Mais uma vez esqueci de compartilhar coisas que andei desejando em abril. O mês passou tão rápido que logo caímos em Maio e como ele já está chegando ao fim, nada melhor do que mostrar pra vocês o que eu vi por aí e estou desejando muito. É sempre bom este tipo de post, pois descobrimos se temos gostos em comum e estamos desejando a mesma coisa.

desejo

1 – Viajar – Sabe aquela vontade de viajar para algum lugar novo e você não sabe dizer qual? Só pegar a estrada, tirar boas fotos, fazer atividades que você nunca fez, conhecer lugares, pessoas e idiomas diferentes. Pensando rápido: te quero Califórnia!

2- New Balance – Se tem uma coisa confortável e que não pode faltar é um bom par de tênis. E se ele for este modelo da foto, melhor ainda! Nunca encontrei aqui no Brasil pra vender, alguém já viu?

3- Bolsa pequena – Minhas bolsas pequenas estão super acabadas, daí tô procurando uma no estilo mais basicão, sem muitos detalhes, de cor única e pequena sabe? Vi uns modelinhos legais na Renner, mas não rolou amor à primeira a vista. Sigo procurando!

4- Objetos decorativos – Adoro compor a minha mesa do home office e esses objetos da foto estão fantásticos. O fone de ouvido, também pode vir junto? Aliás, ainda não encontrei o ideal, até mencionei este desejo no post anterior.

5- Essa frase – Tem sido minha base ultimamente.

6- Short Jeans Preto – Acho esse short jeans tão prático, porque combina com tudo. E desfiadinho assim nas pontas é ainda mais bonito. Encontrei alguns modelos na Riachuelo, mas estavam desfiados até demais. Quero ele mais simples.

7- Esse look – Amando cada vez mais looks total black. Pra mim só falta a jaqueta, sigo procurando também!

8- Esse esmalte – Tons nude e terrosos ganharam meu coração. Eu lembro que eu odiava esta tonalidade, agora? Eu só penso nela… vai entender hahaha.

E aí, algum desejo em comum? Me conta o que você está desejando?

conhecerHolanda

E essa Copa tá demais, minha gente. Porém, todo começo têm o seu fim, como por exemplo, o encerramento destes posts maravilhosos durante esses dias de Copa do Mundo. Sei que muitas leitoras vem gostando e acompanhando, fico super feliz que tudo deu certo, podemos trocar ideias e conhecermos um pouco mais de cada país e sua cultura. E pra finalizar com chave de ouro, escolhi falar da Holanda, vamos nessa? Falamos da Grécia aqui, Croácia aqui e Alemanha aqui.

amsterda1

1- Porque viajar para Holanda?

Quando falamos da Holanda a primeira coisa que vem à nossa mente é: Amsterdam. O país oferece uma diversidade incrível de atrações para visitar, parques de diversão, praças históricas, esportes aquáticos, mercados agitados, campos de flores. Enquanto estiver por lá, visite o Museu Madame Tussauds, Casa de Anne Frank (meu sonho, recomendo o livro) e não deixe de dar uma voltinha pela cidade de bicicleta como os holandeses costumam fazer.

Para as lindonas que preferem sair atrás de lojas de roupas e está com o bolso apertado há grandes redes e alta costura exclusiva. No centro da cidade você encontra ruas comerciais, como a Leidsestraat, Kalverstraat e Nieuwendijk. Existem muitas redes internacionais de moda e lojas de moda menos conhecidas. Pra quem estiver à procura de sapatos, vale a visita também!

Se você ama decoração e tudo ligado a design, visite a Frozen Fountain, localizada no Prinsengracht, é uma loja especial, com mobiliário contemporâneo, arte e acessórios para casa. Por lá, você encontrará trabalhos de jovens artistas e designers de famosas academias holandesas e estrangeiras.

2- Qual hotel se hospedar?

Hotel em terra firme? Nunca mais! Brincadeirinha, mas se você for para Holanda porque não experimentar as casas flutuantes para passar a noite em Amsterdam e Utrecht? É uma forma de sentir a experiência holandesa de viver sobre a água e compartilhar esta experiência com quem você ama. Uma casa flutuante é como outra casa qualquer tem sala, cozinha, quarto e de quebra você vê de sua janela os barcos passeando pelo canal.  Achei a ideia sensacional, faria com certeza e vocês?

casasflutuantesholanda

3- Pratos e Culinária Holandesa

Por ser um país frio a culinária é quentíssima e oferece pratos típicos deliciosos e bebidas especiais para determinadas horas do dia. As famosas batatas cozidas, verdura e carne são encontradas na maioria dos pratos. O café da manhã e o almoço são refeições compostas por pães, frutas e laticínios.

Sempre quando conhecemos alguma cidade ou país, gostamos de experimentar algum prato especial de lá, não é mesmo? Pelas minhas buscas e pesquisas, fiquei com vontade de comer Stamppot um prato de inverno com verduras, batatas e carne em forma de ensopado, nele você encontra variações com repolho, cenoura, salsicha e bacon. O toque final fica por conta da abertura no meio do cozinho preenchida com caldo de carne. Outro prato que me atraiu bastante são as Poffertjes (pequenas panquecas) grossas e mais doces, geralmente elas são servidas com açúcar e manteiga.

pratosdaholanda

Sabia que na Holanda, eles amam comer alcaçuz? Por lá há versões doces e salgadas e vem em vários sabores e formatos. E não deixe de comer o Hagelslag chocolate granulado em um sanduíche. Comida vai e vem e as bebidas, onde ficam? Experimente a cerveja Heineken já que é a bebida tradicional da casa. A Holanda é conhecida por cultivar as melhores uvas para fabricar vinhos tintos e brancos, ou seja, fica aí mais uma opção de bebida que você não pode deixar de provar!

4- Moda na Holanda

Como eu disse nos posts anteriores e sempre menciono nesta parte do post: respeite as tradições e costumes de cada país que você visitar. Leve somente o que você vai usar durante a viagem, (tudo bem que nós mulheres nunca seguimos essa regra, mas fica a dica pra você). E antes de organizar sua mala, pesquise a temperatura do local para não carregar nada além do necessário.

A Holanda possui climas bem diferentes do nosso Brasil o frio predomina em boa parte por lá. Gosta de inverno? Aproveite para ir em Dezembro ou Janeiro, quem sabe você não aproveita a neve, caso ela apareça. Na sua mala: capriche nos casacões longos, peças em couro, acessórios para o pescoço e cabeça, pele fake e abuse das botas over knee. Agora se você prefere ir no verão, agosto é o mês recomendado para visitar o país já que as temperaturas são agradáveis e você consegue usar peças confortáveis como shorts, saias, macacão e vestidos soltos.

looksholanda

Me apaixonei pela Holanda , a casa flutuante, a Casa de Anne Frank e a culinária. Ahhh, se eu pudesse embarcar agora! #sonho E vocês, já foram para Holanda? Quem já foi, não deixe de compartilhar com a gente! 😉

E mais uma semana que segue e o país escolhido é a Alemanha. Prosseguindo aos trabalhos da Copa do Mundo que por sinal tá boa demais. Tô adorando, a torcida tá animada, tá bonita, tá cheio de gringo hahaha. Bom, voltando ao post e explicando para as leitoras novas, durante este mês de Copa escolhemos alguns países e traremos um pouco de sua cultura, gastronomia entre outras curiosidades antes de visitarmos o destino. Já falei da Grécia aqui e da Croácia aqui ó.

Dresden Silhouette

1- Porque viajar para Alemanha?

Se a Alemanha é o seu destino dos sonhos, prepare-se você vai encontrar belas paisagens, história, arquitetura e uma cultura animada, marcada pelas baladas noturnas e comércio diversificado com design exclusivo. Não deixe de conhecer em Berlim o Portão de Brandenburgo, localizado na Pariser Platz (essa foto abaixo), o Memorial do Holocausto onde expõe o extermínio dos judeus e o Muro de Berlim que contém pinturas de artistas de diversas partes do mundo que expressam os acontecimentos políticos ligados ao muro.

Brandenburger_Tor_abends

Caso, você dê uma passadinha por Munique a cidade oferece muitas lojas de departamento, shoppings e outlets. Programa preferido da mulherada, não é mesmo? Em Frankfurt mais precisamente em Rudesheim é cidade linda e medieval que lembra bastante aos cenários dos filmes do Harry Potter. Enquanto escrevia este post, encontrei este blog incrível aqui, no qual fala tudo sobre a Alemanha, vale a leitura!

2- Qual hotel se hospedar?

Na Alemanha você vai se deparar com muitos hotéis e hostel também. Procure se instalar em hotéis bem localizados e próximos do centro da cidade e locais que deseja conhecer. O Hotel Blauer Bock em Munique fica localizado em prédio histórico, os quartos são organizados e oferece ótima estrutura para o visitante.

hotelalemanha

Se o seu destino é em Berlim o Relexa Hotel Stuttgarter Hof é um bom lugar para se acomodar, já que a delicadeza e a recepção sobre o travesseiro com uma maçã e chocolate garante um bom sono para o turista, hahah adorei! O Hotel Europa Life possui belíssima decoração e móveis modernos. Fica pertinho da estação central em Frankfurt e dá pra fazer muitos passeios, tudo isso à pé.

3- Pratos e Culinária Alemã

Não é novidade contar que a culinária Alemã é deliciosa. Apesar de ter experimentado pouca coisa eu gosto muito da torta alemã, quem não gosta, né?

Mas, calma se você acha que a culinária alemã só é boa nos doces os salgados também devem ser mencionados aqui no post. Há pratos tradicionais e comidas típicas pesadas, mas muito saborosas. Além disso, alguns ingredientes da cozinha alemã são marcantes, como por exemplo, a batata, a carne de porco e o salsichão. Claro que cada região possui suas próprias receitas e temperos.

Quando estiver passeando por Berlim, que tal experimentar uma Strudel de maçã? A torta é macia e consiste no recheio de maçã servida com chantily por cima #desejei. Outro prato super conhecido na gastronomia alemã é o famoso Spatzle (famoso lá na região Sul) é uma massa de batata bem parecida com nhoque e pode ser consumida com carnes e molhos. Não podemos esquecer de falar do Chucrute rápido que consiste em joelho de porco feita com repolho é um dos pratos mais conhecidos do cenário Alemão.

culinariaalemã

Falando em bebidas os alemães são grandes consumidores de cerveja e sobretudo de chás, vinho e café. Na maioria de suas refeições o vinho branco é o destaque Silvaner, Kerner e Bacchus são os mais conhecidos.

4- Moda na Alemanha

Como eu disse nos posts anteriores, vale relembrar: respeite as tradições e costumes de cada país que você visitar. E leve somente o que você vai usar durante a viagem, antes de organizar sua mala, pesquise a temperatura do local para não carregar nada além do necessário.

A Alemanha possui muitas montanhas e o Oceano Atlântico influencia bastante na temperatura, isso significa temperaturas com baixas diferenças e chuvas em alguns períodos do ano. Dica pra quem está com viagem marcada pra lá, se for no verão eles são quentes e secos abuse dos shortinhos e calça, tênis ou botas e capa de chuva, geralmente no verão a chuva torrencial é presença registrada por lá. Caso, você for no inverno que é super rigoroso aproveite e use couro, pele fake, luvas, botas e acessórios na cabeça.

looksalemanha

E vocês, já viajaram para Alemanha? Quem já foi, compartilha sua experiência com a gente! 😉

Dando continuidade aos países da Copa do Mundo escolhemos falar esta semana da Croácia. Nossa primeira adversária durante os jogos da Copa. Mas, que por sinal possui uma cultura rica e pontos interessantes de se explorar. Pra quem está perdido neste post, te explico escolhemos alguns países que estão participando dos jogos da Copa do Mundo e traremos um pouco mais de sua cultura, gastronomia entre outras curiosidades que adoraríamos saber antes de visitar o país.

croacia

Na semana passada falamos da Grécia neste post aqui. Se você não leu eu recomendo o clique! 😉

1 – Porque viajar para Croácia?

Pra quem não sabe a Croácia fica localizada na Europa que limita ao norte com a Eslovênia e Hungria, valeu pelo Help Wikipédia porque até eu não sabia disso hahaha. Se você ama história, arquitetura e águas cristalinas com certeza o país vai te agradar bastante. A Croácia possui diversas atrações são elas Dubrovnik e ilhas do Adriático mais conhecida como Hvar, natureza, praias e monumentos da época das dominações romana e veneziana.

Banje-Beach-Dubrovnik-Croatia

Se você gosta de explorar melhor a natureza, reserve mais dias na Croácia e faça passeios de barco à Ilha de Vis com suas grutas, as ilhas vizinhas também possuem lugares paradisíacos que valem muito a pena conhecer, vi belíssimas imagens no google enquanto pesquisava para fazer o post, dá uma googlada aí. Há também pequenas apresentações de cantores de música folclórica em roupas típicas nas praças de Split, Trogir e Dubrovnik as chamadas Klapas, inclusive acontece festivais anuais destas canções por lá.

2 – Qual hotel se hospedar?

A Croácia oferece muitos apartamentos para aluguel de curta temporada para 4 pessoas e com Wi-Fi, ou seja, você pode alugar um espaço bacana até mesmo no centro da cidade, no qual facilita sua locomotividade para usar transporte público, conhecer os pontos turísticos, ir a restaurantes e o comércio local. A decoração do apartamento é aconchegante e confortável! Pelo que li a cidade tem feições Medievais por conter muralhas e ruas estreitas, por isso, não possibilita grandes hotéis pela cidade.

apecroacia

3- Pratos e Culinária Croata

O país possui culinária marcante pelos seus vinhos, peixes e frutos do mar regados a muito azeite de oliva, como manda a tradição mediterrânea. Além disso, a culinária italiana também está presente nas refeições diárias como massas e pizzas. No norte do país você vai encontrar uma comida mais pesada, sob influências austríaca e húngara como a carne de porco e sobremesas calóricas.

Pratos típicos do país são Porkolt (guisado com molho de pimento vermelho); Kulen (uma espécie de salsicha seca com picante); frango recheado assado, acompanhado com compota de marmelo; Juhe (sopa de frango com cogulemos); Ricet agramese, sopa de cevada com feijão com carne seca e caldo de vaca. Não deixe de comer também os pasteis feito de frutas com os Strukli (rolos de massa recheados de queijo, ovos e natas) hmmm fiquei com vontade de experimentar! Doces com mel e orehnjaca (massa folhada de nozes) lembra muito o bolo de rolo, olha aí.

comidacroata

As bebidas mais consumidas na Croácia são os vinhos da terra, aguardentes de ameixa e azeitona, Maraschino (uma bebida com essência dos frutos maduros da cereja maraska e das folhas dos seus ramos) e a cerveja Pivo.

4- Moda na Croácia

Como eu disse no post anterior, vale relembrar: respeite as tradições e costumes de cada país que você visitar. Pesquise sobre as roupas, cultura e temperaturas do local, assim você organiza melhor sua mala e reserva espaço para peças e sapatos que tanto deseja levar para sua viagem.

Caso, você viaje para Croácia em meados de dezembro e fevereiro o clima por lá é abaixo de zero durante os meses de inverno, ou seja, leve botas, casacos quentinhos e confortáveis e muitos acessórios de inverno para usar à vontade. Agora se você for em julho, o verão é predominante nesta época por lá, abuse dos shortinhos, vestidos e roupas leves.

modacroacia

E vocês, já viajaram para Croácia? Quem já foi, não deixe de compartilhar sua experiência!

Crônica: Viajar!

Viajar é explorar horizontes, abrir seu leque de oportunidades é aprender e conhecer uma cidade, um país, uma nova cultura. Viaje para outro lugar, para uma casa de praia, uma ilha deserta, para as montanhas, para o mato, para a neve, sozinho, acompanhado ou com os amigos. Viaje dentro de um livro, um filme, uma fotografia, uma arte em uma história. Viaje morrendo de medo, abandone tudo, desapega, enlouqueça, deixe tudo para trás.

large

Aproveite, inspire-se, anote tudo o que vier em mente, experimente, conheça, compre e além de tudo sorria para você de você, para os outros e para o mundo. Abasteça seu coração de sonhos, invista neles como se fosse os últimos dias de sua vida, gaste o que for preciso, carregue malas vazias, pesadas ou cheias de bobagens.

Viajar é perigoso, é arriscado, é aventura não importa se faça sol ou chuva. Ás vezes é preciso viajar porque lava a nossa alma por dentro e por fora. Viajar é trazer experiências que jamais imaginamos ter, é aprender, é buscar um novo olhar sob as coisas que existem, é carregar bagagens cheias de histórias pra contar e dividir com as pessoas que você ama. Viajar sem destino é corajoso e fazendo a escolha certa é divertido. Viajar é um dos melhores investimentos que a gente garante na vida, revelamos um pouco de nós e compartilhamos sobre nós.

Resolvi selecionar mais um texto que eu escrevi e gosto muito!! Toda vez que eu leio esta crônica dá uma vontade de viajar de mochilão pelo mundo. Me contem o que sentiram quando leram o texto! 😉

EspanhaInterc

E hoje temos a história da Natalia que está morando e estudando lá em San Sebastián localizado na Espanha. Ela está por lá desde o ano passado apreciando a cultura, aprendendo espanhol, estudando Engenharia de Edificação e visitando os países da Europa. Natalia me disse que teve medo de encarar essa nova etapa da vida dela, mas está satisfeita e muito feliz!

11714_356497571118382_1202596041_n

1- Como fez pra escolher o lugar do intercâmbio?

Eu estou fazendo intercâmbio através do programa Ciência sem Fronteiras, por isso acabou que para mim não foi muito difícil fazer a escolha do local. Minha primeira opção era ir para os Estados Unidos, principalmente por causa do inglês, cheguei a me inscrever no edital e tudo, só que como necessitava do toefl como comprovante de proficiência na língua inglesa, acabei desistindo de participar, porque a prova é muito cara e pra mim era um risco que não valeria a pena correr, que seria pagar pra fazer a prova do toefl, sem saber se iria bem o não, e principalmente sem ter a garantia de que conseguiria o intercambio. Sendo assim acabei desistindo do edital, mas continuei com a ideia de tentar o intercambio para algum outro lugar.

Depois de algum tempo, abriram uma série de editais novos, porém, assim como pros Estados Unidos, a maioria pedia comprovante de proficiência em algum idioma, dependo do país, como inglês, francês, entre outros. Os únicos países que me restaram então foram Portugal e Espanha. A principio pensei em tentar pra Portugal, mas depois pensei melhor e resolvi tentar para a Espanha, para ter a oportunidade de aprender um novo idioma.

Com relação à cidade em que vim parar, isso não foi uma escolha minha. Em uma segunda fase do processo de seleção eu podia escolher 3 cursos que mais se aproximavam do que eu fazia, e para cada curso tinha a opção de colocar em ordem de preferência 5 universidades do meu interesse, que ofereciam aquele determinado curso. No meu caso eu curso engenharia civil no Brasil, e coloquei como opções de curso pra fazer no exterior engenharia civil, engenharia de edificação e engenharia de construção em obras públicas. No final, era a universidade que te escolhia. Sendo assim, fui aceita para o curso de engenharia de edificação na Universidad del Pais Vasco, em San Sebastián, o que para mim foi uma grande surpresa, porque nunca havia ouvido falar deste lugar.

535446_342589119175894_754557268_n

2- Você foi pra estudar e/ou trabalhar?

 Eu vim para estudar, mas através do próprio intercâmbio é possível realizar práticas, ou como se diz no Brasil, estágio, depois do período de estudos ou até mesmo enquanto se está estudando.

430854_318386048262868_2108312145_n

 3- Como as pessoas estão sendo com você?

Aonde estou vivendo o pessoal é bem receptivo, ajudou bastante no começo, conversa, brinca, são bastante calorosos.  Porém em outros lugares, aqui da Espanha mesmo, não é bem assim. Em muitos outros lugares senti que as pessoas são muito frias, mal-humoradas e não fazem o mínimo de esforço pra tentar entender o que você diz ou ajudar em alguma coisa.

24446_318407781594028_1515657856_n

4- O que você sente falta do Brasil?

Posso dizer que sinto falta de muita coisa do Brasil, não vou dizer que das pessoas, porque é quase certo que qualquer pessoa que viaje pra longe e pra viver tanto tempo distante, vá sentir falta da família e dos amigos. Tirando isso, sinto muita falta das comidas do Brasil, porque aqui a alimentação é muito diferente, e apesar de muitas vezes eu fazer comida em casa, tem coisas do Brasil que a gente não encontra por aqui com facilidade, ou nunca encontra, e outras que quando você encontra não tem o mesmo gosto que no Brasil. Outra coisa que sinto falta é das festas com músicas brasileiras, eu que adoro praticamente todos os estilos de músicas do Brasil, como forró, pagode, sertanejo e axé, não aguento mais ir pras festas aqui e só escutar as mesmas musicas eletrônicas de sempre.

537807_318394658262007_1479218041_n

5- Dica de passeios: praias, parques, turismo em geral e compras

Como tive a oportunidade de fazer um intercâmbio em uma cidade europeia, viajar e conhecer outros lugares e países se tornou muito mais fácil. Comparado com outras pessoas, não diria que viajei muito, mas posso dizer que os lugares para onde fui são todos ótimos, cada um com seu encanto.

Paris achei maravilhoso onde tem os pontos turísticos, como a Torre Eiffel. Barcelona também tem diversos lugares pra visitar, como o Parque Guell e a Igreja Sagrada Família. Bruxelas tem a superestrutura do Atomium e seus maravilhosos chocolates, onde não se pode deixar de experimentar o legítimo chocolate quente e os waffles de morango com chocolate. Itália é outro lugar magnifico, um pais que respira riqueza, moda e luxo, sem falar nas comidas que são de dar água na boca.

Falando agora de onde vivo, em San Sebastián, posso dizer que é um lugar simplesmente maravilhoso, apesar de nunca ter ouvido falar antes de vir para cá. A cidade em si é linda. É boa por não ser uma cidade grande, então é possível fazer uma grande parte das coisas andando. Caso seja necessário, o sistema de transporte público é excelente, sendo possível olhar os horários que os ônibus vão passar pelo google maps ou até mesmo na própria parada de ônibus. As praias também são muito boas, sendo elas 3: Playa de Ondarreta, Playa deLa Concha y Playa Zurriola. As praias ficam todas muito próximas uma das outras. A Playa de La Concha seria a mais famosa e mais frequentada e a de Zurriola, é onde se encontram os surfistas.  Além disso, tem o Monte Urgull e o Monte Igueldo que possibilitam uma vista do alto de toda a cidade, sem falar no Palácio Miramar que permite ter uma vista incrível da praia.

Com relação as compras, o ideal aqui é esperar o período de rebajas, que é quando ocorrem as trocas de coleção de uma estação pra outra. As roupas e tantas outras coisas, como óculos e perfumes, ficam extremamente baratos, valendo muito a pena realizar as tão desejadas compras.

Adorei a experiência da Nati, as fotos estão maravilhosas também. E vocês curtiram?

Beijokas!!