Filmes com a Sandra Bullock

Oi gente linda, como estão? Que furada esse feriado no sábado, né? Ele bem que podia ter caído na quinta ou na sexta-feira, seria muito mais conveniente, mas já que não aconteceu só nos resta reclamar.

Essa semana que estava assistindo alguns trailers de filmes que vão ser lançados esse ano e um deles é com a maravilhosa da Sandra Bullock. Que jogue a primeira pedra quem não curte pelo menos um filme com ela. A eterna Miss Simpatia é uma das minhas atrizes favoritas e eu adoro praticamente todas as comédias românticas das quais ela fez parte. Semana passada em uma entrevista para a TV Reuters, Sandrinha (sou íntima!) disse que pretende fazer comédias até morrer. Por favor, como não amar essa mulher? Mas nem só de comédias românticas vive Sandra Bullock e seus filmes de drama também são ótimos. Enfim, eu escolhi dois filmes com ela que eu adoro e eu espero que vocês gostem.

1 – Um Sonho Possível (The Blind Side, 2009)

um sonho possível 2__

Um Sonho Possível é baseado no livro The Blind Side: Evolution of a Game de Michael Lewis, que conta a história Michael Oher (Quinton Aaron), ou Big Mike, um jovem negro, filho de uma mãe viciada em drogas, que sobrevive sozinho vivendo como um sem-teto até o dia em que é avistado pela família de Leigh Anne Touhy (Sandra Bullock), quando estava indo em direção ao estádio da escola para poder dormir longe da chuva. Leigh Anne ao descobrir que o rapaz é da mesma turma que sua filha na escola, insiste para que passe uma noite em sua casa. O que de início era apenas um gesto de bondade, transformou a vida da família Touhy, pois Big Mike começa a fazer parte da mesma.  E à medida que a família começa a ajudar o rapaz a desenvolver o seu potencial, tanto no campo de futebol americano quanto nos estudos, a presença de Michael muda a visão de mundo dos Touhy. No futuro com a ajuda da família Michael Oher se torna um astro do futebol americano.

um sonho possível__

O filme é baseado em fatos reais e com ele Sandra Bullock ganhou todos os prêmios a qual foi indicada, entre eles o Oscar de Melhor Atriz e o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Drama. Um Sonho Possível é emocionante. O que Leigh Anne faz por Big Mike é um ato corajoso, porque quem iria abrigar um desconhecido em casa? Exatamente. Foi um tiro no escuro que essa mulher deu. Eu bato palmas para a atitude dela, afinal ela mudou a vida dele e a da família para melhor. Como a história é real isso meio que ajuda a ter um pouco de esperança com a humanidade.

2 – A Proposta (The Proposal, 2009)

a proposta 2__

A Proposta conta a história de Margaret Tate (Sandra Bullock) a editora-chefe de uma editora de livros, que pode até ser chamada também de TPM – tirana, malvada e perversa – “apelido” dado para Amy Jenkins, uma das personagens do livro “Garota Encontra Garoto”, da Meg Cabot. Margaret é uma cidadã canadense que recebe a notícia que está será deportada para o Canadá devido alguns problemas com o passaporte, para evitar que isso aconteça a executiva pensa rápido e inventa que está de casamento marcado com seu assistente, Andrew Paxton (Ryan Reyolds), que ela atormenta há anos. O rapaz resolve participar da farsa, porém ele impõe algumas condições para o casório aconteça e uma delas é que a família dele esteja ciente do relacionamento. Com isso o casal embarca para o Alasca para que a moça conheça a excêntrica família dele. Durante a viagem Margaret se vê em diferentes situações cômicas, como um casamento improvisado sendo organizado e a despedida de solteira em um bar da cidade.

a proposta__

Esse filme rende boas gargalhadas. Sandra Bullock e Ryan Reynolds tem uma química ótima. E outra atriz que eu adoro também está no filme, que é a Betty White, que faz o papel da avó de Andrew e que finge está morrendo apenas para que os dois se resolvam. A Proposta é um filme bem bonitinho, é legal ver como a relação do casal evolui durante a viagem para o Alasca. Andrew tem que lidar com o pai que é contra a união e Margaret em que enfrentar alguns de seus medos. Os dois passam a ter um relacionamento de cumplicidade, além da premissa de que estão juntos só para evitar a deportação da executiva.

A ideia de fazer um post com filmes da Sandra Bullock surgiu após eu assistir ao trailer de Gravity, o próximo filme da atriz que estreia em outubro no Brasil. Gravity abriu o Festival de Veneza e vai narrar à história de dois engenheiros da NASA, Matt Kowalsky (George Clooney) e Ryan Stone (Sandra Bullock), que precisam sobreviver após a colisão da aeronave com um asteroide.

Espero que tenham gostado. Semana que vem tem mais.

Beijos.

Para cantar e dançar!

Oi gente linda, como estão? Essa semana eu vou indicar dois filmes pra vocês. Eu sou uma pessoa que desde pequena ama musicais. Eu fui criada assistindo Disney, então filme com várias músicas não é problema pra mim, é amor à primeira vista. Sei que muita gente não gosta, porque na maioria das vezes não encontra um motivo para os personagens estarem cantando tanto. Confesso que às vezes fico perdida também, mas aceito a proposta do filme e vou junto.

Eu como uma amante de musicais assistia a série Glee, porque amava a proposta da série ser toda nesse estilo. Como todos devem ter visto o Cory Monteith, o Finn Hudson, morreu há cerca de duas semanas e ele meio que foi a minha motivação pra escolher musicais pra essa semana. Na quarta-feira eu estava assistindo ao especial que a FOX preparou para ele e fiquei bastante emocionada aqui e ai surgiu à ideia. Mas enfim, sem tristeza aqui porque o show tem que continuar, não é mesmo? Agora arrasta os móveis da sala e vem assistir a esses dois filmes.

1 – RENT – Os Boêmios (RENT, 2006)

Rent

RENT é um musical inspirado na ópera “La Bohème”, de Puccini.  O filme se passa no final dos anos 1980 e conta a história de um grupo de amigos que moram no East Village, em Nova York e de suas lutas contra a AIDS, o preconceito e o uso de drogas.

Não se enganem com a temática do filme e achem que ele é super depressivo. Muito pelo contrário. Claro que não é uma comédia pra você gargalhar, mas esses amigos tentam levar a vida, mesmo que cheia de problemas, sem preocupações. Cada em é consciente da sua condição, mas eles meio que evitam ficar a todo o momento falando do assunto, justamente para não desanimar o outro. Eles procuram sempre expor o melhor dos amigos.

Em RENT nós conhecemos o Mark Cohen (Anthony Rapp), que é um projeto de cineasta e que ama a professora Maurren Johnson (Idina Menzel), que é namorada de Joanne Jefferson (Tracie Thoms). Tem também o Roger Davis (Adam Pascal), companheiro de quarto de Mark, que é apaixonado por Mimi Marquez (Rosario Dawson), uma dançarina que mora com um gênio da computação Tom Collins (Jesse L. Martin), que por sua vez gosta da drag queen Angel (Wilson Jermaine Heredia). E por fim Benjamin Coffin (Taye Diggs), aquele trabalhou e deu certo na vida.

2 – Chicago (Chicago, 2003)

Chicago_principal__

Chicago conta a história de Velma Kelly (Catherine Zeta-Jones) uma dançarina que após matar o marido e a irmã, por encontrá-los juntos na cama, entra para uma lista das principais assassinas da cidade de Chicago, lista essa que é controlada por Billy Flynn (Richard Gere), um advogado que sempre se aproveita ao máximo do caso de suas clientes. Ao contrário do que todos achavam, a fama de Velma cresceu bem mais após o assassinato, tornando ela uma celebridade.

Enquanto isso uma aspirante a cantora, Roxie Hart (Renée Zellweger), sonha com um mundo de muito sucesso e glamour, até que após uma briga mata o seu namorado. Billy buscando um jeito de se aproveitar da situação adia o julgamento de Velma, como uma forma para poder explorar os dois assassinatos ao máximo nos jornais. Como ocorreu com Velma, Roxie logo fica famosa, e se inicia uma disputa entre as duas pelo posto de maior celebridade.

Chicago estreou na Broadway em 1975 e teve um total de 936 apresentações. Em 1996 aconteceu o revival do show e bateu o recorde de mais longo revival de musical em cartaz e é o 7º show da Broadway há mais tempo em cartaz na história.

Já conheciam esses musicais? Quais são os favoritos de vocês?

Beijos.