Alguém aí lembra da ?? Maratona Oscar? Voltamos com todo vapor pra contar pra você a história dos filmes que estão concorrendo ao Oscar. Muitas atrizes boas, em ótimas atuações e histórias diferentes que mostram a realidade, a emoção e a verdade por trás de cada câmera. Comecei minha maratona tarde, e assim que for assistindo aos filmes vou compartilhando com vocês aqui.

O filme de hoje é Estrelas Além do Tempo, mostra a história de três mulheres negras com talentos incríveis. Katherine (Taraji P. Henson), Mary (Janelle Monáe) e Dorothy (Octavia Spencer). Elas trabalham na Nasa e foram papéis fundamentais para a trajetória dos Estados Unidos, elas atuam na chamada ala das mulheres negras do local. Katherine é ótima em matemática, conseguia fazer cálculos muito bem desde criança. Já Mary sonha em ser uma das engenheiras da NASA e Dorothy, apesar de não ganhar como uma supervisora, trabalha como se fosse uma, até porque o cargo está desocupado e alguém tem que cumprir com as tarefas.

Tudo acontece na década de 60, onde a segregação racial americana estava em peso. O filme mostra a separação dos banheiros, bebedouros e até mesmo do café que Katherine bebe quando é transferida para ala das missões, que no caso leva o astronauta Glenn a entrar na órbita da Terra. John Glenn (Glen Powell), faz questão de cumprimentar as mulheres negras, e enxerga a habilidade de Katherine e só viaja mais seguro quando os cálculos refeitos por ela estão em ordem. Al Harrison (Kevin Costner) também consegue enxergar a importância de Katherine neste trabalho.

Uma das cenas mais bonitas do filme é quando Katherine extravasa sua mágoa por ter que atravessar uma enorme área, gastando 40 minutos todo dia, para ir ao banheiro, já que o prédio onde trabalha não tem um em que ela possa entrar. Harrison fica comovido com o desabafo da funcionária e acaba com a separação dos banheiros dentro da NASA, uma atitude que aos poucos vai transformando o lugar. Temos Mary em sua batalha para estudar engenharia em uma das faculdades em que só aceita brancos, além de ter que lidar com as frustrações e rancores do próprio marido. E Dorothy que começa aprender a linguagem Fortran e ensina os colegas de trabalho, transformando-as em programadoras. Tudo isso em meio a Guerra Fria e a corrida espacial. ??

Confira o trailer:

É uma história linda de superação, com ótimas interpretações que mudam a visão do mundo com persistência e muita dedicação! ??

Já assistiram?