Estava olhando o calendário e vi que falta poucos dias para sabermos qual será o filme premiado. Como ainda tem muitos filmes para resenhar, os posts serão mais rápidos e dinâmicos. O filme de hoje é A Chegada o motivo maior foi pelo fato da atriz Amy Adams ? do que pela própria história em si hahaha. A Chegada é uma ficção científica que faz jus a união e a comunicação, fatores primordiais em qualquer lugar.

O longa gira em torno de Ian Donelly (Jeremy Renner) e Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista convocada pelo governo americano para estabelecer contato com alienígenas de uma das 12 naves que pousaram no planeta terra. O medo e o pânico se instalam nas ruas e em toda a sociedade, as redes de televisão registram todo sentimento de medo e receio da população mundial em relação àquela visita. ???

É interessante notar, como Louise se revela ao longo dos acontecimentos, consegue manter a tranquilidade diante de um mistério grandioso não só por ela, como para o seu trabalho e para todos que estão a sua volta. No filme, percebemos a urgência comunicacional em todas as instâncias para entender de fato o que está acontecendo. Quando finalmente o grupo de pesquisadores consegue avançar os contatos com os extraterrestres o longa faz questão de mostrar que isso partiu de um esforço em conjunto com outras nações visitadas.

Ao mesmo tempo que essa trama inteira acontece, Louise é tomada com flashs frequentes por visões dela com a sua filha. No início do filme sua filha, aparece morrendo por causa de um câncer. Mas, afinal eles conseguem resolver o mistério da linguagem dos alienígenas com a sociedade? Deixo a resposta pra quem assistir!

O filme narra uma história interessante marcado por mostrar a comunicação e como entender o próximo para compreender a si mesmo, no fundo é uma reflexão importante para nós. Algumas cenas são bem paradas e isso me fez dormir em alguns momentos hahaha. Mesmo com a boa atuação de Amy o filme não entra na minha lista de favoritos. ?

 Confira o trailer:

 Já assistiram?