Oi pessoal, como estão? Depois de um mês de férias eu finalmente voltei. Durante a minha viagem eu não tive muito tempo para colocar a minha leitura em dia, ou seja, to com vários livros empilhados e se Deus quiser, um dia eu termino de ler todos. Bom, pelo menos um deles eu já terminei e eu apareci aqui hoje para falar dele.

Semana passada eu comprei o livro A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista” da escritora Jennifer E. Smith. Uma frase que define bem a história é: E se? E se Hadley não tivesse se atrasado por quatro minutos e perdido o seu voo? Bom, provavelmente nada dessa história fofinha teria acontecido.

a probabilidade estatística do amor à primeira vista

Naquela manhã Hadley já acorda imaginando que aquele seria o pior dia de sua vida, afinal estava indo para Londres para ir ao casamento de seu pai com alguma inglesa que ela nunca tinha visto na vida e aquilo para ela era com a celebração do fim de sua família. Não acreditava que sua mãe estava aceitando aquilo muito bem. Como aquele dia já estava fadado ao fracasso claro que ela conseguiu perder seu voo e teria que ficar horas presa no aeroporto até o próximo voo. Durante a espera Hadley conhece Oliver, um britânico fofo que graças ao destino senta-se ao seu lado na viagem para Londres. Durante as sete horas de viagem os dois conversam sobre a vida, sonhos, formas das nuvens, Charles Dickens, futuro e várias outras coisas. Porém ao chegarem à alfândega são obrigados a se separar e só Deus sabe se conseguiram se encontrar novamente. O destino age novamente e eles se encontram, mas nem tudo são flores.

Com “A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista” eu bati o meu record no tempo em que levei para ler um livro. Eu sentei na minha cama umas 18h com a intenção de ler apenas o prólogo e quando percebi já era 23h e eu já estava nas páginas finais. A escrita é simples e a leitura é muito fácil, sem contar que você se envolve na história e não quer parar de ler.

O relacionamento de Hadley e Oliver é construído aos poucos – mesmo que a história se passe em apenas 24 horas – mas não é como se eles tivessem acabado de se conhecer e já se amam e querem ter filhos, não. Eles conversam muito e tentam compreender os problemas um do outro. Não que Oliver fale abertamente sobre os seus, mas com o tempo Hadley começa a entender o jovem.

Segundo o livro pessoas que se encontram em aeroportos tem 72% mais chance de se apaixonarem que as pessoas que se encontram em outros lugares. To muito velha para querer fazer minhas malas e passar umas horas lá no aeroporto? Haha Vai que eu dou a sorte, não é mesmo?

Espero que gostem da indicação. Quais os livros que vocês estão lendo nesse final de férias?

Beijos.

Filme: Questão de Tempo

Bom dia, minha gente! Tudo certo? E esse calor maldito que não vai embora? Não sei quanto aos outros estados, mas o Distrito Federal vai virar um caldeirão qualquer dia desses! Anyway, não estou aqui para falar de temperatura, vamos ao que interessa. Essa semana eu trouxe um filme muito interessante que assisti há alguns dias, trata-se de “Questão de Tempo”.

21053062_20131025204305591

A trama gira em torno de Tim (Domhnall Gleeson), que aos 21 anos descobre que os membros masculinos de sua família possuem a habilidade de viajar no tempo.  A confidência é feita por intermédio de seu pai, que lhe provocou a usar a habilidade de maneira inteligente e somente para lhe trazer felicidade. Tim, que não era muito habilidoso na arte de conquistar mulheres, decidiu então que iria se aproveitar de seu dom para tentar arrebatar o coração de alguma garota. Depois de uma tentativa frustrada com uma amiga de sua irmã, ele decide se mudar para Londres e tentar a sorte novamente. Lá ele conhece Mary (Rachel McAdams), por quem se apaixona. Mas por voltar várias vezes no passado, ele acaba alterando sua realidade e precisa fazer de tudo para conhecer Mary mais uma vez. Com o passar do tempo, Tim foi percebendo que algumas coisas não poderiam ser mudadas e que ele não seria poupado da ordem natural da vida.

questão-de-tempo-2

A história passa uma mensagem importante que é a das responsabilidades que vamos adquirindo com o passar da vida e quanto precisamos ser mais atenciosos com as atitudes que tomamos.  Os jovens são  naturalmente impulsivos e tendem a resolver seus problemas de maneira rápida e superficial. Essa etapa da vida de Tim permitia a ele uma liberdade absurda de voltar no tempo e corrigir o que quisesse, mas conforme o tempo foi passando e a sua família se constituindo o risco em voltar no tempo e estragar algo que ele já estabeleceu lhe impede de começar a alterar o rumo de algumas coisas que lhe incomodam. O que foi incrível, pois fez com que Tim se prendesse ao futuro e entendesse que precisava se adaptar como qualquer outra pessoa comum e aprender a enfrentar seus erros e acertos sem utilizar seu dom.

Confira o trailer de Questão do Tempo:

Eu recomendo que assistam ao filme, além das ótimas atuações, a história é linda. Até mais!

Beijos!

Filmes com o Gerard Butler

Olá gente linda, como estão? Semana passada não deu para aparecer por aqui, mas hoje a programação volta ao normal. Todo mundo curtindo o Rock In Rio? Alguém foi assistir ao vivo ou estão como eu? Assistindo pelo Multishow e achando a vida bonita assim mesmo. Estou animada para os shows de hoje e amanhã. Sábado vai ter show do Bruce Springsteen e eu mal posso esperar.

gerard butler__

Vou parar com a enrolação, hoje eu escolhi dois filmes de outro ator que eu adoro e particularmente acho uma graça (eu casaria!), o Gerard Butler. Vocês já devem ter visto o ator escocês em vários filmes, desde comédias românticas, como a Verdade Nua e Crua (2009), até filmes com bastante ação, por exemplo, Rock’n’Rolla: A Grande Roubada (2008). Bom, eu escolhi dois bem diferentes um do outro. Espero que vocês gostem.

1 – Código de Conduta (Law Abiding Citizen, 2009)

código-de-conduta__

Código de Conduta mostra a história de Clyde Shelton (Gerard Butler) um pai que vê sua mulher e filha serem assassinadas. Quando os assassinos são presos, o procurador Nick Rice (Jamie Foxx) assume o caso, e na cabeça dele é melhor ter alguma justiça do que não ter nenhuma. Com isso um dos assassinos recebe uma pena de cinco anos e o outro é solto em troca de informações sobre um de seus cúmplices. Porém Clyde não aceita ver os culpados livres e decide fazer justiça com as próprias mãos. Dez anos depois um dos assassinos que havia sido solto é encontrado morto e Clyde assume a autoria do crime, avisando a Nick que todos os envolvidos no caso – tanto os criminosos como os advogados e juiz – sofreriam as consequências do ocorrido anos atrás. Ele é preso, porém de dentro de sua cela consegue planejar e executar diversos assassinatos que ninguém consegue prever.

Acho esse filme tão bom que não tenho palavras. Gosto desse tipo de filme que mostra as falhas no sistema judicial americano, inclusive esse é um dos objetivos de Clyde o filme, denunciar tais problemas. O modo como todos os assassinatos são executados são ótimos, às vezes até quem está assistindo fica na dúvida de como ele conseguir planejar e realizar tudo. Eu não sou a maior fã do final – SEM SPOILERS – eles acabam com tudo na hora do clímax e isso meio que corta o nosso barato. Pra quem gosta de ação e suspense Código de Conduta é uma ótima opção, tem uns momentos bem tensos e a atuação do Gerard Butler está incrível.

2 – P.S. Eu Te Amo (P.S. I Love You, 2007)

p_s_i_love_you__

P.S. Eu Te Amo é baseado no livro homônimo da irlandesa Cecelia Ahern e conta a história de Holly Kennedy (Hilary Swank) que é casada com Gerry (Gerard Butler), um irlandês charmoso que tem uma doença que futuramente irá tirar a sua vida. Quando seu marido morre, Holly entra em depressão e o único que poderia ajudá-la não está mais lá. Gerry conhecendo bem a mulher e sabendo que ela se entregaria e desistiria de viver por conta da perda, prepara uma série de mensagens com o objetivo de guiar a esposa para uma recuperação e para uma nova vida. A primeira mensagem chega no dia do aniversário de 30 anos de Holly, deixando a moça surpresa, e nos meses seguintes várias outras chegam e todas elas terminam da mesma forma, com um simples “P.S. Eu Te Amo”.

E foi com esse filme que eu conheci o Gerard Butler. Eu amo romances e esse definitivamente está entre os meus favoritos. Aqui em P.S. Eu Te Amo o Gerard Butler nem é exatamente o principal, mas ele é a chave de toda a história e eu acho lindo como ele prepara tudo para que a esposa não desista e siga com a vida, mesmo sem ele ao seu lado. Confesso que derramei algumas lágrimas, as cartas e mensagens que ele deixa pra ela são lindas. Hilary Swank está maravilhosa no filme e aqui nós ainda temos a participação de Lisa Kudrow, a eterna Phoebe de FRIENDS, fazendo o papel de uma das amigas de Holly que a ajuda a realizar o que está escrito em uma das cartas ela recebe. Pra quem está a fim de reunir as amigas pra comer aquele brigadeiro delícia e assistir a um filme bem água com açúcar, P.S. Eu Te Amo é uma ótima opção.

E aí, gostaram dos filmes? Semana que vem tem mais.

Beijos.

 

Depois de um mês lendo (enrolando) com o livro Carolina se Apaixona, finalmente consegui concluir. A história se passa em Roma nos anos entre 2006/2007 e é vivida por Carolina e suas amigas Alis (Alice) e Clod (Claúdia) todas elas tem aproximadamente 14 anos de idade e estão curtindo a adolescência, descobrindo o primeiro beijo, o primeiro amor e a primeira vez. Carolina vive com seus pais, seu irmão Rusty James que sonha em ser um escritor famoso e sua irmã Alê que vive pegando no seu pé. Mais também mantém uma relação cheia de amor e carinho com seus avós.

SDC12660

Carolina conhece o amor da sua vida, chamado Massi por uma informação que ele estava procurando e desde então ela se apaixona pelo garoto. Porém, um dia que ela está voltando para casa é roubada e perde o telefone aonde se encontrava o contato de Massi. Após isso, Carolina passa um tempo procurando ele por todos os lugares de Roma e não o encontra. Neste período a garota conhece vários outros meninos e vive as desilusões dos amores que conquista e as decepções que a vida vai mostrando com o tempo. Até que um dia ela e suas amigas Alis e Clod estão se divertindo em uma festa com os amigos do colégio e se encontra com Massi novamente o encontro é intenso e romântico.

Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto sobre o branco e os pontos sobre os “is” em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos… (página 366)

Achei a leitura super cansativa 🙁 (comprei o livro pela capa ser bonitinha e li o contexto atrás e achei interessante, mas…) sem contar que o livro não é organizado em capítulos. O livro é um romance italiano, há expressões em inglês e frases em italiano também ambas sem tradução nenhuma na própria página e no rodapé, infelizmente você tem que ir até a última página conferir o que significa.

[…] Aqueles que morrem realmente são os que não vivem. Aqueles que se controlam, porque pensam demais no que os outros vão dizer. Que fazem concessões à felicidade. Aqueles que agem sempre do mesmo modo pensando que não podem fazer nada diferente, que acreditam que amar seja uma gaiola, que não fazem nunca pequenas loucuras para rir de si mesmos ou dos outros. Estão mortos aqueles que não sabem pedir ajuda e muito menos sabem dar. 

Carolina se Apaixona

Autor: Federico Moccia

Páginas: 398

Vocês já leram esse livro?

Beijokas!!

3 livros para ler nas férias!

Post feito pela escritora: Larissa Siriani

Oi gente! Quanto tempo, não?
De novo, volto aqui ao Dia de Brilho como convidada da Wanessa pra falar da coisa que mais amo no mundo: livros! Não sei vocês, mas adoro aproveitar as férias pra ler bastante, e estou sempre procurando indicações de livros novos pra ler. Então hoje vim aqui dar dicas variadas pra vocês 🙂
165888_513090475402271_1997157569_n_large
Pra quem quer romance…
Lonely Hearts Club é uma ótima pedida! No romance escrito por Elizabeth Eulberg e totalmente inspirado em canções dos Beatles, Penny Lane é uma garota que cansou de se envolver com caras idiotas que não querem nada com ela, e resolve fundar o Lonely Hearts Cub – o Clube dos Corações Solitários, pra garotas que decidiram não namorar nunca mais. O que era pra ser um projeto de autosuperação se transforma numa incrível história de amizade entre garotas, e além de muitas risadas, uma paixão inesperada vai nos arrancar vários suspiros.. É bem leve, fininho e muito, muito gostoso de ler!
livrosferias
Pra quem prefere fantasia…
Cidade dos Ossos foi sem dúvida uma das melhores leituras fantásticas desse ano na minha lista. Nele, a jovem Clary descobre um mundo fantástico escondido bem diante dos seus olhos quando seu caminho acidentalmente se cruza com o de Jace – e acaba descobrindo que, na verdade, sua vida nunca esteve muito longe de tudo aquilo. Do jeito como eu contei, parece bem superficial, mas juro que não é. É uma história imensa e complexa, e MUITO bem contada. E olha que legal, a adaptação de Cidade dos Ossos pro cinema já está praticamente pronta, e logo menos chega às telonas! Mais um motivo pra ler!
E se você curte mesmo um suspense…
Recomendo fortemente que você leia O Cirurgião, suspense policial de Tess Gerritsen. No livro, uma equipe de policiais investiga um serial killer que está copiando os passos de outro assassino, morto anos atrás por uma de suas vítimas. Um caso aparentemente sem conexão se torna uma imensa caçada por um matador de mulheres. É o tipo de suspense que faz a gente prender a respiração e viver o livro de forma tão intensa que bate até aquele desgosto quando ele termina. E, pra quem gosta do gênero, é nada além de sensacional!
Espero que gostem!
Boas leituras e um feliz 2013 🙂
Ps: O blog agora está o Instagram. Segue a gente: DiadeBrilho 

Adaptações nas telonas

2013  é um ano que promete para o cinema. Algumas produções já estão chamando atenção e há continuações muito esperadas. Como o cinema sempre se alimenta da literatura não poderiam faltar as adaptações de livros. Há duas adaptações que ainda não ganharam destaque, mas, valem a pena conferir, são elas:  A Hospedeira e Cidade dos Ossos.

– A Hospedeira

host

O livro ficou famoso por ser da mesma autora de Crepúsculo, Stephenie Meyer, por esse motivo ganhou admiradores, preconceito de quem odeia a saga e agora ganhará adaptação para as telonas. A história de ficção científica mostra o planeta dominado por alienígenas que se instalam na mente dos seres humanos como parasitas. Melanie (Saoirse Ronan) é uma das poucas humanas que ainda não foi dominada, porém, ela é capturada e Peregrina (Diane Kruger) passa a agir dentro de sua mente, procurando informações sobre outros humanos fugitivos. Mas Melanie ainda mantém controle sobre sua consciência e preenche seus pensamentos com imagens de seu namorado Jared (Max Irons). É quando Peregrina passa a se sentir atraída por ele, formando um triângulo amoroso entre dois corpos. Estreia dia 29 de março.

– Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos

instrumentos

Outro livro que ganhou fama com ajudinha da saga Crepúsculo, dessa vez foi pela capa que tinha um recadinho de Stephenie Meyer dizendo que passaria o fim de semana lendo o livro. A série é um best-seller e possui seis livros, da autora Cassandra Clare, e envolve criaturas místicas, anjos, demônios, o sobrenatural e romance. Clary (Lily Collins) tem uma vida comum até o dia em que presencia um assassinato em público, porém, ela é a única que pode ver o assassino, Jace (Jamie Campbell Bower), que a leva até seu tutor e logo descobrem que Clary é descendente dos Caçadores de Sombras. Ela conhece o outro mundo, sombrio e cheio de criaturas perigosas, e terá que lutar contra todos eles para salvar sua mãe, sequestrada por estes seres sobrenaturais. O filme estreará dia 23 de agosto.

Quem curte ficção não pode perder e quem curtiu os livros também não.

Alguém já leu os livros? Conta o que achou deles pra gente!

Beijos!