Pode até ter entrado várias indicações divertidas para assistir no Netflix, mas confesso que pouca coisa me agradou. Mesmo assim, encaro o catálogo como um desafio e abro portas para assistir filmes de todos os estilos. Os últimos que eu assisti, não mereceram tanto destaque em um post só e achei melhor compartilhar 3 de uma vez, percebi que vocês gostaram destas indicações, né? ☺ Olha o que eu não faço pra agradar todo mundo, hahaha. ❤

assassinosdealuguel

1) Assassinos de Aluguel 

Este é pra quem adora ação. O filme conta a história de Malo (50 Cent, sim o cantor!). Após, o assassinato de um policial em Nova Iorque decide seguir os passos do pai dentro da polícia. No entanto, ele encontra o antigo parceiro de trabalho de seu pai, Captain Vic Sarcone (Robert de Niro) que testa sua lealdade e respeito. As pistas começam aparecer, e aos poucos a verdade sobre a morte do pai de Malo surge. Uma bom filme de ação com atuações legais, nada tão glorioso…

oladobomdavida

2) O lado bom da vida

Acho que muitas pessoas já assistiram, mas acho válido recomendar porque sempre tem alguém que enrola na fila dos filmes pra ver, acertei? A história gira em torno de Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) que perdeu tudo na vida: casa, emprego e casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele sai de lá para voltar a morar com os pais. Ele decide reconstruir a vida até que um dia conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher problemática que acaba provocando mudanças significativas em seus planos. É um filme legal e que tem boas lições da vida para ensinar.

nocaute

3) Nocaute

Filmaço pra quem ama luta e Jake Gyllenhaal. O filme mostra a história de Billy “The Great” Hope, um lutador que trilha seu caminho rumo ao título de campeão, no auge de vários campeonatos ele enfrenta diversas tragédias em sua vida pessoal. Além dos ringues, ele é acaba sendo forçado a lutar para conquistar o amor e o respeito de sua filha, praticamente em busca por redenção. É um filme bom do começo ao fim, a atuação de Jake e Rachel McAdams é excelente! Fiz resenha aqui ó.

E aí, já assistiu algum? Aceito recomendações! ?

Este post faz parte do Blogagem Coletiva, onde vários blogs compartilham posts com dicas e hoje é sobre filmes/séries. Eu sou viciada em filmes e o Netflix é a minha segunda casa, nos dias de descanso. Sempre que tenho o dia livre vou pra lá à procura de um filme, seriado ou documentário. Pra hoje escolhi um de cada pra vocês assistirem também.

1) Sugar x Fat – (Documentário)

sugarxfat

Se você gosta de manter uma alimentação saudável ou pretende seguir hábitos saudáveis, vai gostar desse documentário. Eu como tô nessa vibe amei do começo ao fim. O documentário conta a história de dois irmãos Alexander e Chris Van Tulleken que são médicos e decidiram sentir na pele as provações e os desafios de cardápios restritivos. Alexander cortou os carboidratos enquanto Chris ingeriu uma quantidade mínima de gordura isso tudo durante um mês. O objetivo do documentário é descobrir como o corpo reage com essa alimentação e quem é pior para nossa vida: açúcar ou a gordura? Assista e descubra!

2) Guerra Mundial Z – (Filme)

guerramundialz

Para os amantes de zumbi o filme é bem legal (eu não sou uma delas, mas gostei haha) e sua estreia foi em 2013, mas já se encontra no Netflix. Uma misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade é aí que Gerry Lane (Brad Pitt) entra em ação. Suspense e muita agonia tudo na medida certa, tá?

3) Reign – (Série)

Reign

Não tenho visto séries novas, apenas continuo acompanhando as antigas que já assistia e uma delas que eu sempre recomendo é Reign. A série já está na sua 3º temporada, mas no Netflix tem a 1º e a 2º temporada completa. A história gira em torno de Mary Stuart, Rainha da Escócia e seu caminho até o poder, iniciando sua chegada à França ainda na adolescência e seu noivado com o Príncipe Francis. Acompanhada de suas 4 melhores amigas, Mary precisa sobreviver às intrigas, forças obscuras e inimigos que tomam conta da corte francesa. O figurino, a trilha sonora e a fotografia são pontos positivos da série!

E aí, você já assistiu algum? Aceito recomendações de filmes/séries e documentários, tá? 😀

Blogs Participantes: 

Bárbara | Grazi | Julie | Amanda  | Carla | Beatriz | Gianni | Camila | Mônica | Thami | Lila | Natz

Depois de anos-luz voltei com tudo e trouxe um seriado bacanérrimo pra compartilhar com vocês. Fazia um bom tempo desde Sense8 que eu não assistia algo que me prendia do começo ao fim. Já ouviram falar de Jessica Jones? Acho que todo mundo sim, não é? A internet parou quando soube da série e os comentários positivos eram muitos. Fui curiosa pra ver por causa da galera do twitter comentando, vi o piloto e hoje acabei a série já aguardando ansiosamente pela 2º temporada (vai demorar, mesmo?).

JessicaJones

Jessica Jones saiu dos quadrinhos de HQs e está no Netflix a série conta a história de uma mulher poderosa que desistiu da vida heroica e sofre com traumas do passado. Tudo começa quando um casal visita o escritório de Jessica (Krysten Ritter) e contrata para encontrar Hope (Erin Moriarty), uma jovem perdida em NY. No decorrer da investigação, Jessica percebe que este não é um caso qualquer e tudo está ligado ao seu passado. Apesar de ter super-poderes, Jessica prefere não usá-los e confia em suas habilidades como detetive para solucionar problemas e ganhar a vida em Hell’s Kitchen.

jessicaetrish

Na trama temos também Trish Walker (Rachael Taylor), irmã adotiva de Jessica que tem um famoso programa de rádio de NY, Will Simpson (Will Traval), um policial misterioso, Malcolm (Eka Darville), um vizinho de Jessica usuário de drogas, Jeryn Hogarth (Carrie-Anne Moss), uma grande advogada, além de outros personagens que compõem o elenco principal e aos poucos se envolvem na história.

kilgraveeJessica

E não podemos esquecer do vilão mais querido ou odiado por muitos telespectadores o famoso Kilgrave (David Tennant), ele é capaz de tudo, devido ao seu poder de influenciar ações de qualquer um à sua volta, ele faz com que todas as suas cenas sejam tensas e passem a sensação de insegurança, criando situações inesperadas. Todas as cenas de David e Krysten são excelentes, os dois conseguem transmitir todos os traços dos personagens e ambos tem carisma de sobra para futuras temporadas. 😀

Confira o trailer:

E aí, você já assistiu a série?

Para assistir: Sense8

Olá pessoal, como estão? Eu estou confusa com o clima dessa cidade, eu sei que já devia estar acostumada a isso, mas mesmo assim, todo ano a mesma coisa. Enfim, vamos ao que interessa. Para hoje eu trouxe a nova série do Netflix que estreou em forma de streaming no último dia 5 de junho. Sense8 é uma ficção científica dramática criada pelos irmãos Andy Wachowski e Lana Wachowski, os mesmos de Matrix, em conjunto com J. Michael Straczynski.

sense8_

Sense8 conta a história de oito indivíduos de oito lugares diferentes do mundo, que não se conhecem e não fazem ideia da existência uns dos outros, eles são: Will (Brian J. Smith), um policial de Chicago; Riley (Tuppence Middleton), uma DJ islandesa que mora em Londres; Capheus (Aml Ameen), motorista de ônibus de Nairóbi; Sun (Doona Bae), filha de um grande empresário de Seul; Lito (Miguel Ángel Silvestre) um ator de novelas mexicanas e homossexual não assumido; Kala (Tina Desai), cientista indiana com casamento arranjado com um homem que não ama; Wolfgang (Max Riemelt) um arrombador de cofres envolvido com o crime organizado de Berlim; e Nomi (Jamie Clayton) uma ativista transexual que mora em São Francisco.

sense8 2_

Em um certo dia, todos ao mesmo tempo têm uma visão do suicídio de uma mulher chamada Angelica (Daryl Hannah), e então eles começam a ter novas sensações e descobrem que estão mentalmente e emocionalmente ligados uns aos outros. Com o tempo eles percebem que são capazes de se comunicar, sentir e receber as habilidades alheias. Eles então passam a ser chamados de Sensates. Enquanto tentam descobrir mais sobre essas conexões, o misterioso Jonas (Naveen Andrews) tenta ajudar os oito a lidar com o novo dom, enquanto os chamados Whispers tentam caça-los, usando o “poder sensate” para ganhar acesso aos pensamentos e assim encontrar todos para poder dar fim a essa evolução biológica.

Sense8 foi uma grande surpresa pra mim. Eu não esperava muito da série porque quando assisti ao trailer não curti muito, mas a Wanessa deu aquela insistida e eu resolvi dar uma chance e olha, já virou um vício. O primeiro episódio é um pouco confuso, já que há muito o que explicar, mas no segundo episódio você já se importa demais com o os 8 sensates e quer saber até onde vai a conexão deles. E é bem legal ver o tanto que eles compartilham. Em uma cena nós vemos que Sun está claramente naqueles dias graças ao seu compartilhamento com Lito, que sente todos os sintomas, como a sensação de inchaço e as crises emocionais advindas da TPM.

sense8 3_

E o que dizer da fotografia maravilhosa da série? Sense8 foi gravado em 9 países diferentes e cada um recebeu um tratamento para mostrar bem o clima do local. Os meus favoritos são Mumbai, na Índia e Berlim, Alemanha. E são favoritos por serem tão diferentes. Mumbai com todas as suas cores, dando o tom de Kala e Berlim sendo mais cinza e dando um ar mais sombrio para Wolfgang. E nem vou falar nas minhas conexões favoritas, senão vou acabar dando spoilers demais, mas Sun e Capheus arrasam, apenas isso. Mas tentando ser imparcial quanto a isso, todos os atores tem uma química ótima e você torce para que eles se conectem ao mesmo tempo por várias vezes e olha, tem algumas conexões que parecem improváveis, você chega a pensar que não tem nada a ver e que não faria o menor sentido, mas quando acontece, gente, é lindo demais de assistir.

Os irmãos Wachowskis estão de parabéns pelo roteiro incrível. Eu acho que eles souberam trabalhar todas as temáticas apresentadas e desenvolveram bem todas as histórias. Sense8 ainda não teve a segunda temporada confirmada, mas eu já estou aqui torcendo muito para isso acontecer. Eu já gosto demais dos Sensates, não vou saber lidar se não tiver uma continuação. Muitas perguntas ainda precisam ser respondidas.

Alguém já conferiu Sense8 na Netflix? Fez uma maratona saudável? O que achou?

Semana que vem tem mais!

Beijos.

Olá pessoal, como estão? Vamos falar sobre esse frio? AMO/SOU esse clima maravilhoso, mas é tão difícil ter que sair da cama de manhã cedo. Sério, todo dia é uma vitória. E essa época gostosa de festas juninas? Aí senhor, será que a gente pode ficar em Junho/Julho para sempre? Enfim, vamos logo ao que interessa, ao filme da semana. Gente, já vou começar falando que eu estava mega ansiosa para a estreia de Divertida Mente (Inside Out, 2015), a mais nova animação dos estúdios Pixar. Desde o ano passado, quando saiu o primeiro trailer eu já tinha uma certeza quase absoluta que eu iria amar o filme e olha, amei mesmo. Saí do cinema apaixonada.

divertida mente 1_

Riley é uma garotinha de 11 anos que vive uma vida bem agradável em Minessota, nos Estados Unidos. Quando seus pais decidem se mudar para São Francisco, a menina começa passar por alguns problemas emocionais. Dentro da cabeça de Riley, vivem os cinco principais sentimentos que ajudam na formação de personalidade dela: a Alegria, a Tristeza, a Nojinho, a Raiva e o Medo. A líder da “sala de comando” é a Alegria, que tem como objetivo fazer com que a vida de Riley seja sempre feliz, fazendo o possível para que a Tristeza não interfira nos seus planos ou que a Raiva extrapole os limites.

Quando as “memórias base” de Riley se perdem, Alegria e Tristeza acabam sendo sugadas e expelidas para o local onde ficam todas as memórias de longo prazo da menina. Elas então começam a percorrer as ilhas de personalidade de Riley para que consigam voltar a sala de comando, onde o Medo, a Nojinho e a Raiva tentam manter o controle, enquanto a vida da garotinha vai mudando radicalmente.

divertida mente 2_

Gente, Divertida Mente é com certeza a coisa mais fofa que vocês vão assistir por um bom tempo. É impossível não se apaixonar pelas cinco emoções e como não se identificar com Riley passando por mudanças tão drásticas no início da adolescência? E olha os estudantes de Psicologia vão pirar! O filme trás tantas possibilidades de análise! Vai desde a formação de sonhos até a depressão. Sem contar que mostra como momentos de tristeza são importante na nossa vida e que ás vezes tudo que a gente precisa fazer é chorar, porque faz sim muito bem, é bom colocar tudo pra fora.

Divertida Mente é um filme para todas as idades, mas os adultos podem curtir um pouco mais, já que a gente entende a sagacidade da história um pouco mais rápido. Porém isso não quer dizer que as crianças não vão gostar e amar igualmente. Com certeza é um filme que vale a pena assistir diversas vezes, porque é desses que a gente sempre vai descobrir algo novo a cada assistida.

Alguém já foi conferir Divertida Mente? O que achou?

Espero que gostem. Semana que vem tem mais!

Beijos

Bom dia, gente! Como vocês estão nessa sexta-feira? Final de semestre e tudo mais, muita correria! Bom, hoje eu trouxe uma série que eu comecei a acompanhar há pouco tempo, trata-se de Penny Dreadful.

Penny-D

Penny Dreadfuls são histórias impressas em papel barato que eram vendidas a um centavo na Inglaterra do século XIX, daí vem o nome da série de terror que possui toques sobrenaturais, a trama se passa na cidade de Londres na época vitoriana. A história compartilha personagens clássicos da literatura como Frankenstein, Conde Drácula e Dorian Gray, e seus contos de horror, origem e formação se misturam à narrativa dos protagonistas.

O elenco conta com os protagonistas Josh Hartnett e Eva Green, além de Sam Mendes como produtor executivo da atração. Penny Dreadful tem uma abordagem bastante psicossexual da trama de monstros, criaturas e demônios. O reconhecimento do público levou a uma segunda temporada que está sendo transmitida atualmente pela HBO aqui no Brasil.

Episode 101

O mais interessante da série (além dos personagens históricos e complexos) é o mistério que paira no ar a cada episódio. Os acontecimentos se desenrolam devagar, os episódios seguem uma linha lenta e enigmática e o que vai acontecer no próximo ato nunca fica claro até o momento do acontecimento. Quem curte ver os personagens clássicos do terror sendo representados fielmente em suas histórias originais não vai se decepcionar. Aos fãs das histórias de terror que nunca assistiram a série: vocês estão perdendo! A atuação eu acho que nem preciso comentar. Eva Green no elenco é coisa boa na certa!

Confira o trailer:

E vocês, já assistiram? Conta nos comentários!

Beijos!