Quem aí, adora assistir filme de animação? Se você disse sim, então vai amar Procurando Dory. Assisti ele tem algumas semanas e acabei esquecendo de fazer resenha aqui no blog, sorte que fui relembrando dos últimos filmes assistidos, daí lembrei dele e nada melhor do que compartilhar aqui para vocês. 😀

Procurando-Dory

Depois de 13 anos que o primeiro filme foi lançado, recebemos de volta esta história tão fofa e incrível. Em Procurando Dory, o longa começa com a fofa da Dory ainda bebê e com seu problema de perda de memória recente. Seus pais são pacientes e tentam ajudar a filha a lembrar o maior número possível de informação, mas infelizmente Dory se perde e busca desesperadamente por seus pais e inevitavelmente acaba esquecendo do que procura.

Vemos como Dory encontrou Marlin e temos muitas referências de Procurando Nemo. Depois de tudo que Dory fez por Marlin e Nemo os dois acabam ajudando a protagonista e saem novamente cruzando o oceano, só que desta vez em busca dos pais de Dory. Claro que eles acabam se separando, o que provoca certa angústia em Dory, até porque ela não pode ficar sozinha. À medida que o filme vai reconstruindo as memórias da protagonista por meio dos flashbacks que ela tem, vai também mostrando o amadurecimento, força e determinação de Dory. 😉

novo-video-de-procurando-dory-ap

O filme tem um toque de aventura, comédia e jornada de autoconhecimento e apesar de não ser totalmente inovador em enredo, consegue arrancar boas risadas ao longo da história. É aquele tipo de animação que a gente se diverte, além disso, possui uma fotografia que impressiona e claro personagens super carismáticos.

Confira o trailer:

E você, já assistiu?