Porque apostar na moda folk?

Vez ou outra algumas tendências aparecem do nada e vão ficando até ganharem destaque nos looks das fashionistas de plantão. Tenho achado a moda cada vez mais um batidão de (vai e volta) e muitas peças estão permanecendo por mais tempo no guarda roupa feminino. Isso é bom, pelo fato de conseguir atingir um público diversificado, aderindo peças exclusivas e criando múltiplos estilos. Além disso, aprendemos como nos vestir adaptando a moda como ela é moderna, democrática e confortável. Afinal, são estas características que procuramos em uma roupa, certo?

modafolk

Se voltássemos no tempo, digamos que uns 6 anos atrás talvez eu não gostasse tanto da moda folk como agora. Com o tempo amadurecemos nosso estilo, olhar e conhecimento sobre a moda e entendemos o processo dos tons, tecidos, estações e sua fonte principal a história por trás das peças que desejamos tanto nas vitrines. Inclusive depois de criar meu board no Pinterest (Boho Style) fiquei ainda mais apaixonada por este estilo que ao mesmo tempo é descolado, natural e despreocupado. Aproveitei para compartilhar com vocês o porque de apostar na moda folk, será que você vai aderir?

folk (1)

O estilo folk surgiu por volta dos anos 70 e naquela época a camisa jeans, calça flare, pantalonas, acessórios com franja, botas, tons vibrantes como vermelho, marrom e verde faziam parte desta atmosfera urbana. De uns tempos pra cá, podemos acompanhar algumas marcas de roupa (Zara, Forever 21, Riachuelo, C&A e Renner) trazendo novamente este estilo em roupas que valem o investimento como coletes, peças em couro, estampas étnicas, chapéus de vários formatos tudo com uma pegada mais natural e charmosa possível.

É lógico que você não precisa vestir como nas épocas passadas, até porque o folk é marcante e dependendo da quantidade de peças que você usa pode parecer uma produção caracterizada. Portanto, misturar tons e acessórios é uma forma de deixar o seu estilo com mais personalidade e ousadia. É importante lembrar – o folk é um referência que pode ser recriada e adaptada ao seu estilo.

modafolkddb

Outra forma de apostar na moda folk é pelo fato de montar looks para todo o tipo de ocasião desde o trabalho, passeio e as mais formais. Isso porque a cartela de cores é rústica e cheia de elementos, os tons predominantes são os terrosos, marsala, verde, azul e vermelho escuro. No trabalho, você pode investir nos vestidos longos, calça flare e blazer.

Para o passeio, escolha no máximo 2 peças para fazer parte do seu look como o top cropped, batas, quimono, chapéu, rasteirinhas e botinhas. Em ocasiões mais formais, abuse de calça ou short jeans, saia longa, cinto, anéis e bolsas que possuam formato estilosos ou até mesmo com estampas geométricas e étnicas.

Viu que a moda folk não é apenas para ser usada em festivais de música? Você pode usar sim no seu dia a dia, basta escolher os itens certos e compor o seu look, garanto que vai chamar atenção de muita gente por aí. 😉

Eu aposto demais neste estilo e você?

Vez ou outra tem sempre alguma peça de roupa, sapato, bolsa que acaba nos pegando de jeito. Uma delas que acabou ganhando meu coração aos pouquinhos foi o estilo boho, inclusive fui obrigada a criar um board no meu Pinterest específico só pra esta categoria. Encontrei tantas ideias e inspirações que eu acabei observando peças que não podem faltar para compor a produção e resolvi mostrar 5 maneiras de apostar no estilo. Vai para aqueles que preferem poucas peças ou o look completo, beleza?

Já estamos próximo do verão e é nesta hora que o estilo boho é o destaque da estação, seja nas roupas, acessórios e sapatos. Pra quem não tá sabendo a C&A acaba de lançar parceria com a Billabong com uma coleção total vibe praia, franjas e estampa étnica, espia aqui. Fica claro que o boho é super bem vindo para usar em festivais de música, mas pode ser muito bem usado no dia a dia, basta usar com peças mais sóbrias para não deixar a produção carregada demais.

boho

Estampas Étnicas – Reinam em boa parte dos looks boho, sejam aquelas ultracoloridas ou tons como branco, marrom. Você pode usar o conjunto completo étnico com short, blusa e casaquinho. Ou vale também usar apenas uma peça com algum tom sóbrio. Outra composição muito boa é com jeans e renda.

Franjas – “Alô galera de cowboy. Alô galera de peão”. É com essa belíssima canção dos anos 90 #sucessos #eucantava que vem em mente quando vejo franjas por aí. Eu curto bastante, mas não tenho nada no armário (ainda). Elas vão despencar em bolsas, coletes, kimonos e nas botinhas de cano curto. Se eu fosse você, eu apostaria!

Acessórios por todo lado – Nunca pensei que eu curtiria essa ideia de vários anéis nos dedos da mão. Tô curtindo, principalmente os anéis mais fininhos, o falenge e os de pedraria (verde, preto e azul, são lindas!). O mix de pulseiras no braço não fica atrás, vale abusar de cores e todos os modelos em couro, pedras e correntes prata e dourado. Os brincões coloridos e com franjas serão essenciais e não podem ficar de fora!

Sandálias – Como aqui no verão fica impossível investir nas botas de cano curto. Apesar de serem muita mais lindas para a produção. Podemos usar as sandálias de dedo como rasteiras, espadrille, birkens (estampadas, sim!) e gladiadoras (cano curto ou até o joelho). O segredo é manter o look mais leve possível.

Chapéu – Pouco usado aqui no Brasil, claro raras são as exceções. Mas, o chapéu é um item indispensável para complementar o estilo boho. Além de modelos e cores como o branco, marrom, preto ou palha. Os modelos do chapéu variam entre o panamá, cowboy, capeline e o tão queridinho fedora.

Outras peças que valem investir também são as batas branquinhas, óculos redondinho, bolsa de saco, calça flare e o cropped. 😀

E aí, vocês gostam do estilo boho ou não?