A postagem de hoje é sobre mais um cantinho do nosso Brasil para viajar e conhecer. Quem já lê o post por um bom tempo, sabe que está rolando dicas de viagem, hospedagem e diversão de algumas cidades para você viajar, já falamos do Florianópolis, Rio de Janeiro, São Paulo e Aracaju, a cidade de hoje que eu ainda não conheço mais gostaria muito é Belo Horizonte que fica localizada em Minas Gerais. Convidei a Tallita (conheça o blog dela aqui) que mora lá para compartilhar algumas curiosidades da cidade em que vive, aproveita pra tomar um cafezim, isso é porque eu já entrei no clima!

Leia também:

Vamos viajar para Aracaju?

Floripa e suas diversões – O que fazer pela cidade?

 mirantedomangabeiras

1- Porque visitar Belo Horizonte?

Belo Horizonte é a capital da comida boa, da fala cantada e do povo acolhedor de Minas Gerais. Tem muitos pontos turísticos e locais interessantes para visitar, passear e conhecer. A primeira coisa a se esperar quando chegar em Minas é recepção calorosa e muita comida! Na capital eu recomendo visitar a Praça da Liberdade que já foi sede do governo. Tem prédios lindíssimos e rende muitas fotos instagramáveis.

Pra ter uma visão geral de BH você pode ir no mirante do Mangabeiras, a vista é bonita e vale um clique lá em cima. A orla da lagoa da Pampulha tem lugar especial no coração dos belohorizontinos. De lá você consegue visitar o Mineirão (estádio do 7×1) mas mesmo assim vale a visita. Vá no final da tarde e veja o por-do-sol na esplanada do mineirão, é lindo!

Aproveite a ida a Pampulha para caminhar na orla e ver 2 edifícios incríveis: a Casa do Baile e o Museum de arte da Pampulha que originalmente foi construído para ser um Casino. Ainda na orla você vê a estátua de Iemanjá, a igrejinha da Pampulha e a própria lagoa que é bonita por si só. Todo o conjunto arquitetônico da Lagoa da Pampulha foi desenvolvido por Oscar Niemyer, logo pode-se esperar prédios lindos. O conjunto recebeu o título de patrimônio Cultural da Humanidade. E o melhor, é um passeio de graça. Se quiser dá até pra alugar uma bike para passear na orla, aproveite!

Se tiver mais tempo em BH visite Inhotim que é o maior museum de arte contemporânea a céu aberto. Ele fica a poucos quilômetros da capital, reserve um dia para passear por lá e ver tudo com mais calma. Essa atração é paga, visite o site do museum para verificar os valores.

lagoadapampulha

2- Onde se hospedar?

Em Belo Horizonte tem diversas opções de hotéis e pousadas. Escolha de acordo com a localização que desejar.

3- Culinária e Pratos da cidade?

Vir a Minas é sinal de comer bem! No geral os pratos em restaurantes tradicionais mineiros são bem servidos. Não dá pra sair de BH sem experimentar um frango com quiabo, feijão tropeiro, frango ao molho pardo. Ora-pro-nobis é uma hortaliça (tipo couve) que é muito saborosa e pode acompanhar pratos com carne. Vaca atolada, leitão a pururuca e claro, nosso famoso Pão de Queijo que com certeza é melhor do que de qualquer padaria no restante do Brasil.

Se prepara pra comer doce, porque aqui depois do almoço a gente toma um cafezim (assim mesmo sem terminar de falar a palavra toda! Como um bom mineiro haha) e come um doce. Pé de moleque (tem base de amendoim), ambrosia, doce de leite (da marca Viçosa é o melhor!), doce de abóbora e a clássica Goiabada cascão. Aproveite para experimentar a combinação mais mineira que existe: goiaba + queijo minas.

francocomquiabo

Se você gosta de bebida alcoólica experimente a cachaça mineira! Cuidado que é forte, ok?

Um restaurante ótimo e que tem tudo (exatamente TUDO) da culinária mineira é o Xapuri. Ele fica na região da lagoa da Pampulha, tem uma decoração linda que te transporta pra uma fazenda do interior de Minas mesmo estando dentro
da capital. Mesas grandes, fogão a lenha, bancos de madeira, panelas coloridas. Tudo isso cria a vibe charmosa de Minas Gerais. O preço lá varia, é possível encontrar pratos de (R$90-R$170 reais) e muitos pratos são indicadas para 2-3 e até 4 pessoas. E pode acreditar, vai sobrar comida! Vem muito bem servido.

botecoembelohorizonte

4- Quais locais você recomenda em Belo Horizonte para as pessoas se divertirem?

Pra família com crianças vale uma visita no parque Guanabara, um tradicional parque de diversões de BH. É famoso por ter uma roda gigante que dá vista para o conjunto arquitetônico da Pampulha!

Se você é do tipo que adora um balada saiba que Beagá é bem noturna e é a capital dos botecos! O nome boteco parece bar ruim mas não é não, viu? Na região do bairro Santa Tereza, tem muito petisco legal e cerveja boa. Também vale a pena experimentar as cervejas mineiras, a Wals e Backer são as mais conhecidas por aqui. No Ateliê Wals você tem a opção de visitar a produção, fazer degustação e tour guiado. Tudo de muito bom gosto para os amantes de cerveja.

Os barzinhos na região da Savassi são os mais amados e viram quase uma balada no decorrer da noite.

5- Quais looks levar na mala para conhecer sua cidade?

O clima de BH é ameno mas é sempre bom ficar de olho na previsão metereológica pra evitar qualquer contratempo. No verão é bem quente e o inverno tem sido suave.

Meu pai é de Minas e devo concordar com a Tallita o melhor pão de queijo é de lá sim, saboroso demais! Amo os doces mineiros. 😀

Já viajou para Belo Horizonte?

Achou que eu iria me mudar para Aracaju? Infelizmente não hahaha. Mas, hoje segue as postagens de viagem do blog, lembram? Começamos as postagens viajando por Florianópolis, Rio de Janeiro, São Paulo e agora Aracaju – SE. Convidei minha amiga Lala Ismerim (conheça o blog dela aqui) que mora lá para compartilhar com vocês algumas curiosidades da cidade em que vive e quem sabe depois de ler este post você não agenda sua próxima aventura para lá?

Leia também:

3 sites e aplicativos para planejar sua viagem!

Como arrumar sua mala de viagem?

1- Porque visitar sua cidade?

Aracaju é uma cidade ótima para quem quer passar uns dias de descanso em uma cidade mais tranquila. Por mais que seja uma capital é uma cidade pequena, o que acaba sendo ótimo pois tudo é muito perto. O trânsito não anda dos melhores ultimamente mas nada muito absurdo já que as distâncias são bem curtas. Por aqui só tem duas estações no ano: verão e chuva! Até o nosso “inverno” é quente. Então da para aproveitar uma praia praticamente o ano inteiro!

Indico dar uma passeada na Orla de Atalaia que você pode fazer a pé ou de bicicleta. Pode ir de carro também mas garanto que não vai ter tanta graça. Aproveitando que está na Orla faça uma visita ao Oceanário de Aracaju e à feirinha de artesanato, tire uma foto com o caranguejo gigante e com o nome “Aracaju”. Falando em caranguejo gigante ele se encontra no início da Passarela do Caranguejo, local que fica na Orla de Atalaia e que tem vários bares e restaurantes com comidas típicas.

Se o dia estiver de sol não deixe de aproveitar a praia de Aruana. Lá se encontram vários bares de praia com ótima estrutura e comida deliciosa. E não deixe de tomar um banho de mar, a água é quentinha e deliciosa! Indico os bares Duna, Com Amor Beach Bar e Parati.

Outro lugar que você não pode deixar de conhecer é o Museu da Gente Sergipana. Primeiro museu multimídia interativo do norte-nordeste que expõe um acervo do patrimônio cultural material e imaterial do estado de Sergipe. É um museu muito interessante onde você pode conhecer um pouco da nossa cultura, nossas gírias, comidas típicas e muito mais!
Recentemente se inaugurou o Largo da Gente Sergipana, um local que fica em frente ao museu, do outro lado da avenida e que mostra mais um pouco da cultura do nosso estado com algumas esculturas gigantes.

Aproveite que já está no centro da cidade e vá conhecer os Mercados Antônio Franco e Thales Ferraz, lá você pode comprar artesanato local e ainda algumas comidas como queijos e castanhas.

Agora se você quer conhecer o melhor Festejo Junino do Nordeste tem que visitar a cidade no mês de Junho! Nesse mês acontece o Forró Caju, festa gratuita que dura vários dias com diversas bandas de forró que que acontece no Mercado, e o Arraiá do Povo, uma vila junina de acesso gratuito na Orla de Atalaia com comidas típicas, quadrilhas juninas e shows.

2- Onde se Hospedar?

O melhor lugar para se hospedar em Aracaju vai depender do tipo de viagem que você está fazendo. Se veio a passeio e quer mais curtir uma praia o ideal é ficar em hotéis e pousadas na Orla de Atalaia. Desse modo você já fica pertinho da praia e vai gastar pouco para se deslocar. Mas se o seu intuito é ficar mais próximo da cidade tem vários hotéis bem
próximos aos dois shoppings (Shopping Jardins e Shopping RioMar). Porém Aracaju é uma cidade pequena então não se gasta muito de uber ou taxi. Além disso, é uma cidade tranquila de se andar de carro. Apesar de não ter muitas placas é fácil de se locomover com um gps.

3- Culinária e Pratos da cidade?

Bom, cidade de praia não pode deixar de comer um peixe ou marisco. Preparado de qualquer jeito é sempre uma delícia, pode ser frito ou em moqueca. Além disso não deixe de provar uma água de coco geladinha, comer caranguejo e amendoim cozido. Se você veio em Aracaju e não provou esses 3 itens pode considerar que não veio aqui!

Nós temos algumas frutas típicas da região e que dão ótimos sucos, então não deixe de provar o suco de Caju e Mangaba! São deliciosos, inclusive os meus favoritos! Pra quem quer um jantar tipicamente nordestino tem que ir no Mangará. Lá tem de tudo que você pode imaginar: cuscuz, macaxeira cozida, inhame cozido, galinha de capoeira, carne do sol, charque, gratinado de macaxeira, tapioca… e por aí vai. Um verdadeiro jantar nordestino! E o melhor é que o lugar é uma gracinha e super frequentado pelos moradores da cidade. 😀

4- Quais locais você recomenda em Aracaju para as pessoas se divertirem?

Para quem quer se divertir recomento o Tequila Café que é um bar com shows de rock e outros gêneros. Frequentava muito quando era mais jovem e recentemente reabriu na Orla de Atalaia. O Calles Bar de Tapas também fica
na Orla de Atalaia e apesar do forte ser a comida sempre tem uma ótima música.

Tem também o The Stones Pub, o local é pequeno e fica em uma área residencial mas que sempre tem ótimas bandas. Além desses tem muitos outros, então é sempre bom ficar de olho na programação de festas da cidade. Além dos forrós no mês de junho tem uma outra festa que que atrai muita gente de fora, a Odonto Fantasy. Festa temática à fantasia e que ocorre no segundo semestre, geralmente em outubro/novembro.

Por aqui da para se divertir comendo muito bem! Na Orla tem vários restaurantes muito bons mas não fique preso nesse espaço. Pela cidade estão espalhados diversos restaurante maravilhosos como: churrascaria (Fuego), comida japonesa (Hiroki, Senzai e Shouri), pizzaria e comida italiana (Manjericão e La Vecchia) e cafés (Forneria, Casa Alemã, Le Café, Art in
Coffee e Café Feito a Grão).

Pra quem prefere uma programação mais tranquila temos alguns parques pela cidade. No Parque da Sementeira (ou Augusto Franco) você pode fazer caminhadas, andar de bicicleta e até fazer um piquenique. No Parque dos Cajueiros tem um deck com vista pro Rio Poxim e um restaurante maravilhoso, o Blend. Para quem quer ver o melhor pôr do sol da cidade tem que ir na Orla do Pôr do Sol.

É uma orla pequena que fica no povoado mosqueiro, de lá saem vários passeios de catamarã, mas você ainda pode praticar sup por ali mesmo ou comer em algum restaurante. Mas por ser uma cidade pequena não se limite à Aracaju. Tem muitos passeios interessantes para se fazer em locais próximos, como visitar os Cânios de Xingó em Canindé de São Francisco.

5- Quais looks levar na mala para conhecer sua cidade?

Já comentei anteriormente que aqui só tem duas estações definidas: verão e chuva. O verão dura praticamente o ano inteiro e a temperatura varia entre os 29 e 33 graus. O sol é bem forte mas pelo menos venta bastante também. Recomendo protetor solar e roupas frescas, como short, vestido, saia e camiseta. Porém, como a cidade é quente saiba que a maioria dos estabelecimentos possuem ar condicionado, então traga um casaquinho pois em algum lugar pode fazer um pouco de frio.

Nos meses de maio, junho, julho e agosto a temperatura fica mais fresca (entre 27 e 29 graus) e chove. Mas não chega a fazer frio, raramente tem dias que a temperatura cai mais e chove muito, chegando a uns 24 ou 25 graus. Não da pra considerar que ta frio mas para o Aracajuano esta frio sim e você irá ver todo mundo de casaco na rua! Nessa época é bom trazer um sapato fechado por conta da chuva. Mas se o dia não estiver chovendo da até pra pegar uma praia, então é roupa fresca com um casaquinho. E mesmo estando nublado passe protetor solar! 😉

Ah!!! Se for curtir um forrózinho em junho é bom trazer uma botinha! Nessa época chove quase sempre a noite, as festas são ao ar livre (sim, se prepare pra dançar forró na chuva) e ninguém merece ficar com o pé molhado.

Tenho muita vontade de conhecer Aracaju, minhas expectativas aumentaram aqui!

E você, conhece Aracaju?