trazido de volta cinco anos depois pelo amigo Hanley (Bill Smitrovich), que o chama para resgatar uma velha conhecida de Peter, Lucy (Tara Jevrosimovic). Ela é agente e trabalha infiltrada na Rússia, espionando o general Arkady Federov (Lazar Ristoviski), que Hanley quer resgatar já que corre risco de morte. Peter acaba percebendo que há bem mais interesses por trás desta situação.

Já assistiu algum? Aceito recomendações! 😉

Faz tempo que eu não faço resenha completa de um filme aqui no blog, né? É que não tenho encontrado tantos filmes bons por aí, como sempre digo com bom roteiro, atuações boas, trilha sonora e fotografia o conjunto da obra como um todo. Estamos no meio do ano e ainda tem muito filme bom para acompanharmos, assim que eu ver compartilho aqui no blog com vocês. 😉

fundamentals-of-caring

O filme de hoje é The Fundamentals of Caring que recentemente estreiou no Netflix. É um drama levemente com cenas de comédia e tem carinhas conhecidas como Paul Rudd, Craig Roberts e Selena Gomez. No longa, Benjamin (Paul Rudd) é um escritor que encerra seu trabalho temporariamente depois de sofrer uma tragédia pessoal. Recluso, ele decide ocupar seu tempo em um curso para cuidar de pessoas com deficiência física. Logo, ele se torna o cuidador de Trevor Conklin (Craig Roberts), um jovem de 18 anos que sofre de distrofia muscular, condição que causa atrofia rápida dos músculos e que o impossibilita de andar e movimentar seu corpo.

Por causa das dificuldades que a distrofia causa, Trevor tem uma rotina estabelecida e se protege com um humor ácido e irônico. Com o tempo, Benjamin se incomoda com o tédio que Trevor se impõe e o convence a fazer uma road trip, visitando lugares como o curral da maior vaca  do mundo e o poço mais profundo do mundo. No caminho encontram Dot (Selena Gomez), por quem Trevor se apaixona, ambos acabam resgatando ela da estrada e a carregam junto para sua aventura. Podemos perceber no decorrer da história o quanto as experiências trágicas de ca um são importantes para amadurecerem.

selena-gomez-the-fundamentals-of-caring-imagens

O filme trata das relações de paternidade dos três personagens principais. E mostra que mesmo convivendo com uma doença irreversível é possível correr atrás dos seus sonhos e corrigir os erros do passado. Os personagens conseguiram manter uma ótima conexão nas cenas, a fotografia é bonita e lembra filmes antigos, sabe? O longa é leve e cheio de reflexões pra você pensar a respeito de como você leva a vida e trata as pessoas. 🙂

Confira o trailer:


E aí, você já assistiu?

O post de hoje seria mais uma Sessão Pipoca, acontece que eu não assisti nenhum filme tão maravilhoso de ser compartilhado esta semana e sim assisti alguns bem chatos por sinal. Até dei uma chance para os atores que atuavam nos filmes abaixo, mas infelizmente foi bem decepcionante, questão de nota 5 para os filmes listados. Aqueles que apresentam uma boa sinopse, mas te fazem dormir boa parte do filme.

Vizinhos-2

1) Vizinhos 2

A sequência do filme que não deveria ter continuado. Tem Zac Efron no filme, mas acredite a história continua ruim, se você gosta daquelas maluquices americanas este filme é um prato cheio. Mac (Seth Rogen) e Kelly Radner (Rose Byrne) decidem vender a casa mudar-se para o subúrbio, afinal há um novo bebê a caminho. Porém, uma nova fraternidade dos seus antigos vizinhos, assumem a casa ao lado. Liderada por Shelby (Chole Grace Moretz), as meninas do Kappa Nu pretendem mostrar que sabem fazer uma festa bem melhor que os meninos. Para atrair a paz na vizinhança o casal conta com Teddy (Zac Efron) para vender a casa deles.

colonia

2) Colonia

Adoro a atuação da Emma, mas este filme deixou a desejar. Bem cansativo de assistir, apesar de um enredo interessante, quem ama história vai se interessar! Em meio ao golpe de estado que derrubou o presidente eleito Salvador Allende e possibilitou a ascensão do ditador Augsto Pinochet, as massas estão nas ruas protestando, entre eles um casal alemão, Daniel (Daniel Bruhl) e Lena (Emma Watson). O rapaz é levado pela polícia secreta de Pinochet e Lena procura por ele, mas descobre que seu amado está em um lugar chamado Colonia Dignidad,  uma suposta missão de caridade dirigida por um pregador (Michael Nyqvist), só que na verdade é uma prisão de onde ninguém nunca escapou.

demolition

3) Demolição

Gosta de drama e mistério? E se for com Jake Gyllenhaal? Talvez você ame ou não goste, como aconteceu comigo. Gosto de dramas, mas com cenas que demoram acontecer é pedir pra eu dormir no filme mesmo. O filme conta a história de Davis Mitchell (Jake Gyllenhaal) um homem bem sucedido que trabalha em um banco de investimentos, ele entra em colapso emocional depois de perder sua esposa em um trágico acidente de carro, do qual sobreviveu. Até que um dia ele, recebe uma ligação da atendente (Naomi Watts) de uma empresa para qual ele envia cartas de reclamação. Mas, este encontro muda o rumo de sua vida em diante.

O-Caçador-e-a-Rainha-do-Gelo1

4) O Caçador e a Rainha do Gelo

Achei que o filme seria bom, porque eu gostei do primeiro. Mas, achei as cenas monótonas e a história chata da forma como foi contada, não prendeu minha atenção e o que salvou foi a belíssima atuação de Charlize Theron. Freya (Emily Blunt) é a irmã boa da toda poderosa Rainha Ravenna. Depois de passar por um trauma, ela desperta para os poderes mágicos e se isola. Longe da irmã, ela constrói seu próprio reinado e se torna a Rainha do Gelo, onde recruta crianças para o seu exército. Dois dos pequenos talentosos para o combate, Erik e Sara, crescem e se apaixonam. E como Freya odeia o amor, ela separa os dois, o poderoso espelho mágico é dado como desaparecido. E será preciso impedir que o objeto caia nas mãos da nova rainha.

E aí, já assistiu algum? Qual filme você assistiu e não gostou? Aceito indicações para ver e comprovar hahaha. 😉