A sessão favorita de muita gente tá de volta e pelo que estou acompanhando teremos muitos filmes bons ainda este ano. Desde já, sigo ansiosa para assistir e vir aqui compartilhar com vocês. O de hoje é a A Garota Dinamarquesa um filme fantástico do começo ao fim. Que deve chegar em fevereiro deste ano nos cinemas!

a-garota-dinamarquesa.jpeg

O filme é baseado na história real de Lili Elbe, que nasceu Einar Mogens Wegener e foi uma das primeiras pessoas da história a se submeter à cirurgia de redesignação sexual, ou seja, que consiste na mudança de gênero. O longa acompanha a história de Lili (Eddie Redmayne) e sua esposa Gerda Wegener (Alicia Vikander) que incentiva o marido a se vestir como mulher para ajudá-la em um trabalho.

The_Danish_Girl_trailer

Lili se sente mais poderosa e feminina usando as roupas que Gerda pediu que ele vestisse e com tempo vai percebendo que seus sentimentos não são mais iguais como eram antes, suas paixões, prazeres e olhares são diferentes agora que Lili descobre sua verdadeira sexualidade. Impossível não falar do figurino, os cenários e a fotografia tudo é delicado, perfeito e único. A atuação de Eddie é incrível, sem palavras. Os enquadramentos simétricos das cenas evidenciam ainda mais a beleza de cada cenário. Além disso, a história consegue se manter de forma elegante e clássica em diversas sequências do filme.

Confira o trailer:

Eu assisti aqui ó. Vocês já assistiram?

Bom dia, gente! Como vocês estão hoje? Eu trouxe um filme sobre uma história que eu acredito que todos já conheçam. Há alguns dias, perambulando pelos canais fechados da NET eu vi Romeu e Julieta, a versão mais recente produzida em 2013, para alugar e resolvi pagar para assistir. Se arrependimento matasse eu não estaria aqui escrevendo para vocês.

imagem1

Já deu pra perceber que eu não gostei do filme, né? Isso é porque eu esperava mais, mesmo sabendo qual seria o enredo e o final da trama. A versão que conta com Hailee Steinfeld como Julieta e Douglas Booth como Romeu deixa muito a desejar com diálogos superficiais, sem riqueza alguma de detalhes. As cenas são muito pobres, essa versão não segue os princípios narrativos da obra de William Shakespeare, banalizando completamente a história. As cenas são muito rápidas, fazendo com que a energia e qualidade de uma história tão romântica se desfizesse ao longo do filme.

imagem2

As atuações não foram completamente ruins, mas os atores responsáveis pelos dois protagonistas não deram conta do recado e muito menos apresentaram química nas cenas. O que me deixou extremamente decepcionada foi o desempenho de Hailee, cuja atuação foi excepcional em True Grit, filme que lhe rendeu uma nomeação ao Oscar em 2011.

O filme realmente não acrescenta em nada, na minha opinião. Eu achei válido comentar aqui e apresentar essa versão mais recente de Romeu e Julieta para quem ainda não ouviu falar, fica a critério de vocês assistirem para tirarem suas próprias conclusões.

Fique com o trailer abaixo:

E vocês, já assistiram o filme?