Filme do dia: Beetlejuice

Olá gente linda, como estão? Para hoje eu escolhi um filme que é um pouco de terror e bastante de comédia. Eu cresci assistindo Beetlejuice – Os Fantasmas se Divertem (1988) na Sessão da Tarde da Globo e ele não tem nada a ver com o Halloween, mas é uma ótima opção para assistir no dia. Espero que gostem.

beetlejuice__

A história começa com Barbara (Geena Davis) e Adam Maitland (Alec Baldwin) um jovem casal que moram em Winter River, Connecticut. Os Maitland decidem passar suas férias em New England, quando eles estão voltando de viagem, Barbara desvia de um cachorro que estava atravessando a estrada na hora e o carro cai de uma ponte coberta e afunda no rio. Eles voltam para casa, mas não se lembram como. Baseados em algumas pistas como a falta de reflexo nos espelhos e a descoberta do livro “Manual para os Recém-Falecidos” (Handbook for the Recently Deceased), os Maitland começam a perceber que estão mortos.

Quando eles acham que está “tudo bem”, Barbara logo descobre que sua irmã vendeu a casa para uma família detestável que está chegando de Nova York.  A família Deetz é composta por Charles (Jeffrey Jones), um empresário; Delia (Catherine O’Hara), sua segunda esposa; e sua filha do primeiro casamento, a gótica Lydia (Winona Ryder). Diante da orientação do designer de interiores Otho (Glenn Shadix), os Deetz reformam toda a casa e a transformam é um pedaço chamativo de arte moderna em tons pastel. Adam e Barbara decidem expulsar a família de sua casa, mas como não podem ser vistos, as tentativas são frustradas. Eles então decidem ir ao mundo dos mortos atrás de ajuda, porém descobrem que o local parece um cartório e há uma enorme burocracia. Após pegarem uma senha e serem chamados, ele são informados que têm de passar 125 anos na casa e recebem um livro sobre a arte da assombração. Eles tentam novamente afugentar a família, mas não conseguem.

beetlejuice 2__

Os Maitland permanecem invisíveis para Charles e Delia, mas Lydia pode ver o casal de fantasmas e faz amizade com eles. Indo contra os conselhos de Juno (Sylvia Sidney), a assistente pós-vida deles, Barbara e Adam decidem contratar os serviços de Beetlejuice (Michael Keaton), um fantasma freelancer especializado em “exorcizar vivos”. Beetlejuice logo ofende os Maitland com o seu comportamento rude e mórbido, e eles repensam a ideia de contratar o fantasma para ajudá-los, porém é tarde demais e isso não o impede que começar a causar estragos com os Deetz.

O charme de cidade pequena e os diversos eventos sobrenaturais inspiram Charles e ela dá a ideia para o seu chefe, Maxie Dean (Robert Goulet), a transformar a cidade em um ponto turístico, mas Maxie quer provas da existência dos fantasmas. Usando o “Manual para os Recém-Falecidos”, Otho realiza uma sessão espírita e convoca Barbara e Adam, mas eles começam a entrar em decadência, porque a assistente sem querer realizou um exorcismo. Chocada, Lydia chama Beetlejuice e aceita em se casar com o fantasma, desde que ele salve o casal.

beetlejuice 3__

Beetlejuice logo expulsa Maxie, sua esposa e Otho e, em seguida, prepara um casamento comandado por um ministro medonho. Os Maitland conseguem intervir na cerimônia antes que ela seja concluída, com Barbara montando em um verme gigante pela casa para devorar o fantasma. Finalmente as duas famílias concordam em viver em harmonia na casa e Beetlejuice é visto na sala de espera do mundo dos mortos, onde ele irrita e tenta enganar um curandeiro que encolhe a sua cabeça.

Beetlejuice – Os Fantasmas se Divertem é um filme que marcou a minha infância e tem umas cenas muito boas, como uma em que a família Deetz está realizando um jantar em casa com o chefe de Charlie e todos começam a dançar “Day-O (Banana Boat Song)” de Harry Belafonte. O momento é hilário, porque eles estão sendo comandados por forças sobrenaturais e chego a dizer que é uma das melhores cenas de todo o filme.

Eu resolvi falar do filme porque aparentemente os trajes do Beetlejuice voltaram à moda e está todo mundo usando calças listradas em todos os lugares. Ok, estou brincando. O filme de fato é muito bom e tem aquele jeito de filme do Tim Burton, ou seja, é quase impossível ser um filme ruim. Aliás, está rolando alguns boatos sobre a continuação, isso quer dizer que em breve teremos um “Os Fantasmas se Divertem 2” para morrer de rir e aparentemente o Tim Burton volta para a direção o ator Michael Keaton volta como Beetlejuice. Agora é esperar para ver, porque essa é umas daquelas sequências que estão no papel há anos e até agora nada. Vamos torcer para que em breve o filme seja lançado.

Espero que tenham gostado. Semana que vem tem mais. Bom final de semana.

Beijos.

Sessão Pipoca: A Casa Monstro

Olá gente linda, como estão? Essa semana a Carol já falou sobre A Entrevista com o Vampiro, que apesar de ser um filme que eu assisti há mil anos, eu me lembro que ele é excelente. Mas para não fugir daquela proposta de falar de filmes relacionados ao Halloween, eu escolhi um filme bem diferente e bem menos obscuro do que o de semana passada ou do que a Carol já falou.

casa monstro 3__

A Casa Monstro (Monster House, 2006) conta a história de um garoto de 12 anos, DJ Walters (Mitchel Musso), que acredita que há algo de estranho na casa do seu vizinho, o velho Nebbercracker (Steve Buscemi), que fica do outro lado da rua. Tudo o que passa perto ou cai no quintal da casa simplesmente some, incluindo brinquedos e animais de estimação. Na véspera do dia das bruxas os pais de DJ saem da cidade para participarem de uma convenção de dentistas, deixando o menino sob os cuidados de Elizabeth “Zee” (Meggie Gyllenhaal). Naquele dia, DJ e seu amigo, Charles “Chowder” (Sam Lerner) estão brincando com uma bola de basquete próximo a casa e deixam a bola cair no quintal, que some misteriosamente. O senhor Nebbercracker encontra DJ na hora em que ele está tentando recuperar a bola, porém o senhor sofre um ataque cardíaco e é levado para o hospital. Naquela noite, o menino começa a receber ligações da casa do senhor Nebbercracker, porém ninguém responde do outro lado.

Do dia das bruxas, Jenny (Spencer Locke), uma amiga de ambos passa pela rua vendendo chocolates de Halloween e ao ir para o quintal do senhor Nebbercracker a casa tenta comer a menina, porém DJ e Chowder chegam antes que o pior aconteça. Os três ligam para a polícia para alertar a todos sobre o perigo que é a casa, mas ninguém acredita neles.

casa monstro 2__

O trio então recorre a Skull (Jon Heder) – um preparador de pizzas que ficou famoso por ter passado quatro dias seguido jogando vídeo game – que acredita que a casa tenha adquirido uma alma humana e que o único modo de eliminar o perigo seja acertando-a direto em seu coração. Eles acreditam que o coração da casa seja a lareira, visto que a chaminé tem soltado fumaça desde o dia que Nebbercracker foi para o hospital. Chowder então monta um boneco feito com um aspirador e outros objetos e dentro ele coloca um remédio de gripe, que faria a casa dormir por tempo suficiente para apagarem o fogo da lareira. Porém Landers (Kevin James) e Lester (Nick Cannon), os policiais, chegam e acabam com o plano deles. Os policiais colocam o trio dentro do carro de polícia e vão analisar a casa, mas a casa come a todos, inclusive a viatura.

A casa cai no sono e eles começam a exploração. De início eles caem no porão e lá encontram uma coleção de brinquedos acumulados pelo senhor e uma caixa coberta de cimento, onde está o corpo de Constance (Kathleen Turner), a esposa de Nebbercracker. A casa acorda e percebe que todos estão dentro dela e começa diversos ataques. DJ, Chowder e Jenny forçam a casa a vomitá-los para fora da mesma. O senhor Nebbercracker volta do hospital e revela para as crianças que a casa está possuída por Constance.

casa monstro__

Nebbercracker então conta sua história com Constance e revela que em um Halloween quando seus filhos atormentavam a esposa, ela tentou feri-los com um machado, mas perdeu o equilíbrio e morreu nas fundações da casa. O cimento enterrou a mulher e Nebbercracker terminou de construir a casa, pois sabia que era o que ela queria. Sabendo que o espírito de Constance tinha deixado a casa “viva”, o senhor fez de tudo para manter todos bem longe dela, fingindo não gostar de crianças.

DJ fala para o senhor que é hora de deixar Constance ir embora, mas a casa escuta e se solta de sua fundação e começa a perseguir o grupo para um local em construção. Nebbercracker tenta convencer a mulher de que ela deveria morrer de uma vez por todas e eles tentam explodir a casa. Após muito esforço, DJ consegue jogar uma dinamite na chaminé da casa, destruindo-a. O trio vê o senhor com o fantasma de Constance pela última vez antes que ela desapareça.  Eles se desculpam pelo ocorrido, mas Nebbercracker agradece a todos por terem libertado ele e Constance.

Qual a relação do Halloween com A Casa Monstro? Quase nenhuma, confesso. Mas o fato de uma casa ter vida própria e engolir tudo o que passa pelo quintal e se libertar de sua fundação para correr atrás de um grupo de crianças justo na noite de Halloween já basta. As cenas que ocorrem dentro da mesma são ótimas. As crianças tendo que descobrir quais são as “partes do corpo” da casa para conseguirem sair de lá é uma das minhas favoritas e vem logo atrás da perseguição no meio da rua.

A ideia inicial para A Casa Monstro é que ele fosse feito com personagens reais. Porém os produtores perceberam que seria muito difícil realizar a cena do clímax do filme. Eu fico imaginando se essa versão seria tão boa quanto à animação. Provavelmente não. Não consigo imaginar esse tipo de filme com atores reais.

Enfim, espero que tenham gostado da indicação dessa semana. A Casa Monstro é um filme que vale a pena tirar duas horas do seu dia para assistir. A história é muito bem construída.

Semana que vem tem mais.

Beijos.