Quem aí, adora assistir filme de animação? Se você disse sim, então vai amar Procurando Dory. Assisti ele tem algumas semanas e acabei esquecendo de fazer resenha aqui no blog, sorte que fui relembrando dos últimos filmes assistidos, daí lembrei dele e nada melhor do que compartilhar aqui para vocês. 😀

Procurando-Dory

Depois de 13 anos que o primeiro filme foi lançado, recebemos de volta esta história tão fofa e incrível. Em Procurando Dory, o longa começa com a fofa da Dory ainda bebê e com seu problema de perda de memória recente. Seus pais são pacientes e tentam ajudar a filha a lembrar o maior número possível de informação, mas infelizmente Dory se perde e busca desesperadamente por seus pais e inevitavelmente acaba esquecendo do que procura.

Vemos como Dory encontrou Marlin e temos muitas referências de Procurando Nemo. Depois de tudo que Dory fez por Marlin e Nemo os dois acabam ajudando a protagonista e saem novamente cruzando o oceano, só que desta vez em busca dos pais de Dory. Claro que eles acabam se separando, o que provoca certa angústia em Dory, até porque ela não pode ficar sozinha. À medida que o filme vai reconstruindo as memórias da protagonista por meio dos flashbacks que ela tem, vai também mostrando o amadurecimento, força e determinação de Dory. 😉

novo-video-de-procurando-dory-ap

O filme tem um toque de aventura, comédia e jornada de autoconhecimento e apesar de não ser totalmente inovador em enredo, consegue arrancar boas risadas ao longo da história. É aquele tipo de animação que a gente se diverte, além disso, possui uma fotografia que impressiona e claro personagens super carismáticos.

Confira o trailer:

E você, já assistiu?

Essa semana vem com gostinho especial, isso tudo porque tem feriado e Páscoa, ou seja, um tempinho a mais pra você conferir o filme de hoje e de quebra com um chocolatinho do lado, tem coisa melhor? E se você curte os filmes da Pixar, vai adorar assistir O Bom Dinossauro, uma animação pra lá de emocionante, divertida e que brinca com a imaginação de crianças e adultos também.

Obomdinossauro

O filme conta a história de uma família de Apatossauros que vivem no meio oeste dos Estados Unidos. O pai Poppa e a mãe, Momma e seus filhos Buck, Libby e o pequeno, medroso e desajeitado Arlo formam essa família. E é pela visão de Arlo que acompanhamos todo o longa. Arlo, fica responsável em capturar uma criatura que vem comendo o estoque de comida da família para o inverno. A criatura na verdade é uma criança humana chamada Spot.

Arlo descobre a criatura e corre atrás dela e é neste momento que ele se perde da fazenda da família e dá início há uma nova aventura. Nesta nova jornada Arlo conta com a ajuda de Spot (o garotinho com características animalescas), mas enfrenta os próprios medos para tentar achar o caminho de volta para a casa. No trajeto eles passam por alguns problemas: inimigos ferozes e tormentas naturais atrapalham e muito a dupla que com o tempo acabam se tornando verdadeiros amigos.

ofilmeobom

O filme é inteligente e dinâmico e destaca analogias e ensinamentos importantes como coragem para enfrentar as adversidades, experiências, superação e o valor da amizade e o respeito com o outro. A trilha sonora é fofinha e intercala muito bem com as cenas e diálogos do filme. Assim como a animação como um todo o jogo de cores, paisagens e a fotografia é muito bem feita! Comecei o filme com um pé atrás, mas terminei querendo ser amiga do Arlo e Spot, vai entender hahah .

Confira o trailer:


Dizem que a animação tá em empate com Divertida mente, eu ainda não assisti, mas quero! Feliz Páscoa

E você, já assistiu?