Olá pessoal, como estão? Mesmo durante esse período de férias os dias estão corridos. Mas hoje eu vou direto ao ponto. O filme de hoje é um dos que eu mais estava esperando o lançamento, por motivos de: Benedict Cumberbatch. Como uma boa fã de Sherlock eu comecei a acompanhar o trabalho dele e não podia deixar esse filme de fora. O Jogo da Imitação (The Imitation Game, 2014) é baseado em fatos reais e conta a história do pioneiro da computação, Alan Turing.

o jogo da imitação 1_

Em 1939 quando a Grã Bretanha declara guerra contra a Alemanha, o governo britânico monta uma equipe secreta para quebrar o Enigma, a máquina geradora de códigos que os alemães usavam para enviar mensagens aos submarinos. Um dos integrantes é o jovem Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático especialista em criptografia completamente focado em seu trabalho e com sérios problemas em se relacionar com as pessoas a sua volta. Com a aprovação de Winston Churchill, o primeiro-ministro da época, Turing logo se torna o líder da equipe.

O plano do matemático é construir uma máquina que calcula todas as possibilidades de codificação do Enigma em até 18 horas, de forma que o exército inglês receba todas as mensagens enviadas antes que a Enigma mude sua execução. Depois de alguns anos trabalhando em conjunto com a sua equipe, em especial com Joan Clarke (Keira Knightley), eles conseguem fazer “Christopher” (nome dado por Turing a máquina) fazer funcionar decodificando todas as mensagens alemãs. Entretanto, eles têm que tomar cuidado para que o exército alemão não descubra sobre a máquina e Turing tem que cuidar para que ninguém descubra sua homossexualidade, que era considerado crime na época.

o jogo da imitação 2_

Vou confessar que não sabia nada sobre Alan Turing até assistir esse filme e fiquei bem impressionada ao saber que a máquina que ele criou conseguiu diminuir a Segunda Guerra Mundial em dois anos. Inclusive eu e uns amigos conversamos um pouco sobre “o jogo da imitação”, a teoria criada por Turing que dá nome ao filme e que questiona se as máquinas são capazes de pensar da mesma forma que um humano. O que vocês acham?

Benedict Cumberbatch entrega mais uma atuação impecável e a indicação dele ao Oscar de Melhor Ator é muito justa. É difícil não se emocionar com toda a trajetória de Turing na ciência e como o “herói de guerra” terminou. Eu sou suspeita para falar da Keira Knightley então vou apenas registrar que ela está uma linda no filme e que eu adorei ela como a única mulher da equipe e enfrentando o preconceito de ser uma cientista mulher.

O Jogo da Imitação está concorrendo a oito Oscars. Entre eles, além de Melhor Filme, ele também foi indicado em Melhor Ator, para Benedict Cumberbatch e Atriz Coadjuvante para Keira Knightley.

Alguém já assistiu O Jogo da Imitação? O que achou?

Semana que vem tem mais e em dose dupla.

Beijos

Olá pessoal, como estão? Eu já estou ficando maluca, já que finalmente chegamos na minha parte favorita do ano que é lançamento de alguns CDs, volta de todas as séries que eu assisto, está perto do Natal, enfim, muitas das minhas coisas favoritas começam a acontecer em setembro e vão até o final do ano. Vocês também são assim?

mesmo se nada der certo 1_

Vou parar de enrolar, hoje eu estou aqui para indicar um dos melhores filmes que eu assisti nos últimos tempos. Mesmo Se Nada Der Certo (Begin Again, 2013) é um drama escrito e dirigido por John Carney, que estreou ano passado no Festival Internacional de Cinema de Toronto.

Gretta (Keira Knightley) é uma jovem compositora que se muda para Nova York com o namorado, Dave (Adam Levine) que começou a fazer sucesso no ramo musical. Após sofrer uma desilusão amorosa com ele, Gretta se vê sozinha e se muda para a casa de seu amigo Steve (James Corden), um músico não muito talentoso que se apresenta em alguns bares e nas ruas da cidade. Um dia, a convite do amigo, ela apresenta uma de suas músicas em um bar e lá ela conhece Dan (Mark Ruffalo), um produtor musical em decadência que acaba de ser demitido de sua própria gravadora.

mesmo se nada der certo 2_

Ao assistir a jovem cantar, Dan tem um epifania e percebe o potencial que Gretta tem como artista.  Ele então a faz uma proposta, a de gravar e produzir seu cd e transformá-la em uma estrela. Com um pé atrás ela aceita, mas o seu estilo musical é rejeitado na gravadora de Dan. Porém para não perder o talento da moça, Dan surge com a ideia de gravar o cd dela em espaços públicos de Nova York, como o metrô da cidade e o terraço de algum prédio. A dupla então contrata alguns músicos independentes e saem pela cidade para gravar o cd.

mesmo se nada der certo 3_

Mesmo Se Nada Der Certo foi uma grande surpresa para mim. Antes de assistir ao filme eu achava que era uma comédia romântica com cenário musical, porém quando tudo começou eu fui surpreendida pela bela voz da Keira Knightley e todo o drama que a personagem dela e o de Mark Rufallo estavam passando. A comédia no filme é só um detalhe. O filme é uma história sobre dar a volta por cima e sobre aceitação.

Não posso deixar de falar sobre a trilha sonora linda. A música aqui é quase uma personagem. O modo como ela une todos os personagens é perfeita. Tem uma cena específica que é de longe uma das minhas favoritas, que é quando Gretta e Dan compartilham o conteúdo de seus iPods. Eu achei essa cena tão verdadeira. Enfim, eu estou apaixonada por todas as músicas do filme.

Confira o trailer!

Alguém já assistiu Mesmo Se Nada Der Certo? O que achou?

Espero que gostem da indicação. Semana que vem tem mais!

Beijos