Olá gente linda, como estão? Setembro durou uma semana e nós já estamos em Outubro. E Outubro é mês de quê? De Halloween. Eu sei que o feriado não é tão popular no Brasil como é nos Estados Unidos, mas querendo ou não meio que já faz parte do nosso calendário. Com isso eu resolvi fazer uma série com filmes envolvam o Dia das Bruxas. E não, dos filmes que eu escolhi nenhum é de terror. Eu até gosto bastante do estilo, mas achei que ia fugir um pouco do propósito se eu colocasse. Mas quem sabe até o fim do mês eu mude de ideia e apareça algum por aqui.

the nightmare before christmas 3_                                                                 

O primeiro filme da lista é para quem ama Tim Burton e suas criações. O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christimas, 1993) conta a história de Jack Skellington – o Rei das Abóboras – um esqueleto que vive na Cidade do Halloween. Lá todos passam o ano organizando as festividades do Halloween. Após mais um dia celebrando a data Jack se sente cansando de ter que fazer as mesmas coisas todos os anos. Com isso o esqueleto resolve andar pela floresta e sai dos limites da cidade encontrando um local com vários portais que levam para algum tipo de festa, como a Páscoa, Ação de Graças, entre outras.

Jack acidentalmente acaba atravessando o portal da Cidade do Natal. Por não estar acostumado com tantas cores e com tantos enfeites, ele fica impressionado com o espírito natalino e conta para todos os cidadãos da Cidade do Halloween. Ao perceber que ninguém estava entendendo muito bem sobre o que ele estava falando, Jack convence a todos de sequestrarem o Papai Noel e fazerem o seu próprio Natal. Cada residente recebe uma tarefa, enquanto Sally – uma boneca de trapos criada por um cientista maluco – começa a sentir uma atração por Jack e a temer que os planos do Rei das Abóboras terminem de uma forma desastrosa. Os encarregados de sequestrar o bom velhinho são três crianças que acabam o entregando para Oogie Boogie – um bicho papão verde – que decide transformar a vida do senhor em um jogo de azar, que é um dos passatempos da criatura.

the nightmare before christmas 2_

A véspera de Natal chega e mesmo Sally tentando impedir, Jack embarca em um caixão como trenó puxado por renas esqueléticas, guiadas por Zero, o cão de nariz brilhante de Jack. O Rei das Abóboras começa a entregar os presentes por todo o mundo, porém as lembranças entregues apenas assustam as crianças, por serem coisas inusitadas, como por exemplo, cabeças encolhidas. Ao perceberem que Jack é um impostor, os militares entram em ação e abatem o trenó do esqueleto, e ele é dado como morto na Cidade do Halloween. Jack fica frustrado com o fracasso de seu plano e reconhece o seu erro, afirmando ter novas ideias para o Dia das Bruxas e que tem de salvar o Natal.

the nightmare before christmas 4_

Enquanto isso, Sally tentar resgatar o Papai Noel, mas acaba sendo capturada por Oogie. Jack consegue se infiltrar no covil do bicho papão e salva os dois. Papai Noel repreende o esqueleto, mas como um sinal de agradecimento espalha neve pela Cidade do Halloween e o Rei das Abóboras revela para Sally que também se sente atraído por ela.

Sim, O Estranho Mundo de Jack está mais para um filme de Natal do que para um filme de Dia das Bruxas, eu sei. Mas como eu disse no início, vou falar de filmes que envolvam a data. E como falar de Halloween e não citar o filme dos cidadãos da cidade da mesma? Pois é. Na minha opinião, O Estranho Mundo de Jack serve para as duas festividades, pois mostra bem o espírito das duas.

Enfim, eu sou uma fã dos filmes do Tim Burton, eu acho que esse filme, na minha lista, só fica atrás de Edward Mãos de Tesoura (1990), com o Johnny Depp. O filme é baseado em um poema – The Nightmare Before Christmas – que Burton escreveu no início da década de 1980. A história de Jack e Sally é bem bonitinha, vale muito a pena tirar um tempinho do dia pra assistir. Sem contar que como todo filme da Disney tem as suas músicas, e a que abre o filme é uma das minhas favoritas. “This is Halloween, this is Halloween. In this town we call home, everyone hail to the pumpkin song”. ♫♫

Espero que tenham gostado. Semana que vem tem mais um filme relacionado ao Dia das Bruxas.

Beijos.

Filme do dia: Across The Universe

Olá gente linda, como estão? Gente, setembro já tá acabando e isso só quer dizer uma coisa, Natal é semana que vem se continuar nesse ritmo. Socorro. Mas enfim, sem mais delongas, hoje eu vou indicar pra vocês o filme que eu gosto muito e que tem praticamente tudo que eu gosto. A trilha sonora é ótima, é musical, os protagonistas são fantásticos, enfim, é quase o filme perfeito.

across the universe 2__

Across The Universe (2007) é um musical que tem a sua história contada através das músicas dos Beatles e se passa no fim da década de 1960. O filme conta a história de Jude (Jim Sturgess) um jovem inglês que sai de sua cidade, Liverpool, em busca de seu pai que mora nos Estados Unidos. Ao chegar ao campus da Universidade de Princeton ele descobre que o pai não é nada do que ele tinha imaginado e lá ele conhece o rebelde Max (Joe Anderson). A amizade dos dois é imediata e logo eles resolvem morar juntos e se mudam para Nova York.

Durante o jantar de Ação de Graças conhecemos Lucy (Evan Rachel Wood), a irmã caçula de Max, que é a típica filha que todo pai sonha em ter na época. Menina responsável, estudiosa, com um namorado quase certo a se tornar um futuro marido, porém a vida da jovem sofre uma grande mudança quando o amado, que é um soldado do exército americano, morre em combate. Com isso a jovem resolve ir passar um tempo com o irmão em Nova York, porém se apaixona por Jude e o que era pra ser apenas uma visita se torna uma estadia permanente.

across the universe__

Em Nova York, Jude e Max conhecem a cantora Sadie (Dana Fuchs), o músico Jo-Jo (Martin Luther McCoy) e a jovem estudante Prudence (T.V. Carpio). E todos passam a morar juntos por um tempo, até que cada começa a seguir sua vida em busca de rumos diferentes como, por exemplo, Sadie e Jo-Jo começam a trabalhar juntos e Max, contra a sua vontade, é convocado para se alistar na Guerra do Vietnã.

Com a ida do irmão para a guerra, Lucy começa a participar de grupos pacifistas no bairro do Greenwich Village, em Nova York. E sua relação com Jude logo estremece, já que a jovem passa a dedicar boa parte do seu tempo apenas para isso. Quando os números de mortos no Vietnã aumentam e a tensão política nos Estados Unidos também, Jude ao tentar ajudar Lucy durante uma das manifestações é confundido com um dos rebeldes e com isso acaba indo preso, resultando na sua deportação de volta para a Inglaterra.

Um tempo se passa e Max volta da guerra, Sadie e Jo-Jo atingem certo nível de fama, Prudence reaparece e Jude consegue voltar para os Estados Unidos para se reencontrar com os amigos e com o amor de sua vida, Lucy.

across the universe 3__

Eu sou muito suspeita pra falar desse filme. Nem vou falar da trilha sonora, senão o ano vira e eu ainda vou estar aqui falando de cada versão feita. Across The Universe mostra um romance bem fofo e até clichê entre Jude e Lucy. Eu gosto dos clichês, mas odeio quando é um clichê chato, o que aqui não é. A relação deles é muito bem construída, não é algo que surge da noite para o dia como acontece em muito filme por ai.

Meus momentos favoritos no filme são – por pura coincidência – aqueles com as minhas músicas favoritas dos Beatles. Uma delas é “All My Loving”, quando Jude está de despedindo da namorada porque está indo para os Estados Unidos na busca pelo pai e a outra é “Hey Jude”, que coincidentemente é quando o jovem, após ser deportado, consegue voltar para a América para reencontrar os amigos. A voz do Jim Sturgess em ambas as músicas está linda e vale muito a pena entrar no Youtube só pra conferir esses dois momentos. E para título de curiosidade, 90% das músicas foram gravadas ao vivo nos sets de filmagens, sem algum tipo de dublagem feita em estúdio durante a pós-produção.

Resumindo tudo, assistam! Across The Universe é um ótimo filme. O cenário do filme é muito bem construído. Vale a pena, até para quem não gosta de musical, porque aqui as músicas elas fazem todo sentido, algumas parecem até um diálogo das personagens.

Espero que tenham gostado da indicação. Semana que vem tem mais.

Beijos.