487521_495928840475042_1639922553_n_large

Desde que o Iphone entrou no mercado a variedade de aplicativos e possibilidades de deixá-lo cada vez mais estiloso, ou seja, aderindo as capinhas para celular, tudo virou uma festa. Hoje em dia é um acessório a mais no celular e pode combinar com um look mais produzido ou despojado. As lojas online vem oferecendo uma variedade incrível de cases com várias opções e modelos exclusivos, que possuem diversos tipos de material e preços bem mais amigos.

Encontrei algumas lojinhas, incluindo Internacionais e Nacionais. A dica que eu dou é dar uma olhada em todas lojas para comparar preços, pois podemos encontrar o mesmo modelo em várias lojas e com preço digno. Além disso, as lojas oferecem para modelos Samsung Galaxy, 3G, 4S e Iphone 5. Quem opta por comprar online sabe como é prático, você pode olhar a hora que quiser, escolher seus modelos favoritos e ainda compartilhar com as amigas!

casesiphone

 

1- Coelhinho

2- Sorvete

3- Melância

4- Caveira

5- Étnica

6- Floral

7- Lingua

8- Cachorrinho

9- Minnie Mouse

10- Brilhante

11- Hello Kitty

12- Estilizada

Desejei essa de Melância, Caveira e Brilho dourado e vocês?

Beijokas!!

Casamento e outras ideias

Maio está chegando à todo vapor e eu resolvi trazer um assunto que nunca abordei aqui no blog: Casamento. Todo mundo sabe que Maio é o mês das noivas e esta seria uma oportunidade e tanto de conversar, compartilhar e mostrar algumas ideias e assuntos sobre esse tema. Essa ideia vem batendo um tempo na minha cabeça, amadureci os assuntos que falaria e resolvi botar em prática. Durante esse mês abordaremos ideias de decoração,inspiração, penteados, convites, vestidos e principalmente organização de festa pra quem tem muita dúvida nesse tópico.

31f87ef714bb7452709132d6f62850ac

Não sou uma expert nesse assunto, mais vou pesquisar de tudo pra trazer matérias bem legais pra vocês se deliciarem, beleza? Quem tiver sugestão de ideias de post nesse tema é só deixar um comentário no post ou entrar em contato: diadebrilho@gmail.com

Curtiram lindonas?

Beijokas!!

 

large (2)

O inverno vem aí e esta é a época perfeita para abusar dos esmaltes mais escuros (azul, verde, preto, roxo e vinho). Dá pra apostar também nas unhas artísticas com desenhos de bicho, geométricos e listras para dar um toque de mais estilo e se você prefere brilhos, o glitter e os flocados são essenciais na hora de esmaltar.

Pensando nisso, criei uma listinha básica de esmaltes que podemos usar no inverno, sem precisar torrar todas ryquezas da vida, os esmaltes variam de coleções antigas, mais que sempre amamos e outros são de coleções novas. Aproveitei também e pedi a ajuda de algumas leitoras na Fan Page do blog, curte aqui  perguntando quais esmaltes elas usam no inverno. Eu fico louca pelos esmaltes em tons de azul, tenho usado bastante. Ultimamente venho amando também o pretinho básico e o bordô.

esmaltesinverno

1- Carteado – Passe Nati                                                                                                                  

2- PinkLand Girl – Hits                                                                                                                 

3- Casaqueto de Retalho – Risqué                                                                                            

4- Realize Tudo – Impala                                                                                                             

5- Beijo Roubado – Colorama

6- Preto 024 – Realce

7- Sapatilha de Miçanga – Risqué

8- Happy – Ana Hickman

9- Madonna – Impala

10- Cupcake – Hits

11- Echarpe de Crochê – Risqué

12- Mistério do Destino – Avon

13- Andando nas Nuvens – Colorama

14- Brinde Comigo – Impala

Adorei o Carteado, PinkLand Girl, Cupcake, Echarpe de Crochê, Mistério do Destino e vocês??

Beijokas!!

alemanha

Hoje vamos acompanhar a história do Victor que escolheu como destino a Alemanha. Victor fez seu Intercâmbio no ano de 2006 mais mesmo assim eu convidei ele pra contar sobre sua experiência. Ele foi pra lá bem novo, tinha 15 anos na época (atualmente 22) para estudar alemão, aproveitou também e conheceu vários países da Europa e pode relatar sobre cada comida, cultura e história sobre os lugares.

DIGITAL CAMERA

1- Como fez pra escolher o lugar do intercâmbio?

Sempre tive uma grande curiosidade em aprender idiomas, estava terminando o curso de inglês e resolvi começar a aprender alemão. Na época, estava com 15 anos e no meio do primeiro ano do ensino médio, depois de alguns meses de curso meus pais perceberam meu interesse e comprometimento. Em um fim de semana qualquer minha mãe perguntou se eu teria a vontade de fazer intercâmbio na Alemanha por um tempo – o “sim” foi imediato. Depois disso, entramos em contato com uma agência especializada e demos início ao procedimento de visto. Não existe uma razão especial, apenas o desejo de conhecer e vivenciar uma nova realidade. No dia 31 de dezembro daquele mesmo ano (2006) embarquei. foi uma experiência e tanto passar a virada do ano no avião, meio sem graça, mas o que me contagiava era saber que iria ficar 7 meses em um mundo totalmente novo – morei em Lohmar uma pequena cidade ao lado de Colônia.

2- Você foi pra estudar e trabalhar?

Fui para estudar, estava matriculado em uma escola secundária (Gymnasium). Gostei muito do lugar e principalmente das pessoa que viria a conhecer.

DIGITAL CAMERA

3- Como as pessoas foram com você?

Na Alemanha e em todos os outros países que estive, senti uma simpatia muito grande das pessoas para com o povo brasileiro, eles têm muita curiosidade de saber como é nosso cotidiano. Como era muito jovem fiquei em casa de família. O curioso é que todos os dias era como se eu vivesse duas realidades muito distintas. A família que me hospedou era extremamente problemática (a mãe era muito instável emocionalmente e os filhos não ajudavam muito), havia um clima de desconforto permanente. Logo no segundo mês já vi os problemas que eram rotineiros naquela casa. Claro que sobrava pra mim também e acredito que isso me atrapalhou um pouco. Poderia ter trocado, mas se assim o fizesse teria de deixar a escola e a cidade onde estava morando. Por isso desisti. O pessoal da escola era ótimo, me dava super bem com os colegas e professores, ir à escola era a melhor parte do dia. Fiz um grande amigo na minha sala e a família dele praticamente me adotou, ele já veio ao Brasil e ainda mantemos um contato bem próximo. Foi uma experiência muito legal apesar dos desentendimentos dentro da família que me hospedou.

DIGITAL CAMERA

4- O que você sentiu falta do Brasil?
Em alguns momentos sentia falta de comer um pão de queijo ou uma feijoada. Quando o clima na minha hostfamily pesava, batia saudades da família. Sabia que aquilo tudo iria acabar, e por isso sempre tinha em mente que deveria aproveitar cada minuto dos meus 7 meses de intercâmbio na Alemanha.
DIGITAL CAMERA
5- Dica de passeios: praias, parques, turismo em geral e compras
 Na minha opinião a Alemanha é o país mais bem localizado da Europa, tive a oportunidade de conhecer 9 países (Alemanha, Suíça, Áustria, Rep. Tcheca, França, Inglaterra, Bélgica, Holanda e Portugal). Lá é muito fácil de se locomover. Trens, vôos de baixo custo possibilitam isso. Na Alemanha acho que é obrigatório conhecer pelo menos Berlim e Munique. O país todo é muito interessante, mas essas duas cidades são muito especiais. Em Berlin, por exemplo, acho imperdível conhecer cada centímetro das imediações do Potzdamerplatz, o Tiergarten e os vários monumentos que permeiam a paisagem da cidade, história contemporânea viva. Já Munique é uma cidade super romântica com parques e lagos, o centro é belíssimo, as Cervejarias, o Parque Olímpico e muito mais. Depois da Alemanha o país que mais gostei foi a República Tcheca, a capital, Praga, possui uma energia que nunca senti em nenhum outro lugar tem um clima místico com lendas e histórias em seus monumentos – além disso algumas cidades do interior do país como Marienbad e Karlový Varý são também passeios imperdíveis.
DIGITAL CAMERA
Pra mim, a Áustria é o que possui as mais belas paisagens naturais, isso devido aos Alpes que cobrem boa parte do país. Portugal é onde se come melhor e com menor custo (vinhos bons e comidas deliciosas), as pessoas são muito cordiais e o país é muito bonito. Paris e Londres são de praxe, lugares fantásticos mas que não se distanciam da proposta da maioria das grandes cidades – o que achei interessante em Londres foi sentir a presença da monarquia com todos os palácios, parques e suvenirs que vendem nas lojinhas. Acho que o principal é adquirir o máximo de informação antes de seguir viagem, isso ajuda a prevenir dores de cabeça e ainda faz com que o viajante possa saber exatamente o que quer e onde quer ir… ir sem informação pode fazer com que você não aproveite de fato o melhor que cada lugar tem a oferecer.
Curti pra caramba a história do Victor e vocês?
Se você viajou para o Exterior e quer participar dessa tag é super fácil, escreve pra cá: diadebrilho@gmail.com vai ser super legal mostrar sua experiência pra todo mundo, beleza?
Beijokas!!

Para ler: Marian Keyes

Quem é apaixonada por leitura deve ter lido pelo menos algum livro da Marian Keyes não é mesmo? Melância, É Agora…ou Nunca, Casório? são alguns dos milhares livros que a escritora já publicou. Gosto muito da forma como Marian escreve e expõe tudo aquilo que sente de uma forma leve, descontraída e trazendo o humor Irlandês em suas narrações e personagens. Atualmente tenho 3 livros dela em versão bolso (quero todos os outros também, quem me dá? :D) os temas dos livros são bem reais como luto, problemas no relacionamento, violência doméstica e depressão pós-parto.

Melância

É o livro mais famoso da autora, conta a história da personagem Claire que está no hospital por conta do nascimento de sua filha e quando acorda vê seu marido olhando para ela e de repente ele solta a terrível notícia de que tem outra mulher e que deseja a separação. O mundo acaba para Claire que fica dias depressiva, chorosa e sofrendo os efeitos colaterais de sua gravidez com seu corpo em forma de melância. Depois de longos dias em bebedeira, depressão e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de 3 anos. E nesse período reencontra seu ex-marido James que convence Claire a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher, mas a personagem avalia bem as questões e o surpreende. A leitura é bem cansativa, tem altos e baixos mas você consegue concluir hehe.

Férias

Conta a história de Rachel Walsh com seus 27 anos e um grande problema por calçar 40. Mas ela possui um outro muito maior o problema com as drogas. Com isso ela vai para um Clínica chamada Betty Ford levada pelo seu namorado Luke Costello para curar seu problema de toxicômana achando que tudo será mil maravilhas cheio de banheiros de hidromassagem, conforto, academia e artistas semifissurados, mas chegando lá vive outra realidade bem diferente do que imaginou, ela conhece várias pessoas e problemas piores que o dela. Na clínica Rachel encontra Chris um homem com um passado complicado e que acabam criando laços de amizade, carinho e brincadeiras. Confesso que não gostei desse livro, achei a história super chata e em alguns momentos encontrava situações que poderiam acontecer e ficavam enrolando sabe? 2 estrelas de consideração pela capa, hehe!

Sushi

É uma história de 3 personagens bem marcantes Lisa Edwards, Ashling Kennedy e Clodagh. A durona e sofisticada editora de revistas Lisa Edwards acha que sua vida acabou, após descobrir que terá que deixar NYC e ir trabalhar na Irlanda para lançar a revista Garota. Chegando lá ela conhece Ashling a editora assistente que também tem problemas de ansiedade e que sente que sua vida não está 100% realizada porque não tem um namorado. E a melhor amiga dela Clodagh com seu marido lindíssimo e dois filhos pestinhas não é feliz, pois insiste em dizer que queria uma realidade diferente do que está vivendo. A história é ótima, tem bastante confusão, romance e risada garantida, já que Marian mostra seu humor Irlandês. É um dos meus favoritos dela e recomendo pra todo mundo. Curiosidade: o livro chama Sushi porque a personagem Ashling nunca havia comido sushi na vida e depois que ela experimenta ela só come isso no trabalho, hehe.

O que mais me encanta nos livros são as capas, juro que compro os livros da Marian mais pela capa do que a história hahaha. E aí, vocês já leram algum desses? Qual gostaram?

Beijokas!!

Bem rosa!

41d0a2dc33903e442cb528ebc18cee01

A cor rosa já foi considerada retrô a muito tempo atrás na decoração e agora ela está de volta novamente. Os tons variam entre mais claro e pink intenso que podem ser adicionados em cômodos menos usados dentro de casa, como alguma sala de leitura, escritório de arte ou algum quarto. As paredes podem ser pintadas com rosa, mais leve em conta os papéis de parede que são bem mais facéis de remover caso você queira trocar daqui uns 2 meses. Objetos como vaso de flores, quadros, almofadas são perfeitos para a harmonia na decoração. E procure escolher tons que dão certo com o rosa, o branco e o preto são opções que não vão faltar ideias na hora que você estiver decorando!

f58569b6bda981910d91a34ca569188d 20d75e2011b4ac3d4e535f88bc941cd0 120bb6b43ea4d032ab45ebd60398af17 c6a2b0e97df19f7196a1f586ce43e969

Gosto das 3 últimas inspirações e vocês?

Beijokas!!