Ta aí uma meta que eu desejo cumprir durante este ano: ler mais! No ano passado, consegui concluir a lista com 14 livros lidos. Porém, este ano aumentei a meta para pelo menos 20 livros (espero ler muito mais!). Já que o ano é longo e muitos meses pela frente, nada melhor do que selecionar 12 livros para você ler este ano. Aproveitando que ainda estamos no finalzinho de Janeiro, (férias!) ou seja, dá pra começar uma nova leitura sim. Abaixo você confere 12 sugestões de leitura, vem comigo!

livroJFM

Um Lugar Na Janela – Martha Medeiros

Que tal começar com um livro de crônicas? E melhor, falar de um assunto que todo mundo ama: viajar! Martha Medeiros compartilha suas viagens feitas em várias épocas da vida, dos vinte poucos anos e sem grana, depois já mais estruturada ela continua a saga em busca de colecionar recordações e muitas experiências. Com um espírito aventureiro, a autora não deixa de viajar para lugar nenhum, seja com as amigas, o marido, as filhas ou até mesmo sozinha. Na época que eu li este livro desejei viajar para todos os lugares que ela conheceu, apaixonante! 

Divergente – Veronica Roth 

Gosta de trilogias? Gosto bastante de Divergente e aposto que você também. O livro se passa no futuro, mais precisamente em Chicago Futurista, a sociedade se divide em 5 facções – Abnegação, Audácia, Franqueza, Erudição e Amizade e se você não pertence a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão revela que ela é, na verdade, uma divergente, pois não responde às simulações conforme os testes são realizados. A história é inteligente e faz com que a gente se envolva mesmo. Adorei o primeiro e já estou em Insurgente. Aliás, o filme estreia em março né? Bora correr com a leitura!

Damas de Honra – Jane Costello 

Afim de boas risadas e muita confusão? É o que você vai encontrar nesta leitura! O livro conta a história de Evie Hart que aceita ser dama de honra de sua melhor amiga, ela percebe que isso é o mais perto de chegar ao altar. Até porque aos 27 anos, Evie nunca viveu um grande amor. Mas, parece que todos ao seu redor resolveram se casar, inclusive sua mãe. E só de pensar nisso, Evie treme com os inúmeros casamentos que tem pela frente e o medo de viver relacionamentos intensos. A leitura é muito divertida e a narrativa segue na linha de grandes autoras como Meg Cabot, Marian Keyes e Sophie Kinsella 😉

LivroAMJ

Não Há Silêncio Que Não Termine – Íngrid Betancourt

Procurando uma leitura intensa e em fatos reais? O livro conta a história de Ingrid Betancourt que relata seus anos como prisioneira na selva colombiana, sequestrada pelas FARC. Com uma descrição extremamente realista e rica em detalhes, a autora conta como foi pega e como foi viver durante anos em cativeiro, onde não conseguia mais ter forças e muito menos esperanças de ser resgatada. Impossível não se emocionar com as atrocidades vividas por Ingrid e pelos outros reféns. Chorei em vários momentos do livro ao ler o sofrimento de Ingrid e recomendo a leitura para quem gosta de história e reflexões.

Malas, Memórias e Marshmallows – Fernanda França

Seu sonho é fazer intercâmbio? Então, esta leitura é pra você! O livro narra a história de Melissa Moya uma jornalista, apaixonada por Lady Gaga (sua gata), sua família e amigos. Após ser despedida do trabalho no dia de seu aniversário ao chegar em casa ela conhece no elevador de seu prédio Theodoro Brasil, seu vizinho. Dando início a uma nova amizade, aos poucos os dois começam a revelar seus sonhos e um deles é o da jovem jornalista: viajar pelo mundo afora. Com uma mala na mão e seu amigo fotógrafo Theodoro topa embarcar no projeto “América sobre rodas”, uma aventura por diversas regiões dos Estados Unidos. Eu fiquei apaixonada pela história e me envolvi em cada lugar que a Melissa visitou. Foi como se eu estivesse vivendo a história da personagem, hehe!

O Silêncio da Chuva – Luiz Alfredo Garcia-Roza

Gosta de romance policial nacional? Senta aí, que a leitura é boa! Um executivo é encontrado morto com um tiro, sentado ao volante de seu carro no centro do Rio de Janeiro. Além do tiro, há outros sinais de violência. Ninguém viu e ninguém sabe de nada. O policial encarregado do caso, inspetor Espinosa, reflete sobre a vida (os casos e mortes). Ao desenrolar da história o inspetor encontra várias pistas até chegar ao culpado do crime. As narrativas do Luiz Garcia são despretensiosas e cheia de detalhes, sempre que eu leio um livro do autor fico louca pra saber o final.

LivroJAS

Sushi – Marian Keyes 

Está a procura da felicidade? É basicamente isto que a leitura se trata. Lisa Edwards é editora de revistas, acha que sua vida acabou, quando descobre que o seu novo emprego não passa de uma ordem de deportação para a Irlanda, com a missão de lançar a revista Garota. Ao chegar lá, Lisa conhece Ashling Kennedy, a editora assistente da revista e cheia de problemas, sendo um deles a ansiedade. E mais a frente, temos Clodagh, casada e com 2 filhos lindos, mas não se sente a melhor pessoa do mundo. Ao decorrer do livro, você descobre os motivos de insatisfação e diversão dos personagens mencionados. É um dos meus livros favoritos da Marian, divertido e ainda se passa na Irlanda. 

O Diário de Anne Frank – Anne Frank 

No ano de 1942 a 1944, a jovem Anne Frank escreveu em seu diário toda a tensão em que ela e sua família sofreu durante o período da Segunda Guerra Mundial. A narrativa é intensa e triste e há detalhes do medo aterrorizante e quando eles foram descobertos pelos nazistas e deportados para os campos de concentração. Não tem como se envolver com uma história tão emocionante e realista como esta, chorei litros em várias partes do livro.

O Diário de V, o caso de amor – Debra Kent

Procurando um romance com boas doses de ensinamento? Pois no diário de V é possível. A narrativa começa interrogando: Qual seria sua reação ao constatar que seu casamento, estável começa a desmoronar? E se o seu marido sinalizasse que não deseja mais? Afinal, o que é mais importante? A felicidade pessoal ou o bem-estar da família? O livro envolve várias questões sobre angústias e medos comuns de qualquer mulher que vê seu mundo ameaçado. Uma leitura fantástica pra quem quer dar a volta por cima!

LivroOND

O Livreiro de Cabul – Âsne Seierstad

Eu adoro leituras com esta proposta e recomendo o livro para quem curte este estilo também. A jornalista norueguesa Asne Seierstad, produziu esta narrativa mostrando os aspectos do país que poucos estrangeiros testemunhariam a queda do regime talibã. O livro mostra a história de Sultan Khan, um livreiro de Cabul, que obteve o privilégio de transitar entre o universo feminino e masculino de uma sociedade islâmica fundamentalista. Preso e torturado durante o regime comunista, Sultan Khan teve sua livraria invadida e parte dos livros queimados, mas alimentava o sonho de ver seu acervo de 10 mil volumes sobre história e literatura afegã transformar-se no núcleo de uma nova Biblioteca Nacional.

Nada Dura Para Sempre – Sidney Sheldon

Foi o meu primeiro livro lido do autor e é um dos meus preferidos. O livro conta a história de Kat Hunter, Betty Taft (Honey) e Paige Taylor as únicas mulheres em um grupo de médicos residentes de um hospital em São Francisco. As 3 dividem o mesmo apartamento e protagonizam situações inusitadas, a primeira por pouco não provoca a interdição do hospital; a segunda mata um doente em troca de 1 milhão de dólares; e a terceira é assassinada. Carregado de mistérios e suspense, a trama circula sobre assuntos como medicina, mafiosos, pacientes e viciados em drogas.

O Futuro da Humanidade – Augusto Cury

Uma revelação: eu tinha muito preconceito com livros de auto ajuda, mas depois de ler Augusto Cury os pensamentos mudaram (ainda bem!). Marco Polo, ao entrar na faculdade cheio de sonhos e expectativas, se depara com uma realidade dura: a falta de respeito e sensibilidade dos professores em relação aos pacientes com transtornos psíquicos, que são marginalizados e tratados como se não tivessem identidade. Ao decorrer do livro o jovem desafia profissionais internacionais para provar que os pacientes com problemas merecem atenção, respeito, dedicação e menos remédios. Tirei boas lições e guardei pra vida as reflexões do seu Cury.

Se você quiser conferir a resenha completa destes livros acima. Basta, clicar ali em cima no menu principal “Livros” e ler todas as resenhas dos livros mencionados no post. 😉

Aproveito e deixo o desafio #leituradebrilho insira esta tag no livro que estiver lendo na sua foto do Instagram. Quem sabe sua foto não aparece aqui no blog? Valendo hein! Segue a gente ó @Diadebrilho

E aí, qual livro você quer ler este ano desta lista?