Olá pessoal, como estão? Copa acabou, festa acabou, mas eu estou feliz já que semana que vem irei tirar uma folguinha e dar uma fugida rápida de Brasília. Enfim, como eu não estou aqui para falar das minhas férias, vou logo ao assunto, eu to aqui para indicar uma das minhas séries de livro favorita da Meg Cabot, Os Mistérios de Heather Wells. Hoje eu vou falar sobre os dois primeiros livros. Espero que gostem!

Antes de tudo vou apresentar a maravilhosa protagonista, Heather Wells é uma ex-estrela do pop que chegou ao fundo do poço. Não faz mais shows em shoppings, perdeu o namorado, a gravadora, ganhou dois números no manequim, o pai está preso e a mãe fugiu para Argentina com todo o seu dinheiro e seu agente; e agora a cantora trabalha como inspetora do Conjunto Residencial Fisher na Faculdade de Nova York.

Heather Wells_livro 1

1 – Tamanho 42 não é gorda

No primeiro livro da série Heather Wells está começando a se acostumar com a sua nova vida de ex-popstar e atual inspetora. Quando a moça acha que tudo está entrando nos eixos, uma estudante do conjunto residencial é encontrada morta no poço do elevador do campus. Todos acreditam que a morte da jovem foi acidental, mas Heather acredita que aquilo possa ter sido um assassinato. Mesmo assim ninguém quer escutá-la – nem a polícia, nem seus colegas de trabalho e nem Cooper Cartwright, o maravilhoso investigador particular que é dono do prédio de tijolinhos onde ela mora -, e eles continuam a ignorá-la quando outras alunas começam a aparecer mortas da mesma forma que a primeira fora encontrada. Heather então decide iniciar uma nova carreira: a de detetive. Ela então começa a trabalhar para descobrir a verdade por trás das diversas mortes.

**Foto do livro com a capa antiga. 

Heather Wells_livro 2

2 – Tamanho 44 também não é gorda

Na continuação Heather já está mais do que acostumada com a sua nova vida, agora ela é diretora-assistente do conjunto residencial e começou a estudar de graça na faculdade. Ela agora está tendo que lidar com casamento do seu ex-namorado mega famoso, que toda a imprensa está chamando de “O Casamento de Celebridade da Década”. Após ajudar a polícia a descobrir quem era o responsável pelos crimes do poço do elevador, Heather agora tem que lidar com algo mais sério do que o casamento da década. A cabeça de uma líder de torcida foi encontrada dentro de uma panela de sopa no refeitório da faculdade e o corpo da jovem está desaparecido. Além de ter que cuidar de vários alunos desesperados, o pai ex-presidiário resolveu fazer uma visita inesperada pedindo um abrigo temporário no prédio de tijolinhos. Heather então entra de cabeça em uma nova investigação, que a ajuda um pouco a esquecer os problemas familiares e faz com que ela trabalhe ao lado do maravilhoso Cooper Cartwright.

Devo dizer que eu amo a série da Heather Wells e ela é uma das minhas personagens favoritas da Meg Cabot. Ela é uma pessoa comum completamente determinada a ajudar e salvar os alunos do Conjunto Residencial. E eu acho muito legal que em cada livro nós percebemos como a Heather vem amadurecendo e começa a superar o que aconteceu com ela no passado, tudo isso sem deixar o humor de lado.

Os livros são recheados de muita comédia, suspense e alguns dramas, tudo na medida certa. A Meg Cabot tem o dom de fazer tudo isso dar certo em um livro sem perder o jeito. Mas eu sou uma fã dela, então posso ser suspeita na hora de elogiar a escritora.

Espero que gostem da indicação. Alguém já conhecia? Semana que vem tem a continuação com os dois últimos livros da série.

Beijos