Os Nacionais #4

Aí vai mais uma dica de dois autores brasileiríssimos para você acompanhar também:

Larissa Siriani

Ela é jovem, paulistana, tem apenas 20 anos e muitos livros publicados. O desejo de escrever surgiu quando ainda era criança, nessa época começou com pequenos contos e historinhas que evoluíram para livros maiores e histórias mais completas. O tempo fez com que a literatura se fixasse em sua vida, aumentando o sonho de escrever livros. Larissa cursa faculdade de cinema e tem 4 livros publicados. Vermelho Sangue é o seu livro de estreia e conta a história de Beni, uma garota que tinha uma vida normal, mas uma fatalidade mudou tudo. Ela descobriu que havia monstros no mundo e decidiu que iria caçá-los e exterminar todos os vampiros do mundo, ou, pelo menos, morreria tentando. Até que um misterioso garoto aparece em sua vida para mudar tudo novamente. Larissa já deu uma entrevista para o blog, veja aqui.

Obras: Vermelho Sangue (2009); Toda Garota Quer (2009); Ardente Perigo (2010); As Bruxas de Oxford (2011).

– Marcelo Rubens Paiva

Ele é bem conhecido, alguns de seus livros se tornaram peças teatrais e filmes. Marcelo nasceu em São Paulo, seu pai foi vítima do Golpe de Estado de 1964, sendo torturado e morto. Estudou engenharia agrícola, porém, aos vinte anos de idade ficou tetraplégico, fraturou a coluna ao pular em um lago.  O que marca o escritor é sua história de vida, com esses traumas que resultaram em seu primeiro livro, Feliz Ano Velho. Formou-se em Comunicação e em Teria Literária. Estudou Dramaturgia, foi apresentador da Tv Cultura, é colunista de um grande jornal, monta e dirige peças teatrais. Enfim, um homem totalmente ligado à cultura do nosso país. Seu primeiro livro, Feliz Ano Velho, é autobiográfico, onde Marcelo conta sobre o acidente no lago e como ficou sua vida após esse dia, relembrando seu passado, infância e juventude, e mostrando a dificuldade de se readaptar a sociedade, com humor e sinceridade.

Obras: Feliz Ano Velho (1981); Blecaute (1986); Ua:brari (1990); As Fêmeas (1992); Bala na Agulha (1994); Não És Tu, Brasil (1996); Malu de Bicicleta (2004); O Homem Que Conhecia as Mulheres (2006); A Segunda Vez Que Te Conheci (2008).

Boa leitura garotas e um ótimo fim de semana!
Sugestões são sempre bem vindas!

Prepare-se para o terror!

Daqui a um mês estreiam as novas temporadas de The Walking Dead e American Horror Story. Duas séries com muito suspense, terror, drama e temas que envolvem o comportamento humano. Quem não gosta, realmente não tem a menor vontade de acompanhar, mas quem adora está muito ansioso para esse mês passar rapidinho.

– The Walking Dead

A terceira temporada estreia dia 14 de outubro, na AMC e dia 16 de outubro na Fox Brasil. A nova temporada começa a partir dos eventos que finalizaram a temporada passada, Rick e seu grupo de sobreviventes precisam encontrar um lugar para se refugiar. E eles encontram, mas encontram também algo mais. Muitos zumbis, muito perigo e outros sobreviventes. Difícil sobreviver quando todos são nossos inimigos. Essa temporada promete e eu já estou ansiosíssima! Foram divulgados pôsteres, imagens e um trailer bastante emocionante:

The Walking Dead – Season 3

American Horror Story

A segunda temporada estreia dia 17 de outubro na FX. Essa temporada não terá ligação alguma com a passada, tendo uma história, cenário e temas totalmente diferentes. O que não muda é a essência: terror psicológico. Para combinar com isso, os episódios se passarão em um asilo, ou hospício, onde os internos tem muitos problemas para serem resolvidos, e os responsáveis por eles também não estão livres de suas perturbações. Alguns atores voltam, mas em personagens diferentes. Na página oficial da série no Facebook foram divulgados, até agora, 14 vídeos curtíssimos para dar uma ideia de como será a nova história, também foram divulgadas imagens dos personagens e um trailer:
American Horror Story – Asylum

Facebook – AHS

Eu adoro essas séries e imagino que muita gente não curta o estilo delas, mas fica a dica para quem adora um bom suspense com drama e questões sociais/psicológicas. Vale a pena dar uma chance a elas.

Beijos e um ótimo fim de semana.