Eu li: Montanha Russa

No ano passado comprei muitos livros e acabei não lendo todos mais no meio dessa seleção não pude deixar uma leitura de fora, o livro da vez foi Montanha Russa da escritora Martha Medeiros. O que posso dizer do livro? Realista, simples e cheio de reflexões pra você carregar pra vida inteira. Mais uma vez Martha nos relata sobre vários assuntos como relacionamento, cultura, amor, decepções e ensinamentos de uma forma clara e objetiva, sem preconceitos e como as coisas devem ser.

“Livro nos dá conhecimento, uma visão aberta da vida e nos ensina a escrever melhor. Não nos torna chatos nem nos salva de sê-los. Chato é quem não nos faz rir.”(pg 37)

MontanhaRussa

“Crescer requer esforço mental. Obriga a tomadas de consciência. Exige mudanças. Crescer é a antirrepetição de ideias, é a predisposição para o deslumbramento, é assumir as responsabilidades por todos os nossos atos, os bem pensados e os insanos. Crescer dá uma fisgada diária no peito, embrulha o estômago, tem efeitos colaterais. Machuca” (pg 184)

Sou suspeita para falar das obras de Martha, pra mim todas são excelentes! Gosto muito do jeito que ela escreve, sem medo, provocando um olhar diferente sob todas as coisas e desbravando nossas expectativas e desejos. Quem gosta de ler crônicas a escritora é um prato cheio para devorar na medida certa, eu recomendo ♥. Dessa vez, li o livro com um marca texto do lado, fui marcando tudo o que eu precisava ler no momento. Simplesmente uma leitura incrível para o começo de ano 😉 .

“O tempo só será generoso na medida em que você usá-lo para fazer coisas mais produtivas: procurar amigos sumidos, praticar um esporte, retomar um projeto adiado, viajar. As atenções têm que estar voltadas para os lados e para a frente”. (pg 109)

Eu li: A culpa é das estrelas

Ano passado ganhei A culpa é das Estrelas como presente de amigo-oculto e tive oportunidade de conhecer a história fantástica do escritor John Green apresentou para o mundo inteiro. A leitura é surpreende, recomendo! Acredito que muitas pessoas já leram o livro. E não se esqueçam, este ano temos o lançamento do filme, não vejo a hora de assistir 😀 .

SDC13340

O livro conta a história de Hazel de 16 anos que luta há 3 anos com câncer terminal. Apesar de saber que não há recuperação, a garota aproveita cada momento da vida, principalmente com seus pais. Por conta da doença, Hazel abandonou a escola e passa as tardes assistindo America’s Next Top Model. As coisas começam a melhorar quando sua mãe insiste para que Hazel participe de um grupo de apoio para jovens com câncer. No meio desse grupo ela conhece Gus, um garoto que perdeu a perna por conta do câncer. Ele é amigo de Isaac, um menino cego com quem Hazel sentia uma atração e pouco tempo depois o garoto acaba se aproximando da menina.

Hazel gosta bastante de leitura e o seu livro favorito é “Uma Aflição Imperial” no qual, compartilha e discute a história do livro com Gus. O livro que ela lê deixa uma curiosidade infinita em Hazel por conta das questões em aberto escritas no livro, ou seja, não definindo um final certo. Fã incondicional do autor, Hazel escreve várias cartas para Peter Van Houten mais não obteve respostas em nenhuma delas. Até que Gus e Hazel viajam ao encontro de Peter Van Houten até a Holanda onde o escritor mora para descobrir se existe um final para o livro que ela tanto ama.

Agora é com vocês, ainda tem muitos detalhes, prefiro não contar para vocês terem a curiosidade de descobrir. O livro é fofo e emocionante 🙂 . Quando comecei a leitura, achei que não choraria em nenhum momento. Algumas partes do livro deixaram meu coração apertado. Mas, eu sabia que uma hora ou outra algum personagem morreria. É a vida, não é? Infelizmente o câncer leva as pessoas que mais amamos.

Durante a leitura favoritei minhas frases preferidas que encontrei no livro.

frasesaculpaedasestrelas

E aí, vocês já leram o livro? Encontraram alguma frase que mexeram com vocês?