E quando dá vontade de mudar?

Algumas mudanças são para o bem e outras necessárias e muitas delas vem pelo amadurecimento. Quando pensamos em criar um blog, o primeiro pensamento é o nome em seguida pensamos quais assuntos serão falados. Geralmente a gente deve compartilhar aquilo que gostamos e quem sabe descobrir no fundo que a gente tem uma quedinha por gastronomia, fotografia, música, cinema, literatura entre tantos outros assuntos que podem ser debatidos em um espaço seu.

large (2)

Com o tempo surge amizades, gostos em comum, conteúdo que você torceu o nariz e disse que não ia falar nunca e hoje ama escrever e assim vai. Mas, chega um momento de olhar pra trás e ver que é preciso mudar, a mudança que eu falo é de que você não se identifica mais com o seu blog, aquele que você criou a 3, 4, 6 anos atrás não tem mais sentido em ficar online. Este assunto foi debatido esses dias atrás no grupo de blogueiras que participo e uma delas vem pensando em mudar o nome do blog, pois não se vê mais naquele espaço.

Acredito que a partir do momento que você não se identifica e não vê mais fazendo aquilo que gosta é preciso mudar. Criar um novo blog, conteúdos exclusivos uma nova identidade virtual pra você! Quando a gente faz aquilo que gostamos tudo fica mais puro, verdadeiro e bonito, mostramos o que está no coração e dividimos com quem tem gostos parecidos com os nossos.

Trouxe esta reflexão porque o blog está em transição de amadurecimento há todo instante, este 5 anos mudou bastante para mim e tende a fica melhor ainda, inclusive para quem lê. Nunca senti vontade de trocar o nome do blog e sim de deixar o conteúdo mais fresquinho possível. Mas, se você sente vontade de mudar, criar um novo espaço e que pareça mais com você, porque não mudar o endereço? Mudanças são significativas quando nos beneficiam e é isso que você deve fazer quando o coração mandar. 😉

E aí, já sentiu vontade de mudar o nome do seu blog ou a forma de escrever? Qual é o seu melhor conselho pra quem quer mudar?

Amizades do outro lado da tela

Uma das novidades deste ano do blog é trazer textos reflexões seja algum assunto que esteja causando frenesi na internet ou questões básicas sobre os assuntos que já são falados aqui diariamente. E o primeiro texto da vez é sobre as amizades virtuais entre blogueiros. Há quem diga que não existe amizade verdadeira do outro lado da tela ou até mesmo que isso não dure para sempre, mas eu acho que esta amizade é a mais pura e verdadeira, sabe porque?

large

Porque a gente se conhece pelos gostos e não pela aparência “ah você adora falar de maquiagem”, “meu autor favorito é a Meg Cabot”, são assuntos em comum que abrem portas para conhecer novas pessoas, saber mais sobre ela, sobre sua roupa preferida, seu item de maquiagem indispensável, seus blogs favoritos de acesso, os canais de youtube que mais gosta de acompanhar e então a gente vai caminhando aos poucos seguindo nas redes sociais até trocar mensagens diárias pelo Whatsapp.

Os verdadeiros amigos surgem na nossa vida nas horas que mais precisamos deles, são lápis de cor trazendo alegria, a essa nossa vida cinzenta, são estrelas que guiam para um porto seguro, o triste e solitário navegador, são passos suaves na rua deserta, são traços sensíveis na pele guerreira, são lindas tatuagens com formas bonitas, pois ficam pra sempre na vida da gente. Fonte

Ao longo desses 5 anos de blog conheci muita gente especial, foi por causa daquela visita de todo dia no blog amigo que rendeu bons frutos e contato pra vida inteira. E se eu tenho seu contato e tiro um tempinho do meu dia para falar com você é porque faz parte da minha vida e quero que continue. Por mais que a distância exista e o tempo corrido a internet dá o seu jeitinho de nos unir, seja vindo aqui deixar um comentário ou mandar uma mensagem privada, são pequenas atitudes que mudam não só o nosso dia mais nos transformam e faz com que a gente acredite que existe sim amizade virtual.

Basta ter um pouco de paciência e delicadeza, pois qualquer hora vocês estão marcando uma viagem juntas para um destino que nunca imaginavam conhecer. Eu já conheci várias pessoas que passam aqui pessoalmente e o encontro foi bem divertido, assunto nunca falta! 😀

E você, já encontrou com suas amizades virtuais?