Não há segredo! Quem deseja ter uma pele perfeita precisa tirar alguns momentos do dia para cuidar dela. Sol, poluição e vento são umas das exposições diárias que a pele sofre. Independente da faixa etária todas possuem um mesmo objetivo: manter a pele com aspecto saudável. Para isso, a biomédica Luciana Godinho, especialista em estética facial e corporal explica: “Independente da faixa etária é importante retirar a maquiagem, abusar do uso de protetor solar (desde a infância) e beber muita água.”

 

peleaos20anos

Aos 20 anos

Não ache que a pouca idade possa ocasionar na isenção de cuidados. Aos 20 anos a ocorrência de acne é maior por conta da pele oleosa ou mista comum nessa faixa etária. A biomédica dá uma dica para combater o problema: “Para combater a oleosidade é importante usar produtos para o problema, por exemplo, sabonetes antioleosidade são uma ótima alternativa”.

Além disso, Dra. Luciana alerta que a hidratação de acordo com o tipo de pele é um grande aliado para a prevenção nesse período.

peleaos30anos

 

Aos 30 anos

Apesar de os 30 anos ser considerado hoje os novos 20, chegar nessa idade ainda deixa muitas mulheres, literalmente, de cabelo em pé. O surgimento de rugas, marcas de expressão, manchas na pele e até flacidez, que são um grande pesadelo para o universo feminino, ficam mais acentuados a partir dos 30 e por isso, essa fase requer cuidados. Mas não precisa se desesperar, dá para se manter linda e jovem mesmo assim, basta mudar os cuidados que tinha antes e começar a realizar atividades específicas para a nova fase.

Dra. Luciana Godinho explica que os cuidados com a pele devem ser redobrados a partir dos 30 anos. Segundo a especialista, é nessa idade que o corpo começa a sentir deficiência na produção de colágeno, o que em consequência favorece o surgimento de flacidez, rugas, marcas de expressão entre outros. Por isso, é necessário um cuidado especial.

“Não precisa ficar desesperada, porque para tudo hoje em dia tem jeito. Basta investir em cremes específicos para a hidratação da pele e em procedimentos estéticos como os Peelings”, explica Luciana.

peleaos40anos

 

A partir dos 40

A dermatologista Andréa Sampaio da clínica dermasense menciona que nessa fase a pele está mais madura, mas ainda assim pode ser oleosa e deve ser hidratada com produtos leves, de textura em gel, creme ou sérum, preferencialmente à noite. O protetor solar deve ter textura seca para evitar o brilho e o surgimento de acne.

Para amenizar rugas e pés de galinha a dermatologista explica: “O melhor procedimento para amenizar as rugas periorbitais, os chamados “pés de galinha” é a toxina botulínica. A região deve ser também hidratada com produtos apropriados para esta área e protegida da radiação UV.”

peleaos50anos

 

 A partir dos 50

Assim como aos 40, a pele aos 50 anos está mais madura e é necessário cuidado diário domiciliar, como hidratação, produtos anti envelhecimento, além da proteção contra poluição e radiação UV. É importante usar produtos sem sabão, ou com baixo poder detergente, como cremes de limpeza. O uso de esfoliante deve ser esporádico, no máximo 1 vez a cada 15 dias para evitar irritações e ressecamento.

No consultório dermatológico há diversos recursos que podem ser usados nesta faixa etária para manter a pele jovem e a auto estima dos pacientes. Um ótimo exemplo é a toxina botulínica que alivia rugas e suaviza as expressões. Há ainda os bioestimuladores, que promovem resultados naturais e os preenchedores, além de peelings e tratamentos a laser, que são ótimos auxiliares na prevenção do envelhecimento da pele, explica Andréa.

E você, cuida da sua pele?