Post publicado por: Gabriela Izar 

tumblr_m9hivkpG661r4lrldo1_1280_large

Quando a Wanessa me pediu pra falar sobre fotografia me veio um milhão de coisas na cabeça, sobre o que seria mais legal de falar, porque são tantas técnicas e pequenas coisas que envolvem a fotografia, que ficaria um dia inteiro falando sobre. Mas como ninguém tem tempo pra ficar ouvindo e muito menos lendo um post gigante, vamos lá.

SOBRE FOTOGRAFIA

O título do post diz bem o que vamos falar, mistérios. Bom, pra quem curte fotografia não tem nada de mistério. Ah mas e aqueles números, cálculos, e F’s que os fotógrafos tanto falam? Aquilo ali são as, digamos “configuração” que a gente usa pra fotografar. Os F’s são os valores do diafragma e os números são de obturador. Ok, ninguém deve ta entendendo nada, vamos simplificar as coisas. Diafragma é a abertura por onde entra a luz na câmera e o obturador a gente usa pra controlar a quantidade de luz que vai entrar na câmera. Sabe quando aquelas fotos saem “estouradas”, todas brancas demais? Pois é, aquilo ali não é efeito de Instagram, é exposição demais, ou seja entrou muita luz e a foto ficou desse jeito.

tumblr_m6ku5msbyU1qdxj08o1_1280_large

QUAL É A MELHOR HORA PARA FOTOGRAFAR?

Não vou ficar falando de termos técnicos porque ninguém aqui é obrigado também a ficar lendo termos. Vamos ao que interessa de vez. A arte da fotografia, que por sinal é a coisa mais linda que existe.Voltando um pouquinho no assunto luz, é sempre bom saber usá-la da maneira certa, pra que suas fotos saem do jeito certo. Então o mais recomendado é fotografar na parte da manhã, por volta das 8/9 horas, isso em ambiente externo. Tem gente que gosta de fotografar a tardinha, lá pras 17 horas quando ainda tem um restinho de sol e ele já ta quase indo embora. Posso dizer que rende bastante foto boa. Mas gente, por favor, nunca fotografem na luz de 11/12 horas, é a pior luz, é onde você vai deixar tudo e todos com a sombra super marcada e fora que é um sol de lascar. Daí o fotógrafo e modelo ficam estorricando no sol de meio dia né, cá pra nós. Os horários que eu falei que são ideais são porque deixam a sombra suave e não mata ninguém no sol, hehe.

tumblr_mezmv730gE1qjuevro1_500_large

FILTROS E EFEITOS

Os filtros e afins, isso a gente quase teria que fazer um post a parte de tantas opções que existes, mas vou citar as principais e as que eu mais gosto. A começar pelo Instagram amado, que acho que é o básico nosso de cada dia, haha. Adoro os filtros que tem nele, são realmente muito legais. Além disso, tem o site PicMonkey aqui que além de você colocar filtro e editar a foto, rola de fazer montagens bem legais nele. Que as vezes é bem útil. Outro site legal é o Pixlr-matric aqui possui vários efeitos de iluminação, desenhos e molduras. Ele tem aplicativo para Android e Iphone e é gratuito :). Pra quem curte fotografia com estilo vintage (aquelas câmeras instantâneas da década de 30) eu super recomendo o Poladroid aqui. Ele possui molduras e efeitos bem bacanas.

tumblr_mez4wbMDwU1r2ivr2o1_500_large

Um outro site que eu acho a coisa mais fofa é o La Photo Cabine aqui. Quem já viu o filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain sabe do que eu to falando, são aquelas cabines antigas que existiam nas estações de trem onde tirava foto instantânea, geralmente usadas como 3×4. Então, esse site recria essas cabines, e com sua própria webcam faz com que você se sinta dentro de uma dessas cabines e com um clique que tira 4 foto em seguida. Um ótimo jeito de diversão entre amigos. Para os que tem interesse, existem os filtros que se coloca nas lentes, mas isso são para câmeras profissionais. Os efeitos em photoshop, ai já é uma coisa mais elaborada. Mas você consegue aplicar efeitos bem parecidos com os que a gente vê no Pixlr-matric/Pixlr-express.

photocabine (4)

MODOS DE FOTOGRAFAR

A maioria coloca a câmera no automático, com flash ou não e sai clicando. Esse é o modo digamos que certo pra quem é leigo no assunto, pra quem realmente não entendeu nada do que eu falei no começo do post, hehe. Mas se você quiser se aventurar no modo manual, eu super recomendo, por que você tem todo o controle da foto. No automático ele calcula tudo pra você e inclusive mede a luz toda do ambiente. No manual você que tem que fazer isso, mas calma não se assuste, não é um bicho de sete cabeças como todo mundo pensa, pelo contrario, se você entender como funciona o obturador e o diafragma já é meio caminho andado.

Uma última dica, hoje em dia tudo é digital, a praticidade de se fotografar e ver o resultado a um segundo depois do clique é genial. Não vamos negar que isso ajuda horrores, mas a sensação de não ver o resultado na hora e a curiosidade de abrir um pacote de fotos reveladas é excitante (desculpa o termo usado, mas é o que se encaixa melhor!).

431139_468829236469539_195532275_n_large

Daí você fala: Ahh mas ninguém fotografa com câmera analógica (de filme ) atualmente. Ai é que você se engana, as vendas voltaram a crescer e a quantidade de modelo que existe hoje em dia de câmeras analógicas é inúmeras. A marca Lomo é a que “reina” nesse quesito. A quantidade de câmera que a Lomography tem é enorme, eu mesma tenho uma Lomo fish eye (olho de peixe) que possui a lente em formato de olho do peixe, ela é arredondada nas laterais e todas as fotos registradas ficam como a foto abaixo.

fs-lomo-fisheye8

Não deixe de fotografar com câmera analógica também. E tenham sempre em mãos uma digital pela praticidade, mas fotografe e volte a ter a experiência de esperar revelar para ver o resultado. Saia e fotografe, nem que seja até a esquina de casa, comece a observar tudo que há ao seu redor, comece a ver com outros olhos e perceba os detalhes e a delicadeza das coisas.

Conheça o trabalho da Gabriela aqui e o Twitter dela: @Gabriela_izar

Alguma dúvida sobre fotografia e como fotografar?

 

8 unhas para usar no verão!

Verão está com tudo e o clima quente domina os nossos looks, maquiagens e as nossas unhas também. Pensando nisso, resolvi dar uma olhada na minha caixinha de esmaltes e ver quais cores combinam pra usar nessa temporada. Selecionei 8 esmaltes com cores quentes e outras mais escuras. Resolvi apostar no brilho com algumas cores, para dar um efeito diferente e descolado. Percebi que tinha esmalte que eu usei apenas uma vez e nunca mais. Agora vou aproveitá-los ao máximo já que a estação pede cores alegres e também pra não perder o vidrinho tão querido, já que a gente tem que ficar de olho na data de vencimento pra não desfilar com unhas amareladas por aí, não é?!

Esse verdinho-limão da Ludurana (nome do esmalte: Séria) me encanta sempre que eu uso nas unhas. É um dos meus verdes favoritos. Incrível que eu nunca encontrei esse mesmo tom em outra marca nacional! Com 2 camadas cobriu perfeitamente e a secagem é rápida.  Coisa boa de quem não tem paciência pra ficar esperando as unhas secar :D.

Acho amarelo nas unhas maravilhoso e admiro quem usa. Tenho 2 vidrinhos amarelos na minha caixa, testo nas unhas mais nunca consigo deixar por muito tempo. Esse amarelo pop art da Colorama é poderoso. Diz que com uma camada cobre bem, eu nunca passo. Acabo passando 2 mãos pra ficar bem intenso nas unhas. Na hora que estava pintando lembrei das inspirações de poá que vivo salvando no meu Pinterest e arrisquei em uma única unha (as bolinhas ficaram feias, falta de prática!).

Esse Lapis Lazuli da Top Beauty é um amor, bem suave e delicado. Também não encontrei em nenhuma outra marca algum bem parecido com ele (quem achar me avisa!). Bem prático de esmaltar, passei 2 mãos e cobriu perfeitamente, sem contar que seca rapidinho. Tô olhando a foto aqui e eu poderia ter apostado em algum desenho ou brilho, acho que ficaria legal né?

Usei o Zakzuk da Sancion Angel um roxo metalizado e fiz filha única com o Na mira 3D da Impala, um dos meus esmaltes favoritos de glitter. Incrível como ele combina com todos os tons de esmalte né?! Adoro!! Pra quem gostou desse esmalte a Blant Colors tem um parecido com o Zakzuk a cor chama  De olho no glamour.

Laranjão, coral, vermelho sempre fico na dúvida de definir qual é esse tom de esmalte. Na verdade ele é um coral, não veio com nome e é da marca Love & Beauty. Essa cor é vibrante, cobre muito bem com uma camada, mais eu passo duas pra deixar o efeito ainda mais poderoso.

Se for pra escolher um rosinha fofo o Charminho Lilás da Risqué é o meu favorito, já é a segunda vez que compro e sempre que estou afim de uma cor bonitinha, uso ele. Nunca tinha apostado em pintar 2 unhas com brilho e as outras com o tom normal, resolvi encarar o desafio e gostei do resultado. Esse glitter rosa é o Beleza de Marina da Blant Colors lindinho né?!

Pensa numa cor linda e cor de mar nas suas unhas, aposta certa e o Caipiroska Curação da Risqué, estou apaixonada por esse esmalte que é o mais lindo pra mim da coleção gastronomia. Aproveitei o clima tropical e joguei o Brilho da Sereia da Impala por cima de todas as unhas. Pra eu pegar esses pigmentos, afundei bem o pincel no vidro, pois queria o efeito mais intenso na unha :).

Pra quem busca um rosa neon o Cintura Baixa da Risqué é a escolha certa. Realmente ele fica vibrante assim nas unhas, mais confesso que enjoo muito rápido dessas cores cítricas demais, passo de vez em quando. Com 3 camadas ele fica bem melhor e mais vivo nas unhas, dá aquela demoradinha básica pra secar, mais pra quem busca um efeito assim, vale esperar ;).

E aí, curtiram quais esmaltes? Ou prefere outros tons? Quais?