Faz muito tempo que não falo sobre séries e filmes por aqui, infelizmente nada tem me empolgado a ponto de compartilhar com vocês 🙁 . Pra vocês terem uma ideia o documentário da Lady Gaga no Netflix foi o que eu mais gostei de assistir nos últimos meses, quem ainda não assistiu, eu recomendo. A cantora conta a história de sua carreira e os problemas por trás dos holofotes.

A dica de hoje é uma série The Handmaid’s Tale, já ouviram falar? Muitas pessoas amaram outras não conseguiram terminar, até porque é uma história impactante e forte, ganhou prêmios este ano. É uma série inteligente e ao mesmo tempo revoltante, baseada no livro da canadense Margaret Atwood, que recebe o nome de O Conto de Aia, o livro propõe construir esse diferente e repressivo futuro, que pode muito bem estar conectado com o presente.

The Handmaid’s Tale, narra a história de uma sociedade futurística dividida em castas, em que muitas mulheres não podem mais se tornar mães. Para que haja procriação dos mais ricos, existe a classe das Concubinas, serventes que devem entregar seus corpos para a proliferação dos comandantes, estabelecendo uma sociedade com uma clara divisão de direitos entre as classes, mas também entre o masculino e o feminino.

A série acaba focando na história de Offered (Elisabeth Moss), sendo uma concubina. O episódio piloto concentra-se em dar um panorama da vida passada da protagonista e do que ela deverá encontrar nesta nova sociedade reformada. A série explora temas que tocam a sociedade atual, como a representação das mulheres, o feminino a ascendência social e objetificação dos corpos e suas classes. É uma das melhores séries da atualidade que já assisti, recomendo bastante. 😉

Confira o trailer:

Já assistiram? Gostam de série neste estilo?

Depois de anos-luz voltei com tudo e trouxe um seriado bacanérrimo pra compartilhar com vocês. Fazia um bom tempo desde Sense8 que eu não assistia algo que me prendia do começo ao fim. Já ouviram falar de Jessica Jones? Acho que todo mundo sim, não é? A internet parou quando soube da série e os comentários positivos eram muitos. Fui curiosa pra ver por causa da galera do twitter comentando, vi o piloto e hoje acabei a série já aguardando ansiosamente pela 2º temporada (vai demorar, mesmo?).

JessicaJones

Jessica Jones saiu dos quadrinhos de HQs e está no Netflix a série conta a história de uma mulher poderosa que desistiu da vida heroica e sofre com traumas do passado. Tudo começa quando um casal visita o escritório de Jessica (Krysten Ritter) e contrata para encontrar Hope (Erin Moriarty), uma jovem perdida em NY. No decorrer da investigação, Jessica percebe que este não é um caso qualquer e tudo está ligado ao seu passado. Apesar de ter super-poderes, Jessica prefere não usá-los e confia em suas habilidades como detetive para solucionar problemas e ganhar a vida em Hell’s Kitchen.

jessicaetrish

Na trama temos também Trish Walker (Rachael Taylor), irmã adotiva de Jessica que tem um famoso programa de rádio de NY, Will Simpson (Will Traval), um policial misterioso, Malcolm (Eka Darville), um vizinho de Jessica usuário de drogas, Jeryn Hogarth (Carrie-Anne Moss), uma grande advogada, além de outros personagens que compõem o elenco principal e aos poucos se envolvem na história.

kilgraveeJessica

E não podemos esquecer do vilão mais querido ou odiado por muitos telespectadores o famoso Kilgrave (David Tennant), ele é capaz de tudo, devido ao seu poder de influenciar ações de qualquer um à sua volta, ele faz com que todas as suas cenas sejam tensas e passem a sensação de insegurança, criando situações inesperadas. Todas as cenas de David e Krysten são excelentes, os dois conseguem transmitir todos os traços dos personagens e ambos tem carisma de sobra para futuras temporadas. 😀

Confira o trailer:

E aí, você já assistiu a série?