Muitas novidades na minha Netflix, e só deve melhorar nos próximos meses. Difícil acompanhar mais a gente tenta sempre que pode, não é mesmo? Afinal, chegou a segunda temporada de Jessica Jones e eu estou segurando os episódios para não terminá-los e ficar órfã da série hahaha. Intercalei os episódios da série com alguns filmes bem legais pra você assistir também! 😀

1) Ensina-me o Amor

Comédia bobinha e bem gostosa de assistir. O filme conta a história de Richard Haig (Pierce Brosnan) que é um professor de poesia em Cambridge rebelde, mulherengo e que não cria vínculos com nada em sua vida: seja esposa, família ou convenções sociais. E é assim que Richard cresce e envelhece, querendo seguir este “estilo” e assim ser aceito pelo pai. Levando uma vida superficial sem muito controle. Mas, até que um dia, sua aluna-namorada engravida Kate (Jessica Alba) e ele encontra um novo propósito na vida com o nascimento do seu filho. Assim começa sua trajetória de mudança de rumo, uma vida com mais sentido e objetivos.

2) Bright

Muitos comentários positivos sobre este filme, mas não consegui achar nada demais, acabei achando confuso, até pensei em assistir novamente hahaha. O longa gira em um mundo futurista, seres humanos convivem em harmônia com seres fantásticos, como fadas e ogros. Neste cenário diferente, infrações de lei acontecem diariamente o o policial humano (Will Smith) especializado em crimes mágicos é obrigado a trabalhar junto com Ogro (Joel Edgerton) para evitar que uma poderosa arma caia nas mãos erradas.

3) A Garota dinamarquesa

Um dos filmes mais lindos que eu assisti lá em 2015 na lista do Oscar e com certeza, assisto sempre que posso. E entrou na Netflix algumas semanas atrás. Contra a cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. E mostra também o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher.

Já assistiram algum dos indicados? Aceito dicas de filmes e séries! 😉

Depois de uma temporada longa acompanhando os filmes do Oscar, ótimos filmes na lista por sinal.  Hoje, voltamos para a programação normal de indicar filmes e voltar com os 3 últimos assistidos no Netflix, eu acabei não assistindo nada por lá porque os indicados do Oscar tomaram meu tempo, logo tudo volta aos conformes, combinado? ?

A escolha de hoje é o filme Beleza Oculta que mostra a história de Howard (Will Smith) um publicitário de sucesso que vê seu mundo acabar depois que perde a filha de 6 anos, logo ele apresenta sinais de alucinação e depressão. Seus sócios e amigos na agência Whit (Edward Norton), Claire (Kate Winslet) e Simon (Michael Peña) procuram uma maneira de ajudá-lo, ao mesmo tempo em que se encontra em uma situação complicada na profissão.

Howard acaba participando de um grupo de apoio comandado por Madeleine (Naomie Harris), enquanto passa a escrever cartas, não para as pessoas, mas tentando de alguma maneira expor seus sentimentos, dividindo elas em Amor, Tempo e Morte que se materializam nas figuras interpretadas por (Keira Knightley, Jacob Latimore e Helen Mirren).

A narrativa não aprofunda tanto nas situações, apenas mostra exemplos de como as coisas realmente são. A perda de pessoas que amamos, o tempo que poderíamos ter ficado com elas, a dor, o choro escondido, a morte entre outros sentimentos que nos rodeiam. É uma história simples, que traz reflexão, valores e principalmente emoção pra quem passa/passou por alguma história compartilhada no filme.

Li muitas críticas negativas, mas desconfio de todas até assistir o filme e ver com meus próprios olhos e tirar as minhas conclusões. Will Smith novamente arrasa mais uma vez nas telonas, consegue transmitir o sentimento de dor que vive. Adoro filmes gravados em Nova York e esse foi um dos motivos que me fez assistir. Acho que a trilha sonora poderia ter sido melhor. O trailer abaixo pode te fazer chorar, tá? ?

Já assistiram?