Nada melhor do que começar o ano com filmes legais que eu enrolei pra assistir, não é verdade? Demorei para assisti-los, pois acabei não encontrando com uma qualidade bacana pra assistir em casa mesmo (imagem e legenda), mas nas últimas semanas dei sorte e encontrei os 3 filmes que eu queria. Encontrei eles online na internet, e estavam a poucos meses nos cinemas tem um que está ainda, com certeza pelo menos alguns deles você já deve ter visto ou vai querer assistir. 😀

1. Dunkirk

Que filme, recomendo pra quem ama história de guerra. O filme gira em torno da operação dínamo, mas conhecida como a Evacuação de Dunquerque, soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados durante uma batalha no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos agonizantes: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy) precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, com o civil britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, com o soldado Tommy (Fionn Whitehead) em que busca escapar a qualquer preço.

2. Lady Bird – A hora de voar

Pra quem ama assistir os filmes do Oscar como eu, Lady Bird tá na lista! Tem uma história legal mais não me prendeu o suficiente. Enquanto sua hora não chega, Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia que sua mãe (Laurie Metcalf) não aprova. Lady Bird, a garota de personalidade forte se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e vários desentendimentos na vida.

3. De Volta para Casa

Comédia bem mamão com açúcar hahah eu confesso que esperava bem mais do filme, bom pra sair do tédio. Alice Kinney (Reese Witherspoon) recém-separada do marido, decide recomeçar a sua vida se mudando para sua cidade natal, Los Angeles com suas duas filhas. Durante a comemoração do seu aniversário de 40 anos, ela conhece três cineastas que precisam de um lugar para morar e acaba deixando os rapazes ficarem em seu quarto de hóspede, mas o acordo acaba trazendo situações inesperadas e muita confusão.

Já assistiu algum? Indicações de filmes que estejam no cinema por favor! 😛

Maratona Oscar: Brooklyn

Continuando nossa Maratona Oscar o filme da vez é Brooklyn, um romance lindo e dramático escrito por Nick Hornby (autor de “Alta Fidelidade”, “Era uma vez um rapaz”) com base no best seller de Colm Tóibin e com excelente interpretação de Saoirse Ronan. Se você adora momentos de transição, aprendizados é praticamente o que você vai assistir no filme, pois narra os passos da protagonista.

banner-brooklyn-Brooklyn_Film_844x476

Eillis (Saoirse Ronan) não consegue ver futuro no conforto de casa, ainda mais na Irlanda nos anos 50 com pouca estrutura e crescimento no país, sendo sua vontade maior de ajudar sua família a melhorar de vida. Sua irmã dá força para que Eillis corra atrás de seus sonhos, tendo o apoio de sua irmã e com ajuda de um padre amigo da família a jovem decide tentar algo a mais em Nova Iorque.

Sozinha em um navio não muito aconchegante, Eillis tem ali seu primeiro contato com o mundo, e com o que há de mais desagradável nele, muitos problemas que ela jamais imaginaria lidar e poucas pessoas dispostas a ajudá-la. Aos poucos ela percebe que tudo mudou e ela precisa correr atrás dos seus sonhos sozinha para garantir uma vida melhor para si mesma.

brooklyn

Perdida no meio de desconhecidos, Eillis vive em estado de timidez, guarda tudo para si e compartilha através de cartas que envia à irmã. A rotina de Eillis se modifica completamente ao mudar para o Brooklyn, em adaptação com o novo emprego e morando em uma de pensão e tem que encarar uma série de situações e comportamentos que diferem bastante de sua vida na Irlanda, como a liberdade sexual mesmo das mulheres e a presença de negros conquistando espaço maior na sociedade.

O filme é carregado de detalhes que vão se desenrolando ao longo do filme. Impossível não se apaixonar pelo figurino impecável da década de 50. Saoirse Ronan dá vida a personagem de um jeito simples e delicado! É um dos meus favoritos pra vencer na categoria de melhor filme, torcendo desde já. 😉

Confira o trailer:

Lembrando que o filme concorre nas categorias de melhor filme, melhor atriz (Saoirse Ronan) e melhor roteiro adaptado (Nick Hornby)

Já assistiram?