Filme: Questão de Tempo

Bom dia, minha gente! Tudo certo? E esse calor maldito que não vai embora? Não sei quanto aos outros estados, mas o Distrito Federal vai virar um caldeirão qualquer dia desses! Anyway, não estou aqui para falar de temperatura, vamos ao que interessa. Essa semana eu trouxe um filme muito interessante que assisti há alguns dias, trata-se de “Questão de Tempo”.

21053062_20131025204305591

A trama gira em torno de Tim (Domhnall Gleeson), que aos 21 anos descobre que os membros masculinos de sua família possuem a habilidade de viajar no tempo.  A confidência é feita por intermédio de seu pai, que lhe provocou a usar a habilidade de maneira inteligente e somente para lhe trazer felicidade. Tim, que não era muito habilidoso na arte de conquistar mulheres, decidiu então que iria se aproveitar de seu dom para tentar arrebatar o coração de alguma garota. Depois de uma tentativa frustrada com uma amiga de sua irmã, ele decide se mudar para Londres e tentar a sorte novamente. Lá ele conhece Mary (Rachel McAdams), por quem se apaixona. Mas por voltar várias vezes no passado, ele acaba alterando sua realidade e precisa fazer de tudo para conhecer Mary mais uma vez. Com o passar do tempo, Tim foi percebendo que algumas coisas não poderiam ser mudadas e que ele não seria poupado da ordem natural da vida.

questão-de-tempo-2

A história passa uma mensagem importante que é a das responsabilidades que vamos adquirindo com o passar da vida e quanto precisamos ser mais atenciosos com as atitudes que tomamos.  Os jovens são  naturalmente impulsivos e tendem a resolver seus problemas de maneira rápida e superficial. Essa etapa da vida de Tim permitia a ele uma liberdade absurda de voltar no tempo e corrigir o que quisesse, mas conforme o tempo foi passando e a sua família se constituindo o risco em voltar no tempo e estragar algo que ele já estabeleceu lhe impede de começar a alterar o rumo de algumas coisas que lhe incomodam. O que foi incrível, pois fez com que Tim se prendesse ao futuro e entendesse que precisava se adaptar como qualquer outra pessoa comum e aprender a enfrentar seus erros e acertos sem utilizar seu dom.

Confira o trailer de Questão do Tempo:

Eu recomendo que assistam ao filme, além das ótimas atuações, a história é linda. Até mais!

Beijos!

Oi, gente! Como vocês estão? Essa é a minha primeira postagem do ano e eu estou muito feliz por estar de volta! Vamos ao que interessa, então? Vocês se lembram do meu primeiro post aqui no dia de brilho? Provavelmente não, então vou relembrá-las. Eu compartilhei com vocês três livros muito especiais para mim, entre eles estava Game of Thrones (confira o post clicando aqui).  A saga denominada As Crônicas de Gelo e Fogo possui seis livros publicados até o momento e mais dois ainda sem previsão de publicação. Hoje eu vim contar para vocês sobre a série baseada nos livros de George R.R. Martin, cujo título levou o nome do primeiro livro, Game of Thrones.

Game-of-Thrones

A trama se passa em Westeros, uma terra reminiscente da Europa Medieval, onde as estações duram por anos ou até mesmo décadas. A história gira basicamente em torno de várias batalhas entre os Sete Reinos, onde duas casas estão lutando pelo controle do Trono de Ferro, cuja posse possivelmente assegurará a sobrevivência durante o longo inverno previsto. Enquanto Ned Stark tenta manter a situação tranquila no reino, o príncipe exilado, Viserys Targaryen (Harry Lloyd) oferece sua irmã Daenerys (Emilia Clarke) ao Khal Drogo (Jason Momoa) como troca por um exército para recuperar o trono que um dia foi de seu pai. Daenerys se torna então Khaleesi (que significa rainha na língua dothraki), mesmo contra sua vontade, mas depois se acostuma com a situação e passa a admirar seu Khal e toda sua bravura, apaixonando-se por ele.

got-meninos

Por outro lado, a rainha Cercei Lannister (Lena Headey) e seus irmãos, Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) e o anão Tyrion (Peter Dinklage), parecem ter outros planos para o reinado. Enquanto Catelyn Stark (Michelle Fairley) cuida de seu filho Bran (Isaac Hempstead-Wright), que sofreu uma queda após um descobrimento comprometedor, seu esposo Eddard vai com as filhas Arya (Maisie Williams) e Sansa (Sophie Turner) para a sede do reino. Arya é uma garota diferente das outras, que não está nem aí para sua postura feminina ou interesses reais. Já Sansa vive suspirando pelo príncipe Joffrey Baratheon (Jack Gleeson), que um dia poderá vir a ser rei. Ned Stark tem um filho bastardo, Jon Snow (Kit Harington), que é “convidado” a proteger a Muralha com os guardiões da Patrulha da Noite.

khal-e-dany

E assim começa a primeira temporada da série que foi sucesso mundial, sendo confirmada uma próxima temporada apenas dois dias após sua estreia. Existem três temporadas até o momento e a quarta já foi filmada e tem previsão para o começo deste ano.

Entre as inúmeras páginas as personagens sofrem, vivem aventuras, romances e… Morrem. Quem leu os livros sabe do que estou falando, George é mestre em matar seus personagens preferidos e logo lhe apresentar outro que se tornará tão favorito quanto. Na maior parte do tempo a série é bem fiel ao livro. É certo, como acontece na maioria dos filmes e séries baseados em livros, que existem cortes, mas nada que vá deixar os fãs da saga insatisfeitos.  E é claro que estou falando por mim, que li os livros e acompanho a série.

Confira o trailer da primeira temporada:

É importante dizer que a série apresenta cenas de sexo e violência. E por hoje é isso, pessoal, até mais ver!

Beijos.

Filme – Aposta Máxima

Não sei se vocês lembram mais no ano passado a Fernanda colaboradora aqui do blog disse que estaria viajando. Portanto, não teremos resenha dela neste mês de janeiro 🙁 . Tentarei substituí-la por enquanto, espero que vocês aproveitem as dicas de filme para assistirem nas férias. Durante a semana de férias do blog, aproveitei para assistir novas séries e filmes logo mais compartilho com vocês o que assisti.

runner-runner

A escolha dessa semana foi: Aposta Máxima (Runner, Runner) o filme conta a história de um jovem chamado Ritchie (Justin Timberlake) que tem dificuldades em pagar sua universidade e acaba entrando no mundo das apostas ilegais para conseguir dinheiro. Antes disso, Ritchie apresenta o jogo para outras pessoas, mas perde tudo. Ele acha que foi passado para trás, a partir daí decide visitar a Costa Rica onde encontra o executivo Ivan Block (Ben Affleck). Chegando lá Ritchie invade a festa de Ivan mostrando o que ele é capaz de fazer com as apostas de pôquer. O rapaz se envolve com o empresário e mantém contatos perigosos, Ritchie se mete numa fria tentando resolver problemas de Ivan e quase morre na armadilha. 

 

1096131_imagem-de-aposta-maxima

Agora eu confesso pra vocês que a história não prende tanto como parece na descrição acima, apesar de achar o filme bom. Porque dá aquela impressão de que já vimos um filme assim antes. Além disso, muitas cenas poderiam ter mais suspense e ação, pois no filme é possível seguir essa linha, acontece  que faltou isso em vários momentos, justamente para dar mais curiosidade e despertar o telespectador para continuar vendo.

Confira o trailer:

Vocês assistiram esse filme? Gostaram ou não?

Oi, gente! Como vocês estão? Esse é o meu último post do ano e desde já eu queria dizer que adorei escrever e compartilhar alguns dos meus livros, filmes e séries preferidos aqui. Espero que vocês tenham gostado das minhas dicas!

Bom, hoje eu vim falar de uma série que está fazendo muito sucesso com quem é fã de histórias sobre vampiros, e eu acredito que a maioria de vocês tenha pelo menos ouvido falar! Estou falando de The Originals, o spin-off de The Vampire Diaries. E para quem não sabe, spin-off refere-se a algo que foi derivado de outra coisa anterior àquela.

the-originals-1 (1)

Os telespectadores de The Originals geralmente já vinham acompanhando The Vampire Diaries, até porque foi onde os personagens principais começaram a desenvolver suas histórias.  Apesar disso, nada impede que  você veja a série, caso não tenha acompanhado The Vampire Diaries, pois são histórias independentes.

Então vamos ao que interessa! The Originals já teve uma espécie de piloto exibido dentro de TVD (o vigésimo episódio da quarta temporada de The Vampire Diaries, chamado The Originals). Com o grande sucesso de The Vampire Diaries e o grande vilão, que todos sempre temeram, desde a terceira temporada, Julie Plec desenvolveu a ideia de criar uma série especialmente para essa família real tão poderosa. A história é focada em torno da família Original, o primeiro grupo de vampiros a ser criado e que deu continuidade à espécie desde então. Tudo acontece em Nova Orleans, que foi um grande palco de momentos importantes da família Mikaelson.

The-Originals-1x09-1

Quando Niklaus Mikaelson, o irmão malvado, retorna para o centro sobrenatural que é Nova Orleans, uma cidade que ele ajudou a construir há séculos, se reencontra com seu ex-aprendiz e grande amigo Marcel. As bruxas também ganharam um espaço nessa série, mas nesse caso elas são controladas por Marcel e seus “companheiros”. Como os fãs de TVD sabem, em The Vampire Diaries, Klaus era apaixonado por Caroline, certo? Em The Originals, o coração de Klaus bate mais forte por Camille, que é uma estudante de psicologia fascinada pelo estudo do comportamento humano.

O centro da série é o bebê que Hayley (lobisomem e amiga de Tyler em TVD) espera de Klaus e o que o acontecimento o faz sentir a respeito. Os personagens principais são Klaus, Rebekah e Elijah, tendo ainda Hayley, Marcel e Camille como personagens fixos. O que verdadeiramente me chamou atenção e me fez querer acompanhar foi Klaus. Eu acho o personagem extretamente interessante, e quem é fã sabe que por trás daquela maldade há outro lado inexplorado. E acredito que nesta série nós veremos muito mais de Klaus.

cac175a7f69f79bcb938d827f323b4fc

Alguns parágrafos atrás eu disse que The Originals e The Vampire Diaries eram independentes, certo? O que não impede que no decorrer da série personagens de TVD invadam The Originals, como já aconteceu nos últimos episódios.

Esperava-se que a série tivesse um bom público, apesar do episódio de TVD que serviu de piloto para The Originals não ter tido uma média de visualizações tão significativa. A expectativa correspondeu e foi além, no nono episódio a série alcançou a marca de 2,4 milhões de telespectadores. Nada mal, hein? A história é boa, os personagens são ótimos, os atores melhores ainda e tem muita gente bonita para admirar… Se você ainda não assistiu, tá esperando o que? Corre que a série entrou em hiatus, dá tempo de se atualizar!

Confira o trailer:

Por esse ano é só, pessoal! Desejo a vocês um feliz natal e feliz ano novo!

Beijos!

Bom dia, gente! Todo mundo de férias? Estou quase lá! Hoje eu vim falar para vocês sobre um filme de agosto desse ano, mas que tive a oportunidade de ver apenas há alguns dias. Eu não conhecia a história até então, mas achei muito interessante e penso que vale a pena todos vocês assistirem.

Uma conhecida jornalista, Nancy Jo Sales, que já escreveu e entrevistou dezenas de estrelas para Harper’s Bazaar, Vanity Fair e outras – investigou a história e publicou, em março de 2010, a matéria “The Suspects Wore Louboutins” (“Os suspeitos usavam Louboutins” em português). Toda a pesquisa da autora levou, posteriormente, à publicação de Bling Ring, nome criado pelo Los Angeles Times para a quadrilha de jovens.

the-bling-ring

O livro gerou tanto sucesso que Sofia Coppola fez uma adaptação para o cinema, estrelada por Emma Watson. Os fatos verídicos ocorreram nos anos de 2008 e 2009, em Los Angeles. Famosos como Paris Hilton, Lindsay Lohan, Orlando Bloom e Rachel Bilson tiveram suas casas invadidas e roubadas. Os ladrões não estavam só atrás de dinheiro, mas principalmente de roupas e sapatos de grife, bolsas caras e um estilo de vida impossível de se copiar. Casos de roubos são comuns no mundo todo, mas não em Hollywood, não dessa forma e com esse tipo de vítima. E o mais intrigante: a gangue é formada por lindos adolescentes da classe média de Calabasas, na Califórnia.

A partir da confissão, depoimento e entrevistas de Nick Prugo é que toda a gangue foi descoberta e a história pôde ser contada. O rapaz, a princípio tímido e sem amigos, afirma que se meteu nessa história por acaso, porque amava sua melhor amiga, Rachel Lee, e queria vê-la feliz.

Rachel, apontada como cabeça da gangue, sempre se mostrou muito atraída pelo mágico universo das estrelas. A vontade da garota de ser como uma celebridade levou os jovens às mansões e aos roubos. Não bastava uma roupa bonita, precisava ser a roupa que Lindsay Lohan vestira na noite passada. E não podia fazer aquilo sozinha, precisava de Nick e Courtney Ames, uma velha amiga.

Alexis Neiers estava igualmente ligada aos roubos e também cobiçava aquela vida cheia de glamour. Linda e fabulosa, Alexis era amiga de Nick e Rachel, mas negou veementemente qualquer envolvimento intencional nos crimes, alegando que estava bêbada e fora de si quando participou das invasões.

Confira a verdadeira gangue de Hollywood:

13-the-bling-ring-7

Emma Watson interpreta Alexis; Israel Broussard – Nick; Katie Chang – Rachel Lee; Taissa Farmiga –  Tess Taylor e Claire Julian – Courtney Ames. Os nomes das personagens foram mudados por questões éticas.

bling-ring

Em uma sociedade movida por interações instantâneas e o poder da imagem, é natural que a gangue tenha a ambição de fantasiar uma vida idêntica aquela de seus ídolos. A ironia destilada por Sofia Coppola no roteiro de sua própria autoria é o que o enquadra como um retrato da juventude de hoje. Aproveita-se de sua própria influência como artista autoral para reunir material cedido por estrelas hollywoodianas.  Ao conhecer a história podemos testemunhar figuras patéticas e daí vem o frio na barriga por elas serem assustadoramente frias.

Confira o trailer do filme

Embora a história seja fútil, achei um filme interessante até mesmo para uma análise do comportamento humano. Já assistiram ao filme?

Nostalgia natalina!

Bom dia, gente! As férias já chegaram para uns e certamente chegarão para outros, as festas de final de ano se aproximam, clima natalino, músicas de natal por todo o lado… Eu adoro, e vocês?  Hoje eu decidi falar sobre alguns filmes que são os meus preferidos para essa época. Quando eu era mais nova adorava quando chegava a época de Natal e a globo iniciava a programação natalina com filmes como “Esqueceram de mim (Home Alone)” na sessão da tarde.

home-alone-movie

Esqueceram de mim (1990)

Você provavelmente conhece a primeira versão do filme com o ator Macaulay Culkin. A história se passa em Chicago quando uma família inteira planeja passar o Natal em Paris. No meio de tantos irmãos, Kevin McCalister não se sente devidamente incluído no grupo, principalmente com as implicâncias fraternas.  Após uma discussão familiar causada por uma reação revoltada contra o bullying do irmão mais velho, Kevin é mandado para o “terceiro andar” – um sótão com cama – de castigo. Qual é a sua surpresa quando, após desejar que não tivesse família e acordasse sozinho no dia seguinte em casa, isso realmente acontece? Kevin, com apenas 8 anos, se vê obrigado a se virar sozinho! O garoto no começo acha o máximo, finalmente estaria livre para fazer o que quisesse. Kevin faz compras, cozinha e até age como um verdadeiro dono de casa. Apesar de estar aproveitando o momento, Kevin começa a se sentir sozinho. O Natal se passa com a família e ele estava sozinho, com saudades da família, que apesar de desnaturada por ter notado sua ausência já em Paris, era tudo o que ele tinha.

Esqueceram-de-Mim-2

O que ele não esperava no meio da aventura eram dois ladrões. Os dois capangas são os mesmos trapalhões das histórias infantis que poderiam ser serrados ao meio, mas voltariam inteiros para pegá-lo. As trapalhadas que os dois se metem tentando perseguir o garotinho que julgavam pobre e indefeso garantem risadas para você e toda a sua família. Já perdi a conta de quantas vezes assisti a esse filme, ele me traz um leve gostinho de saudades da minha infância. E como já era de se esperar de um filme como esse, o final é feliz!

Confira o trailer:

Qual é o seu filme preferido de Natal? Conte nos comentários!