Pesquise aqui...
TOP
Livros

Mais Meg Cabot, por favor!

megcabot

Olá gente linda, como vocês estão? Todo mundo de férias, dormindo 12h seguidas e sendo feliz? Queria isso pra mim, mas esse negócio de estudar pra concurso acabar com a nossa vida. Enfim, vamos falar de coisas boas. Essa semana eu resolvi sair da minha zona de conforto e resolvi indicar livros para vocês.

Quem nunca ouviu falar de Meg Cabot? Se você não sabe quem é, por favor, sente-se ali no cantinho e pense sobre o que você tem feito na vida. Okay, estou brincando, mas sempre vou achar muito estranho alguém me falar que não conhece a fofíssima da Meg. Ela é definitivamente a minha escritora favorita. Já li tantos livros dela que foi até difícil escolher de quais eu falaria hoje. Resolvi falar de uma das minhas séries favoritas, a do garoto.

livros meg cabot

1 – O Garoto da Casa ao Lado (2004)                                                             

Esse livro conta a história de Melissa Fuller, uma jornalista de celebridades que está prestes a perder o emprego por conta de seus diversos atrasos. Numa certa manhã, Mel está atrasada pela 37ª vez, mas dessa vez ela tem uma desculpa muito boa: ela estava socorrendo Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos, que entrou em coma por ter levado uma pancada na cabeça após um misterioso atentado. Mel, como uma boa jornalista, já enxerga esse caso como um gancho para uma grande matéria sobre as velhinhas indefesas de Nova York. Ela faz de tudo para que seu editor publique a matéria, mas antes disso ela precisa entrar em contato com o sobrinho da senhora Friedlander, Max Friedlander, que supostamente estava no apartamento para cuidar dos bichinhos da velhinha. O que Mel não sabia era que quem estava no apartamento para tomar conta de tudo era John Trent, um rapaz muito bem apessoado que abdicou da fortuna da família para ser repórter polícia no jornal concorrente ao de que a moça trabalha. John estava devendo alguns favores para Max e por isso concordou e ficar no apartamento fingindo ser o sobrinho de Helen por algum tempo. Mel consegue marcar uma entrevista com Max, que na verdade é o John, e a partir daqui ela começa a ter diversos problemas.

2 – Garoto Encontra Garota (2006)

Nesse livro nós conhecemos Kate Mackenzie, assistente da diretora do RH, a TPM (Tirana, Perversa e Maldosa), mas também conhecida como Amy Jenkins. Atualmente a moça mora no sofá da amiga Jen, tudo porque o seu ex-namorado que a enrolou por dez anos se recusou a assumir um compromisso mais sério para viver um dia de cada vez (YOLO! Haha). Como se a vida de Kate não pudesse piorar, a TPM manda ela demitir a funcionária mais fofa da empresa, a doceira Senhora Lopez, que resolve processar Kate e o jornal por demissão sem justa causa. O tribunal é definitivamente o último lugar onde alguém esperar encontrar o amor, mas foi bem lá que o amor encontrou Kate. Mitchell Hertzog o advogado que representa o jornal onde ela trabalha. Kate odeia advogados, só que esse advogado em especial tem um corpo escultural e lábios muito fortes. Um dos motivos para ela detestar advogados é a falta de escrúpulos deles, principalmente quando ela é demitida por isso.

3 – Todo Garoto Tem (2007)

Aqui nós conhecemos o casal Holly e Mark que marcam uma viagem que tinha tudo para dar certo. Os dois decidem fugir para se casar em uma vila no interior da Itália, tentando evitar o conflito entre as famílias devido à diferença de religião entre elas. Para acompanhá-los como madrinha, dama de honra, melhor amiga e tudo mais, a cartunista Jane Harris, um jovem divertida que está super empolgada com a sua primeira viagem ao exterior. E como padrinho e melhor amigo, Mark convidou Cal Langdon, um jornalista internacional que passou os últimos anos em campos de guerra e vários lugares inóspitos. No aeroporto os dois já passam a se odiar profundamente. Enquanto Jane acha o jornalista um chato, um cínico que não acredita em amor e nem conhece o gato que é o personagem de quadrinhos criado por ela, a impressão que Cal tem da moça é que ela é uma mulher maluca cujo fato mais interessante que ela sabe sobre o Coliseu é que a Britney Spears gravou o comercial da Pepsi lá. O que ninguém esperava era que somente esses dois pudessem salvar o casamento de seus melhores amigos, que ficam doentes e não conseguem toda documentação necessária, para isso eles resolvem abandonar os problemas que têm um com o outros e ajudam os amigos a realizar o sonho de se casarem.

Os três livros da Meg são escritos em forma de e-mails, memorandos e diários. Todas as histórias são independentes uma das outras, ou seja, não importa a ordem na hora de ler. A única coisa que conecta os livros são os personagens, os protagonistas de um dos livros podem aparecer como secundários em outro. Visto que quase todos trabalham no mesmo jornal, o New York Journal.

A leitura deles é uma delícia. Lembro de ter demorado 1 dia lendo cada um. A Meg sabe como ninguém escrever comédias românticas leves e divertidas. O meu favorito é o Todo Garoto Tem, já que a dupla se odeia é hilário ver o jeito que Cal fala da Jane e vice versa, é possível gargalhar muitas vezes.

Gostaram das indicações? Já conheciam essa série ou algum dos livros? Semana que vem tem mais.

Beijos.

Dia de Brilho

«

»

4 COMENTÁRIOS

  • Diise

    Que bacana!
    Adorei a seleção de livros dela!

    Li o primeiro e achei fofíssimo *-*

    • Wanessa

      que bom q curtiu Diise 🙂

  • Luísa Spala

    Não li esses livros, mas conheço a Meg de outras obras. 😉

    Bjs

    • Luísa Spala

      Ah, meu blog é luipimenta.blogspot.com.br espero você lá! ;D

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.