Depois que muitas amigas minhas descobriram que eu tenho blog a pergunta frequente que eu costumo receber é como me visto melhor?. Acredito que o tempo é responsável e nos molda para termos mais liberdade de escolha e é aí que o nosso estilo começa a ficar mais refinado e valorizamos peças bonitas mais que sejam confortáveis independente da ocasião. ?

Em 2010, 6 anos atrás eu me vestia de uma forma completamente diferente. Eu preferia calça, blusas mais soltas e não abandonava o tênis. Atualmente, uso de tudo saia, short e vestido coisa que eu fugia na época, por motivos de não me sentir bem com estas peças. O que me fez mudar? Queria looks com visual moderno, descolado e que representassem a idade que eu tenho hoje.

Fiz bom uso de dicas simples que podem ser simplificadas no seu dia a dia. Se você gosta de mudanças, o final do ano tá aí pra isso. Aproveita para ousar mais, colorir aquilo que esteja apenas preto e branco e ser feliz vestindo o que você sempre teve vontade! ???

1) Crie uma pasta de referências

referencias

Eu resolvi criar uma pasta de roupas que eu gostaria que entrassem no meu guarda roupa. Daí, não queria meu computador lotado de fotos. O que eu fiz? Criei uma pasta lá no Pinterest e fui salvando blusas, vestidos, shorts, cores neutras e coloridas entre outras opções. No intuito de mudar a minha visão a respeito de determinada peça no meu corpo. Me lembro que eu tinha muita dúvida de como usar a blusa ombro a ombro, tá super em alta hoje em dia.

Depois de guardar algumas ideias por lá, resolvi reproduzir no meu look de acordo com as peças que eu já gostava. Um dia encarava com calça, alternava com saia, short e por aí fui conseguindo adaptar a peça no meu dia a dia. Isso vale para sapatos e acessórios, também viu? Certas roupas são um exercício e você tem que ir usando até tomar o gosto pela coisa. Então, arrisque-se!! ?

2) Preocupe-se com conforto e não com peças caras

conforto

Leva em mente isso com você para sempre. Compre roupas confortáveis, que te deixam leve e que não aperte aquela gordurinha chata. Se a peça for cara e não tem conforto é inútil pra você, não falo de marca aqui porque é pessoal e isso vai de cada um. Portanto descarte a ideia de comprar porque achou bonita na vitrine e quando você experimentou em casa ficou horrível.

Eu sou a rainha da indecisão e para eu levar uma peça que eu realmente goste e que fique confortável. Faço o seguinte: vou no provador, visto a roupa e fotografo. Se mesmo assim pintou aquela dúvida de levar ou não, vou para casa e no outro dia vejo se eu compro ou não.

É uma forma de valorizar o seu dinheiro e aprender a levar roupas que você realmente esteja precisando, não comprando por comprar, sabe? Ta aí outro exercício válido para fazer, sem consumismo exagerado! ?

3) Busque inspiração nas celebridades

celebs

Emma Stone, Blake Lively, Olivia Palermo, Gigi Hadid, Kendal Jenner, Khloe e Kim Kardashian, Taylor Swift, Vanessa Hudgens, são algumas famosas queridinhas de muita gente e que nos dão uma boa dose de inspiração, tanto para looks mais casuais como festivos. Gosto bastante de fazer o exercício da observação, pegar uma peça que eu tenho parecida no armário e montar o look igual ou pegar alguma outra referência, por exemplo, o nó na blusa e ir ajustando no meu look.

Se você quer looks modernos e diferentes para você, pratique o exercício da observação é gratuito e vai te ajudar na hora de comprar uma roupa nova e até mesmo se vestir para alguma ocasião. ??

Outras dicas para levar em consideração, apostar em cortes e tecidos de qualidade, como caimentos de roupas e de boa confecção. Abuse das lojas de departamento, eu sou daquelas que adora promoção, principalmente para roupas básicas do dia a dia. Daí aproveito que o final do mês tá chegando e passo nas lojas para encontrar achados valiosos e com preço bacana. É fã de brechós e bazares? Ótimos lugares para garimpar roupas clássicas.

Você se veste melhor hoje? O que gostaria de mudar no seu estilo mais não tem coragem?