Na semana passada, contei aqui no blog sobre o processo do meu emagrecimento, após isso surgiram várias ideias de post sobre motivação, alimentação e comportamento no geral que levaram a mudança do meu corpo. O que eu achei ótimo, já que é um assunto que eu gostaria de inserir no blog e de certa forma ajudar a vida de alguém. 😉

large

O assunto mais pedido foi o que me motivou ao emagrecimento. O primeiro deles foi a forma como eu estava: eu não me sentia bem comigo mesma, as roupas não ficavam boas, eu não queria sair de casa e me sentia indisposta e preguiçosa para tudo. Pode ter certeza que a motivação é um dos processos mais trabalhosos de se lidar, porque colocamos desculpas para tudo e isso vai virando uma bola de neve e quando você olha a balança tá lá nas alturas. Portanto, ao longo deste tempo mantive minha motivação ativa e fiz uso destas dicas abaixo:

1) Ler histórias de pessoas que emagreceram

Foi o que eu mais fiz. Ler histórias de pessoas normais que enfrentam problemas de saúde, levam a vida corrida do dia a dia, mas encontram forças para aliar exercícios e dieta em suas vidas. Lendo as histórias, vi casos bem piores que o meu e isso me deu mais forças para continuar. Aqui tem muitas histórias lindas para ler!

2) Alimentação é essencial

Assim que fui na nutricionista e ela passou uma dieta restrita. Pesquisei sobre alimentos: entender o processo de frutas, verduras e suas vitaminas, saciedade, chás, água, alimentos processados, gordura, proteína. Tudo pra entender como esses alimentos agem dentro do nosso corpo. Inclusive a alimentação reflete muito em nosso suor enquanto nos exercitamos, tá? Dá uma olhada neste artigo aqui super legal sobre Mindful Eating.

6c888e04f8d3e4244404cac0eec93937

3) Problemas no futuro

Depois de ler tantas transformações de pessoas que emagreceram tanto mais novas como mais velhas. Eu refleti na questão de problemas no futuro, por exemplo, se eu não conseguisse emagrecer agora? Com a obesidade batendo na porta, isso poderia ocasionar problemas no joelho ou em outras parte do corpo, como diabetes, colesterol, excesso de pele entre outras doenças irreversíveis. Sim, sei que pode parecer loucura para algumas pessoas, mas fiquei pensando nestes problemas que poderiam surgir e atrapalhar toda minha vida.

4) Fotos e Frases de inspiração

Se você tem um mural de fotos no seu quarto ou adora redes sociais de fotografia, vale muito fazer bom uso delas pra ajudar na motivação. E eu fiz isso, espalhei várias frases motivacionais entre elas “Stay patient and trust your journey”, “Deixe o seu sucesso fazer barulho”, “Focus on the good” e muitas outras. Salvei fotos de pratos saudáveis e coloridos, pessoas se exercitando, mudanças de corpo (antes x depois) e corpo que eu gostaria de ficar. A partir do momento que você visualiza essas imagens diariamente, sua mente se habitua naquilo que te faz bem! Meus vícios diários ó Weheartit e Pinterest.

5) Como eu gostaria de ficar

Eu tenho várias celebridades como inspiração para o corpo e 2 delas são bem parecidas comigo, referente a estrutura corpórea: quadril largo, coxa grossa e cintura fina. Juliana Paes e Jennifer Lopez, duas musas que lutam pelo corpo saudável não só pela estética como saúde também. Ambas fazem dietas e praticam exercícios para manter o corpo em dia. Enquanto emagrecia, corri atrás de informações para saber o que elas faziam para ter corpos tão bonitos. Nada de mistério é se reeducar na alimentação e malhar! A dica que eu dou é você procurar celebridades que admira que possui estrutura física parecida com a sua e se inspirar nela, não precisa pesar e ter a mesma medida, mas ter como uma inspiração, tá?

large (1)

6) Força do pensamento é importante

Ao longo do emagrecimento eu fui escrevendo em um caderninho as coisas que eu desejava almejar para os meses que viriam. Por exemplo, em julho eu queria estar pesando 65kg, em outubro 60kg e seguia esse padrão até completar a reta final. Uma frase que sempre me ajudou e eu passo pra vocês é: Acredite em você mesmo! Pensar positivo te leva pra outros horizontes. Além disso, escrevi o número/tamanho e todas as roupas que eu gostaria de vestir quando ficasse mais magra entre eles: short jeans, saias, vestidos, blusa de alça fina, salto alto e usar 38.

7) Cozinhando e aprendendo

Quem segue um plano alimentar sabe que alguma hora tudo o que estiver escrito ali, vai se tornar enjoativo. Isso aconteceu comigo várias vezes. Daí, parti para blogs e contas do Instagram saudáveis, por lá encontrei muitas receitas de lanches, sucos e vitaminas. Por incrível que pareça, nada difícil e sim gostoso! Dá pra aliar a sua dieta sem sair do seu plano alimentar. Caso, esteja com dúvida troque informações com a sua nutricionista!

large (3)

8) Seu exercício favorito é?

Sei que para muitas pessoas é difícil fazer exercício. Porque primeiro todo mundo tem preguiça, coloca mil desculpas, não tem paciência, os resultados não aparecem de imediato e acabam desistindo, se você fez isso é pra tentar de novo e com outro esporte. Encontrar uma atividade física que te dê prazer e felicidade é fundamental, a partir do momento que você vai pra aula de dança, natação, luta, musculação sorrindo é porque a endorfina entrou em você e não vai te largar tão cedo! Portanto, experimente todos os exercícios que tiver o que te deixou feliz é este que é pra praticar, beleza?

large (2)

Outra coisa que fiz também foi assistir documentários no Netflix (Fed Up e Sugar x Fat) sobre saúde, eles ajudaram a ter um controle na alimentação. Mais posts virão, take it easy! 😉

E aí, motivadas?

Finalmente vim compartilhar um novo estilo de vida e contar sobre meu emagrecimento, algo que eu venho buscando por volta de 1 ano.

Primeiro de tudo, quem acompanha o blog sabe que eu sempre fui gordinha. E com o passar do tempo eu cansei disso.

Acima de tudo, cansei da minha imagem no espelho, de comer porcaria, das roupas não servirem e por isso resolvi mudar.

Leia também: 

Dicas para emagrecer rápido e sem sofrimento

10 Fatos que não contei sobre meu emagrecimento

antesdp

MACHUCADA E CHEIA DE MUDANÇAS!

Em primeiro lugar, eu queria emagrecer em 2013. Porém, nessa época me machuquei e tive que ficar 9 meses fazendo fisioterapia por conta de tendinite no joelho.

Depois disso, em dezembro de 2014 voltei para a academia fazendo os exercícios com tranquilidade e consegui perder 4kg. Após isso, procurei uma nutricionista para ajudar e ela foi fundamental neste processo.

DIETA SIM!

Por outro lado, conheci o Orlistat  mais preferi seguir uma dieta restrita feita pela minha nutricionista. Acima de tudo, foi uma mudança radical na minha alimentação, pois cortei tudo o que eu gostava de comer.

No início foi difícil, 8 meses depois os resultados apareceram e lá se foram 17kg a menos mantendo dieta, sono e exercícios em dia!

Leia também:

8 motivos que me levaram ao emagrecimento

Alimentação x Exercícios do meu emagrecimento

EU CONSEGUI E ME ORGULHO DISSO!

Depois de perder 20kg tudo mudou e melhorou. Minha disposição, foco, disciplina e acima de tudo a motivação.

No entando, muitas pessoas me falavam: “eu queria ter essa motivação que você teve”. E eu respondo, não é difícil quando você deseja mudanças positivas para sua vida. Eu queria me sentir bem comigo mesma e fazer as pazes com o espelho e foi a melhor escolha que eu fiz!

MOTIVAÇÃO NÃO FALTA!

Além disso, mantenho dieta e exercício saio para comer besteira, mas tenho em mente o equilíbrio. Portanto, não invente desculpas, você mesmo se atrapalha e depois os problemas surgem.

Em outras palavras, tenho 1,56 de altura e pesava 83kg. Hoje, estou com 58kg. E se você quer ou deseja entrar nesta luta o meu conselho é procure um profissional para te ajudar na alimentação e escolha um esporte que te dê prazer.

Tô pensando em fazer um post sobre motivação no emagrecimento, vocês querem?

Qual foi a melhor mudança que você fez na sua vida?