Dicas de vestidos – Mangas

Em tempos de vestidos com decotes tomara-que-caia, frente única e alcinhas, é muito fácil ignorar os vestidos com mangas, porém eles são muito elegantes e ótimos para eventos formais e noturnos. Também é muito difícil errar nesse quesito, o que torna esses modelos ideais para quem está com alguma dúvida na hora da produção.

– Mangas curtas

Delicadas, elas dão um ar romântico ao vestido. Ideais para fugir do padrão e podem ser curtíssimas ou mais compridinhas. Escondem pouca coisa, mas conseguem inovar e diferenciar o visual. Há muitos vestidos com manguinhas estilosas, como fazem parte do modelo, o tecido é quase sempre o mesmo, mas podem receber aplicações de paetês, plumas, ter algumas camadas, enfim, não há desculpa para não aderir. Para deixar os ombros estreitos evite volume ou detalhes chamativos nessa região.

– Mangas médias

Vão até o cotovelo ou um pouco mais baixo dele. Quem tem os braços volumosos podem se jogar nessas mangas, que escondem com estilo as gordurinhas. Ainda mais que as mangas médias geralmente são mais largas e folgadas, dando conforto e movimento aos braços. Também pode optar por mangas transparentes ou com fendas, elas mostram os braços, mas disfarçam qualquer defeitinho. Elegantes, elas ficam bem em qualquer ocasião.

Mangas compridas

Lindas, elegantes, sofisticadas. Um vestido com mangas compridas nunca está errado. Perfeitas para ocasiões noturnas e para produções invernais. Escondem os braços, ideal para quem pretende escondê-los, mas também podem ter fendas, transparências ou outros detalhes que os deixem à mostra. Também ajudam a alongar e afinar a silhueta, para isso invista em modelos com cores escuras e sem aplicações nas mangas. Evite parecer velha usando decotes que mostrem o colo, ou as costas, e mostre as pernocas por aí.

Quando tem manga no meio o vestido fica um pouco mais comportado, por isso não tenha medo de mostrar um pouco de pele, mas lembre-se: sem exageros. Há muitos detalhes que fazem toda a diferença no visual, o que importa é escolher com cuidado, pesquisar em vários lugares antes de comprar e saber o que combina com seu tipo físico.

Beijos!

Bem curtinho!

A moda agora é usar tops bem curtinhos. Sim, você já deve ter ouvido falar dos cropped top, mas tem um outro tipo de top que chegou para deixar a barriguinha das moças de fora. São os bralets. E qual a diferença?

Os cropped top são blusas ou camisetas curtinhas, que deixam parte do abdômen de fora. Parece que o tecido foi cortado naquele tamanho, propositadamente, podem ser folgados, com mangas, usados como sobreposição ou bem justinhos, como tops de biquínis. Eles oferecem modelos diferentes, ousados e estilosos.

Já os bralets são top justinhos e bem curtinhos, geralmente acabam logo abaixo do busto. O nome diz tudo, é a mistura de bra (sutiã, em inglês) e corselets. Ou seja, são tops com o busto marcado e bem ajustados ao corpo, lembrando corselets. Podem ser tomara-que-caia ou com alças, oferecem cores, estampas e texturas para diversos looks ousados.

As famosas já aderiram, mas no Brasil os bralets ainda são novidades e complicados de encontrar. Caso queira aderir essa tendência, cuidado! A ideia é cobrir o umbigo com calças e saias de cintura alta e deixar apenas uma parte da barriga de fora, mais ou menos uns 4 dedos. Pode usar um blazer ou jaqueta alongada, pode usar uma blusa justa por baixo do cropped top, pode usar um colete por cima do bralet. Invente a sua moda, mas lembre-se de que esses tops são indicados para quem está em forma e com a barriga sequinha. Também é ideal para os fashionistas e para quem não tem medo de ousar. Esses tops não são recomendados para usar no trabalho, prefira eventos informais.

Quem aqui tem coragem de usar? Conta pra gente!

Beijos!

Dicas de vestidos – Decotes

Os decotes são fundamentais para a estrutura do vestido. É a partir deles que se tira a sustentação dos seios e mantém a peça no lugar. Há vários tipos de decotes, para todos os gostos e corpos, essas dicas servem também para blusas, casacos e peças inteiras. Em um vestido, o decote revela muito da pessoa que a usa, portanto escolha de acordo com seu gosto pessoal, mas respeitando seu tipo físico.

Tomara-que-caia

tomaraquecaia (1)

Valoriza o colo e os seios, mas evite se tiver o busto farto ou quiser esconder os braços. Como o próprio nome dá a entender corre o risco de cair se não estiver firme, escolha vestidos que se ajustem corretamente ao seu corpo e te deixe confortável. O decote reto é indicado para seios grandes, o coração é para seios médios e pequenos.

Ombro só

ombroso

É indicado para quem tem seios pequenos e ombros estreitos. Ele não dá muita sustentação, mas valoriza os braços e o colo. Pode abusar de detalhes no decote para dar a impressão de volume, mas cuidado com peças com modelagem inadequada, tenha certeza de que o vestido está justo no corpo para que ele não mostre mais do que deve.

Decote V

decotev

Valoriza o colo e os seios, é indicado para todos os tamanhos de busto, mas cuidado, esse decote é sensual e pode ficar vulgar em algumas pessoas. O V profundo é extremamente sensual e somente indicado para quem tem seios pequenos. Se tiver seios fartos use um V menor, que sustenta e levanta o busto adequadamente. Esse decote também alonga a silhueta, use em um look monocromático.

Decote U/Redondo

decotev

Mais indicado para as magras e seios pequenos, ele valoriza o busto, mas dá impressão de volume. Quem tem os seios fartos ou está acima do peso pode usar, apenas evite o decote muito profundo. Esse decote é delicado e tem vários tamanhos, dando a impressão de feminilidade, é bastante confortável.

Frente única

frenteunica

Um decote democrático que se adapta a quase todos os corpos. É indicado para quem tem ombros largos e corpo tipo triângulo invertido, pois chama atenção para o centro do corpo. Cria volume, por isso evite se você tiver seios grandes ou braços volumosos.

Canoa e Ombro a ombro

canoaombroaombro

Devem ser evitados por quem tem ombros largos e são indicados para quem tem os quadris largos. O decote canoa é mais fechado, elegante e dá ótima sustentação aos seios, mas não mostra o colo, valoriza o pescoço. O ombro a ombro é bem delicado, valoriza o colo, sustenta os seios, mas deve ser evitado por seios fartos. Também é indicado para quem tem os braços volumosos, pois os esconde e disfarça sutilmente.

Quadrado

quadrado

Indicado para quem tem seios fartos. Ele valoriza o colo, dá sustentação e ainda disfarça o volume excessivo. Chama atenção para o busto, evite decotes muito fechados ou então criará mais volume. É tradicional, discreto e elegante. Deve ser evitado por mulheres magras demais ou quem tem pouco seio, pois ele pode deixar o busto achatado.

Gola alta e Decote fechado

 golaaltadecotefechado

É democrático, mas esconde boa parte da pele. Sustenta os seios, podendo ser usado tanto pelos bustos menores quanto pelos fartos. O decote fechado valoriza o pescoço e traz elegância ao look. A gola alta esconde o pescoço e pode produzir looks sensuais, românticos, sofisticados, depende de sua produção.

Decote nas costas

decotecostas

Um decote muito sensual e indicado para quem tem as costas bonitas. Quem tem algumas gordurinhas, deve evitar, assim como quem tem algum motivo para esconder as costas. Pode ser usado em U, V, com a frente única. Pode ser profundo ou pequeno, também pode ter o formato de um círculo ou gota. Decotes largos e profundos são indicados para as magras.

Estes são os decotes mais usados em vestidos de festa, há uma enorme variação destes, mas as dicas servem para todos os similares.

Beijos!

Dicas de vestidos – Modelagem

Sempre que precisamos de um bom vestido para uma ocasião especial surgem diversas dúvidas. Queremos o vestido ideal, que nos deixe impecável e fique excelente em nossos corpos. Como existem inúmeros modelos fica ainda mais complicado acertar na escolha. Nesse post vou explicar um pouco os detalhes dos mais variados vestidos, começando pela modelagem ou shape.

Tubinho

É considerado o vestido coringa, pois cai bem em todas as mulheres. O corte reto e ajustado dá elegância ao visual e pode ser usado em diversas ocasiões. Combina com todos os estilos, basta escolher o que mais se adapta ao seu gosto pessoal. Para as cheinhas, escolha cores escuras e detalhes que desviem a atenção das gordurinhas. Geralmente são feitos com tecidos estruturados, com todos os tipos de decotes possíveis.

Trapézio

Outro vestido coringa. Tem corte evasê, também conhecido como “A”, estreito e ajustado nos ombros e largo na barra. Feito com tecidos fluidos e leves deixa o visual casual, com tecidos estruturados pode não cair bem em quem estiver fora de forma. Para ocasiões mais sofisticadas, use estampas e cores elegantes, com acessórios que combinem bem.

Império

A característica principal desse vestido é que ele é marcado logo abaixo do busto e folgado a partir daí. Ficam excelentes em tecidos finos, para formaturas, casamentos e eventos formais. Valoriza o busto grande e dá suporte aos seios, mas evite os modelos sem alça. Quem tem pernas compridas deve evitar os longos, pois alonga a silhueta. Cai bem em todos os tipos físicos e é super indicado para grávidas.

Acinturado

São ajustados na cintura e mais folgado na barra. Diferente dos tubinhos, eles não possuem o corte reto e podem ser feitos com tecidos fluidos. A saia é mais solta, podendo ter diversos detalhes, drapeados, franzidos, corte assimétrico. O top também foge do regular e reto. São indicados para todas as ocasiões, mas caem bem somente em quem tem cintura, caso não tenha prefira vestidos folgados com a cintura marcada.

Cintura baixa

A modelagem lembra os vestidos da década de 20, bem folgadinhos. Porém, vestidos justos também podem ter a cintura baixa, marcado no quadril. Quem tem barriguinha ou está acima do peso pode tirar vantagem dessa folga na parte superior. Quadris largos ficam bons com os mais justos.

Retangular

Não valoriza o corpo de ninguém, mas pode ser muito elegante e formal. Quem não tem cintura pode aproveitar, já que ele esconde as curvas do corpo. Prefira os modelos mais folgados, que não marquem o busto ou o quadril, ele deve ficar todo longe do corpo.

É isso garotas, na próxima falarei sobre mais características importantes de um vestido.

Beijos!

Metalizados juntos!

Foi-se o tempo em que a moda tinha regras que deveriam ser seguidas à risca pelas pessoas que queriam estar sempre impecáveis. Muitas dessas regras deixavam os visuais parecidos e limitados. Ainda bem que hoje a moda democratizou-se e o que era extremamente proibido e tachado de brega, vulgar ou exagerado passou a fazer parte do dia-a-dia dos looks mais estilosos. Por isso os metalizados, dourado e prata, podem sim ser usados juntos!

Tendência para esse verão, os metalizados vão aparecer muito em roupas e acessórios, e juntos. Para quem ainda tem receio ou acha que vai brilhar mais que o sol, não se preocupe tudo depende de bom senso. Em acessórios, como pulseiras, colares e bolsas, os tons metalizados já vem com uma combinação harmoniosa, vale a pena investir neles. Em roupas eles também aparecem juntos em uma mesma peça, o que ajuda bastante para quem não quer ousar demais.

Caso você queria usar peças diferentes, cada uma com um tom metalizado, busque valorizar apenas um desses tons. Não tente equilibrar as tonalidades, isso vai ficar exagerado e muito chamativo. Use blusa dourada com colares e calçados prateados. Ou uma bolsa prateada com cinto dourado. Colares dourados com vestido prateado. Seja sutil.

O que vocês acham meninas? Combinam metalizados sem medo de ser feliz?

Conta pra gente!

Beijos.

Elas usam decote!

O decote pode ser um charme quando usado com bom senso ou vulgar, isso depende muito como a mulher usa, principalmente a ocasião que está indo, o modelo do vestido que escolheu e os acessórios que usou no conjunto da produção. Vale lembrar, que você pode combinar acessórios com o decote v tanto na frente como o decote nas costas, apenas escolha peças mais delicadas e românticas para deixar o look equilibrado e não exagerado.

O decote v na frente vem desde o mais aberto, delicado, quadrado e retângulo. Algumas famosas, preferem optar por usar brincos, tanto os mais pequenos, médio e maiores. Isso depende muito do estilo da pessoa e do modelo do vestido que está usando. Se for usar um vestido com rendas, detalhes marcantes como pedrarias, strass, brilho, aposte em brincos menores, mais delicados para que não fique muita informação no look. Agora, se você apostar num vestido neutro, sem muitos detalhes, invista em brincos mais sofisticados.

Já o decote v nas costas aparece de diversos modelos, com pedrarias, panos, as costas completamente nua e inclusive a renda, que chegou nos vestidos de noiva e acabaram caindo nos vestidos tradicionais de festa. Algumas famosas, apostam nos acessórios mais delicados, já que o decote nas costas já deixa a produção sexy. Lembre-se também, que se for usar um vestido mais decotado, aposte num modelo não tão curto, para não parecer vulgar e invista na maquiagem e no penteado.

Eu curto o decote  na frente, mais bem discreto e vocês?

Beijokas!