A Água Termal sem fragrância da Ruby Rose é o meu produto favorito do mês e hoje explico sua performance na minha pele.

aguatermalrubyrose

Acabei optando pela Água Termal sem fragrância porque a com fragrância tinha cheiro de coco. Além disso, não queria cheiro nenhum no rosto, porque eu enjoo muito fácil.

aguatermalhidratacao

“A Água Termal da Ruby Rose é especialmente para hidratar, suavizar e deixar a pele mais radiante. O uso diário suaviza os traços, minimiza os poros e proporciona luminosidade a sua pele. O produto possui ação refrescante antes e na hora da aplicação.”

Em primeiro lugar, eu usei o produto assim que lavava meu rosto em dias alternados, ao preparar a pele para começar a maquiagem e após a maquiagem pronta.

A Água Termal da Ruby Rose é criada em laboratório (os minerais são inseridos em sua composição) e possui zinco (0,935 mg/L) e sódio (11,520 mg/L).

aguatermalrubyrosemododeuso

A hidratação da água termal cumpriu acima de tudo seu papel, refrescando a pele e deixando macia. Não tive problemas com ardência e muito menos coceira. Nos dias que fiz maquiagem senti um viço incrível na pele.

Consequentemente, há outras águas termais que existem no mercado de beleza. E a da Ruby Rose deixa a desejar, porque não trata queimaduras, feridas, picadas de inseto além de alergias e acnes inflamadas.

águatermalnapele

Comprei a Água Termal sem fragrância na Glamour Cosméticos loja e paguei R$19.90.

Você já testou? Qual água termal usa?

A água termal fornece muito mais que hidratação, pois contém vários oligoelementos e propriedades que são utilizadas, inclusive, no tratamento de doenças dermatológicas. A água termal percorre uma grande área de terreno e vai arrastando do solo uma série de micronutrientes e minerais importantes. Quando é coletada na fonte, ela apresenta alta concentração e riqueza de combinação de micronutrientes com papel anti-inflamatório, antioxidante e cicatrizante.

 

Muita gente tem dúvida de quando usá-la. Vários estudos já elucidaram o potencial da água termal em tratamentos dermatológicos para diferentes ações, tais como: renovação celular, hidratação, cicatrização de feridas, efeito queratolítico, ação antibacteriana, antiacne, melhora de aspectos imunológicos, papel antioxidante e fotoprotetor e atividade anti-inflamatória.

Quando e como usar? – Com uma série de aplicações, a água termal pode ser utilizada até mesmo no cabelo e em queimaduras. Veja 8 usos, além da hidratação:

1- Pós-depilação: A água termal gelada (coloque antes na geladeira) ajuda a manter o pH da pele, tem efeito anti-inflamatório, anti-irritante e calmante, além de preparar a pele para receber o hidratante. Sobretudo após a depilação, em que a pele se encontra sensibilizada, o uso da água termal colabora para um processo de reposição desses oligoelementos, fundamentais para restabelecer a função de barreira da pele.

2- Após exercícios físicos: A água termal, além de refrescar a pele, ajuda a repor os oligoelementos e sais minerais perdidos pela transpiração e horas no sol, ajudando a manter o equilíbrio e a saúde da pele. Escolha águas termais em spray, podendo deixá-las na porta da geladeira, e borrifar no rosto várias vezes ao dia ou após as atividades físicas.

3- Para cicatrização: Por conta de ter essa concentração e sinergia de oligoelementos que são importantes com ação anti-inflamatória, reparadora da barreira cutânea, substâncias que induzem a comunicação celular, que fazem com que as células melhorem a capacidade de regeneração, ela tem uma ação importante anti-inflamatória e cicatrizante. Por esse motivo, é muito usada nos pós-procedimentos no consultório dermatológico, como pós-lasers e pós-peelings.

4- Pós-sol: Além de ingredientes anti-inflamatórios, a água termal conta com o silício, um antioxidante de primeira linha. Então, na verdade, há uma ação não só para pós-procedimento, pós-sol, mas também para patologias, para eczemas do tecido cutâneo.

5- Para amenizar as olheiras: Para esse uso, a embalagem tem que ficar na geladeira por alguns minutos e, em seguida, deve-se realizar uma compressa sobre a região arroxeada. A temperatura fria em associação aos ativos calmantes estimula a vasoconstrição, diminuindo o aspecto das olheiras. Esse processo pode anteceder o tratamento com cremes ricos em meiyanol, peptídeos, ácido hialurônico e antioxidantes associados a despigmentantes.

6- Para hidratação em ambientes secos: A água termal pode ajudar a manter a pele hidratada contra o ar seco do ar condicionado e mesmo viagens de avião. O tempo seco ajuda a retirar lipídeos e estimula a evaporação de água, o que diminui a hidratação da pele”.

7- No cabelo: Embora a absorção pelo fio de cabelo e do couro cabeludo seja menor que a da face, o uso da água termal no cabelo tem efeito benéfico principalmente em dias de muita exposição solar, ou de praia ou piscina, quando a água termal pode ser borrifada para remover o excesso de sal e cloro dos fios, imediatamente após os banhos de piscina e mar. Isso evita danos à ceramida do fio.

8- Em queimaduras por frutas: Em casos leves de queimaduras (na face ou nas mãos) por fitofotodermatose (ou seja, dermatoses causadas pelo contato com frutas cítricas ou extratos das plantas e posterior exposição ao sol), o uso da água termal é indicado após lavar abundantemente a área. Esse uso pode ser feito de três a quatro vezes ao dia, pois ajuda no alívio da sensibilidade e ardência.

Fonte: Dra. Kédima Nassif: Dermatologista e Tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. 

E aí, você já utilizou a água termal para alguma destas 8 dicas?