Olá pessoal, como estão? Alguém aqui assiste The Flash? Tudo bem eu dar uma leve surtada aqui pela season finale que passou semana passada? Gente, o que foi aquilo? Que episódio! Duro saber que vou ter que esperar até outubro para saber o que aconteceu. Enfim, não vou ficar enchendo ninguém, até porque deve ter gente que não aguenta mais ouvir falar sobre essas séries de super heróis. Hoje eu estou aqui para indicar o filme que assisti também semana passada e adorei. Mad Max – Estrada da Fúria (Mad Max – Fury Road, 2015) é um filme de ação e ficção pós-apocalíptica estreou a pouco nos cinemas e é a continuação da trilogia original dos anos 1980.

mad max 1_

Em um futuro distante quando todos estão guerreando por combustível e água, Max Rockatansky (Tom Hardy) está fugindo de sua antiga vida quando é capturado por um grupo de uma pequena cidade no meio do nada dominada pelo tirano Immortan Joe (Hugh Keays-Byrne). Max então passa a ser usado – literalmente – como uma bolsa de sangue para soldados feridos. Quando a Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) se rebela contra a tirania do pai e foge com as mães de seus filhos, para levá-las a um lugar melhor, o Senhor da Guerra reúne seu exército para ir atrás da moça e recuperar sua “carga” valiosa. Sem querer, Max vai parar no meio dessa perseguição por ser o “doador” de sangue do jovem Nux (Nicholas Hoult), um dos soldados. No meio da busca por Furiosa, Max consegue fugir e se junta a rebelde para fugir de Immortan Joe.

mad max 2_

Quando Mad Max terminou a única palavra que eu conseguia usar para definir o filme era insano. Gente é insano! Eu assisti o filme em 3D então isso meio que aumentou o meu grau de loucura quanto ao filme. Chegou um ponto em que eu achei que minha cabeça fosse explodir. É muita coisa acontecendo. A ação não para por um segundo, não dá tempo de superar alguma coisa que aconteceu porque outra já está acontecendo. Tem umas coisas bem loucas, como um cara preso na frente de um carro tocando guitarra a todo momento.

O que dizer desse elenco maravilhoso? Bom, eu tenho uma queda pelo Tom Hardy então meio que confesso que ele foi a minha maior motivação para assistir, mas devo dizer que quem chutou muitas bundas mesmo foi a rainha da Charlize Theron. A personagem dela praticamente rouba todo o protagonismo para si e isso é maravilhoso. Sério, que mulher. Eu inclusive agradeço a existência dela sempre que posso, já que ela me ajudou bastante quando eu estava me formando na faculdade. Um dos filmes dela foi o tema da minha monografia. E Nicholas Hoult querido, quando ele apareceu eu nem reconheci, mas depois eu quase gritei dentro do cinema. O papel dele é maravilhoso e importante para a trama.

FURY ROAD

Como eu disse lá em cima esse é o quarto filme da franquia Mad Max, mas isso não quer dizer que é totalmente necessário você assistir aos outros três para entender a história. Eu não assisti e achei bem tranquilo, mas agora já estou procurando um tempo para poder conferir a trilogia.

Mad Max – Estrada da Fúria está nos cinemas e vale muito a pena conferir.

Alguém já assistiu algum filme da franquia? Já assistiu ao mais novo? O que achou?

Espero que gostem. Semana que vem tem mais!

Beijos

Olá pessoal, como estão? Parece que tem uma vida desde a última vez que eu apareci por aqui, mas tem só um mês. Ainda da tempo de comentar os feriados? Como foram? E o dia das mães? Enfim, hoje eu estou aqui para indicar um filme que eu assisti há pouco tempo. Deixa Rolar (Playing It Cool, 2015) é uma comédia romântica estrelada por Chris Evans.

AMST-2174.cr2

O Narrador (Chris Evans) é um escritor de ação, mas seu agente decide que agora é o momento dele escrever uma comédia romântica para ficar mais conhecido, porém ele é completamente desiludido e não acredita no amor e só teve experiências fracassadas. Até que um dia, durante um jantar de caridade, ele conhece Ela (Michelle Monaghan), aquela que dentre todas as mulheres que ele já conheceu consegue tirar o seu fôlego. Ele então fica meio obcecado pela moça e começa a procurá-la em todas as festas de caridade da cidade fingindo ser um grande filantropo. Quando finalmente a encontra ele descobre que ela está noiva e para não se separar dela, ele aceita ser apenas o amigo.

playing it cool 2_

Deixa Rolar tem o Chris Evans gente. Não é mistério pra ninguém que ele é benção, então aí tá o primeiro motivo para conferir e dar uma chance para o filme.  Sem brincadeira agora, é bom ver algo recente do moço onde ele é uma pessoal normal e usando roupa comuns e não só o uniforme de vingador. E aqui ele está um querido. É fofo ver ele todo desesperado para achar a moça e tendo diversos sonhos com a mesma. E nós conhecemos também o “coração partido” dele, que nada mais é do que um Chris Evans sofrido quase em preto e branco que sempre aparece para mostrar como ele fica pior toda vez que a moça o lembra que eles são apenas amigos.

Outra coisa legal em Deixa Rolar são os amigos do Narrador, que o conhecem bem e sabem que ele não é o mais experiente no assunto amor e o ajudam a perceber que de fato ele está gostando da moça mais do que ele já gostou de alguém na vida e que eles serem amigos não é a melhor ideia que ele já teve. E alguns dos amigos dele também servem como uma consciência sempre o incentivando a tentar conseguir a garota.

Se não adiarem a estreia, o filme chega no Brasil no dia 11 de Junho. Mas se não quiserem esperar já sabem…

Alguém já assistiu Deixa Rolar? O que achou?

Semana que vem tem mais!

Beijos