Olá pessoal, como estão? Gostaram dos resultados do Oscar? Eu adorei e até cheguei a ficar emocionada com alguns vencedores e seus discursos. Para hoje eu trouxe o filme que ganhou a estatueta de Melhor Animação. Operação Big Hero (Big Hero 6, 2014) é uma comédia de ação e aventura da Disney, baseada nos quadrinhos homônimos da Marvel.

operação big hero 1_

Hiro Hamada é um gênio da robótica de apenas 13 anos que passa o seu tempo livre em lutas de robôs na cidade de San Fransokyo. Seu irmão mais velho, Tadashi, preocupado de que o garoto esteja desperdiçando seu potencial com coisas inúteis o leva para uma visita ao laboratório de robótica da faculdade onde estuda. Hiro então conhece os amigos do irmão e Baymax, o robô enfermeiro que Tadashi criou. Empolgado com as oportunidades que a faculdade pode proporcionar, Hiro logo se interessa em tentar uma vaga, mas para isso ele precisa de um projeto muito bom para conseguir a matrícula.

operação big hero 2_

Hiro apresenta sua grande invenção para o Professor Callaghan e impressiona a todos com os seus Microbots, mini robôs que juntos formam tudo que se imaginar. E assim ele consegue a tão desejada vaga. Porém a noite que deveria ser de comemoração, se transforma em tragédia quando um incêndio ocorre no salão de apresentações e Tadashi acaba morrendo enquanto tenta salvar o Professor. Hiro se isola de todos e sem querer encontra auxílio através de Baymax, mas quando acontecimentos estranhos começam a ocorrer na cidade, eles se unem aos amigos de Tadashi e juntos começam a lutar contra o vilão mascarado.

operação big hero 3_

Antes de tudo já vou falar que nem fiquei feliz de Operação Big Hero ter ganhado o Oscar. Não me entendam mal, eu adorei o filme, mas eu estava torcendo muito para Como Treinar o Seu Dragão 2 que, na minha humilde opinião, merecia bem mais. Mas enfim, já passou. Operação Big Hero é muito divertido, é impossível não terminar o filme desejando ter um Baymax para chamar de seu.

A história é bem estilo Marvel. Quem gosta de filmes de super-herói vai com certeza adorar esse. Tem ação, aventura, comédia e drama na medida certa. A amizade inesperada de Baymax com o Hiro é bem legal de se assistir, afinal Baymax é um robô inflável criado para cuidar das pessoas, ele não tem noção de nada além disso, então é interessante ver o desenvolvimento deles. É daquelas animações que você não pode deixar de assistir.

Alguém já assistiu Operação Big Hero? O que achou?

Semana que vem tem mais!

Beijos

Maratona Oscar: Birdman

Olá pessoal, como estão? Ansiosos para o Carnaval? Mais um tempinho de descanso, quem não gosta? Essa semana a nossa maratona do Oscar vai ser em dose dupla, amanhã tem mais filme para todo mundo. Hoje eu trouxe um dos queridinhos dos críticos. Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) é dirigido pelo mexicano Alejandro González Iñarritu e teve sua estreia no Festival Internacional de Veneza.

birdman 1_

No início dos anos 1990, Riggan Thomson (Michael Keaton) era Birdman, um super-herói de muito sucesso nos cinemas. Quando desistiu de estrelar o quarto filme da franquia, sua carreira caiu em um total ostracismo e ele passou a ser lembrado apenas como o herói dos cinema. Anos depois afim de buscar reconhecimento como ator e mostrar que ainda tem potencial, ele decide escrever, dirigir e protagonizar uma adaptação de um conto de Raymond Carver para a Broadway.

Entretanto durante os ensaios um de seus atores principais sofre um acidente e Riggan aceita a sugestão de Lesley (Naomi Watts) de contratar Mike Shiner (Edward Norton), um ator problemático, mas que está em evidência na mídia e pode arrecadar mais público para a peça. Quando percebe que Shiner é perfeito para o papel, Riggan começa a ter que lidar com a pressão de seu empresário e advogado, Brandon (Zach Galifianakis) que quer que tudo dê certo; com Sam (Emma Stone), sua filha deslocada; com a ex-esposa e com todos os problemas que ocorrem durante os ensaios e as prévias antes da grande estreia. E no meio de toda tensão, a voz de seu alter ego – Birdman -, começa a atormentá-lo tentando o convencer que ele é na verdade o super-herói dos cinemas.

birdman 2_

Eu gostei bastante de Birdman. Ele pode ser um pouco confuso já que muita coisa acontece ao mesmo tempo. As batidas no fundo e a impressão de que o filme foi gravado em um único take pode cansar um pouco. Mas acho que foi bem isso que me prendeu ao filme. Eu gostei de ver os bastidores da Broadway, gostei de ver quase todo o filme acontece nos corredores do teatro. A fotografia e edição de som são excelentes. As batidas mais fortes ao fundo acontecem nos momentos certos.

A história também é ótima. É uma boa crítica a Hollywood e como atualmente a preocupação em ganhar dinheiro vem se sobressaindo a criar algo de qualidade para o público. A enorme quantidade de franquias que estão no ar agora é o exemplo disso e durante o filme eles citam várias. E nem vou falar como achei irônico ver Michael Keaton interpretando o ex-Birdman (COFCOFBatmanCOFCOF) que após o terceiro filme da série sua carreira começou a decair.

Birdman está concorrendo a nove Oscars. Entre eles, além de Melhor Filme, ele também foi indicado em Melhor Ator, para Keaton; Ator e Atriz Coadjuvante para Edward Norton e Emma Stone.

Alguém já assistiu Birdman? O que achou?

Amanhã tem mais.

Beijos

Responde a pesquisa do blog, pra mim? Aqui ó

Olá pessoal, como estão? Mesmo durante esse período de férias os dias estão corridos. Mas hoje eu vou direto ao ponto. O filme de hoje é um dos que eu mais estava esperando o lançamento, por motivos de: Benedict Cumberbatch. Como uma boa fã de Sherlock eu comecei a acompanhar o trabalho dele e não podia deixar esse filme de fora. O Jogo da Imitação (The Imitation Game, 2014) é baseado em fatos reais e conta a história do pioneiro da computação, Alan Turing.

o jogo da imitação 1_

Em 1939 quando a Grã Bretanha declara guerra contra a Alemanha, o governo britânico monta uma equipe secreta para quebrar o Enigma, a máquina geradora de códigos que os alemães usavam para enviar mensagens aos submarinos. Um dos integrantes é o jovem Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático especialista em criptografia completamente focado em seu trabalho e com sérios problemas em se relacionar com as pessoas a sua volta. Com a aprovação de Winston Churchill, o primeiro-ministro da época, Turing logo se torna o líder da equipe.

O plano do matemático é construir uma máquina que calcula todas as possibilidades de codificação do Enigma em até 18 horas, de forma que o exército inglês receba todas as mensagens enviadas antes que a Enigma mude sua execução. Depois de alguns anos trabalhando em conjunto com a sua equipe, em especial com Joan Clarke (Keira Knightley), eles conseguem fazer “Christopher” (nome dado por Turing a máquina) fazer funcionar decodificando todas as mensagens alemãs. Entretanto, eles têm que tomar cuidado para que o exército alemão não descubra sobre a máquina e Turing tem que cuidar para que ninguém descubra sua homossexualidade, que era considerado crime na época.

o jogo da imitação 2_

Vou confessar que não sabia nada sobre Alan Turing até assistir esse filme e fiquei bem impressionada ao saber que a máquina que ele criou conseguiu diminuir a Segunda Guerra Mundial em dois anos. Inclusive eu e uns amigos conversamos um pouco sobre “o jogo da imitação”, a teoria criada por Turing que dá nome ao filme e que questiona se as máquinas são capazes de pensar da mesma forma que um humano. O que vocês acham?

Benedict Cumberbatch entrega mais uma atuação impecável e a indicação dele ao Oscar de Melhor Ator é muito justa. É difícil não se emocionar com toda a trajetória de Turing na ciência e como o “herói de guerra” terminou. Eu sou suspeita para falar da Keira Knightley então vou apenas registrar que ela está uma linda no filme e que eu adorei ela como a única mulher da equipe e enfrentando o preconceito de ser uma cientista mulher.

O Jogo da Imitação está concorrendo a oito Oscars. Entre eles, além de Melhor Filme, ele também foi indicado em Melhor Ator, para Benedict Cumberbatch e Atriz Coadjuvante para Keira Knightley.

Alguém já assistiu O Jogo da Imitação? O que achou?

Semana que vem tem mais e em dose dupla.

Beijos

Olá pessoal, como estão? Eu estou ótima e voltou a chover nessa cidade, então valeu aí ao responsável pela dança da chuva. A partir de hoje, toda sexta-feira até o final de semana do Oscar, eu e a Carol vamos fazer as resenhas dos indicados na categoria de Melhor Filme. Esse ano oito filmes foram indicados, então eu espero que gostem. E ah, só lembrando que um dos indicados já ganhou post aqui no blog, para quem não lembra eu falei sobre O Grande Hotel Budapeste ano passado, só clicar aqui para reler.

A Teoria de Tudo (The Theory of Everything, 2014) é baseado no livro Traveling to Infinity: My Live With Stephen de Jane Wide Hawking, ex-esposa do astrofísico Stephen Hawking.

a teoria de tudo 1_

Em 1963 durante uma festa da universidade o jovem Stephen Hawking (Eddie Redmayne) conhece a estudante de literatura Jane Wilde (Felicity Jones) e os dois logo sentem uma grande afinidade. Enquanto Hawking se concentra mais em seu novo relacionamento, seus amigos e o professor do doutorado ficam preocupados com a falta de tema para a sua tese. Um dia Stephen e seu professor vão a uma palestra sobre buracos negros e pela primeira vez ele percebe que não é mais capaz de andar tão rapidamente e no mesmo dia ele começa a formar sua teoria sobre a criação do universo. Aos 21 anos, durante sua pesquisa, os músculos de Hawking travam fazendo com que ele caia e bata com a cabeça. Durante os diversos exames no hospital, ele descobre que tem a doença do neurônio motor, também conhecida como esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma rara doença degenerativa que paralisa todos os músculos do corpo, sem atingir as funções cerebrais.

a teoria de tudo 2_

Stephen então começa a se isolar de todos – já que seu médico lhe deu apenas mais dois anos de vida – para se concentrar em sua pesquisa e concluir tudo antes de morrer. Jane vendo a situação do amado decide que não irá se separar dele e que o ajudará em tudo que for necessário. Os dois se casam e com o tempo Hawking vai ficando cada vez mais debilitado por causa da doença, tendo sua fala prejudicada e necessitando do uso de uma cadeira de rodas para se mover. Após o nascimento do terceiro filho do casal, Stephen contrai uma pneumonia muito forte por conta do agravamento da ELA, e após uma traqueostomia perde completamente a habilidade de falar ele então começa a utilizar um sintetizador de voz para se comunicar.

a teoria de tudo 3_

Já vou começar falando que se Eddie Redmayne não ganhar o Oscar de Melhor Ator eu desisto da premiação. Porque essa é uma atitude muito madura da minha parte. Mas falando sério agora, eu terminei esse filme quase batendo palmas de pé. Além de ser uma história maravilhosa, a atuação do Eddie Redmayne (meu eterno Marius de Les Misérables <3) está impecável. O trabalho e delicadeza dele como Stephen Hawking é impressionante. Felicity Jones também está uma linda e acredito que ela passou bem toda a luta da ex-esposa de Hawking.

A Teoria de Tudo é um filme triste, mas ao mesmo tempo não. Porque mesmo já bem debilitado por conta da doença, mostra como o Stephen Hawking passou por cima de tudo e quase de todos e lançou seus estudos e suas teorias. E não deixou que a ELA acabasse com toda a genialidade dele. E olha, para quem no início tinha apenas mais dois anos de vida, Hawking está muito bem obrigada. O astrofísico completou recentemente 73 anos e segundo o filme não tem planos para uma aposentadoria.

Além de Melhor Filme, A Teoria de Tudo está concorrendo também em outras quatro categorias no Oscar, entre elas as de melhor ator e atriz. E o filme já ganhou o Globo de Ouro de Melhor Trilha Sonora e o Eddie Redmayne ganhou de Melhor Ator de Drama.

Espero que gostem da indicação. Semana que vem tem mais com a Carol!

Beijos

Olá pessoal, como estão? A minha semana foi bem corrida, mas ok. Hoje, finalmente, é sexta-feira e eu só quero descansar. Acho que quem acompanha meus posts desde o início sabe que eu amosou filmes de romance recheados de clichês e tudo mais, pena que isso não aconteceu com Amor Sem Fim (Endless Love, 2014), que é um remake do filme de mesmo nome lançado em 1981 e baseado no livro de Scott Spencer.

endless love 1_

Jade Butterfield (Gabriella Wilde) é uma jovem rica que acabou de se formar no ensino médio e já tem uma vaga garantida no curso de medicina na universidade de Brown. Com a morte do irmão mais velho alguns anos antes, Jade se fechou para todos a sua volta, menos sua família, com isso ela não te nenhum amigo ou relacionamento na escola. David Elliot (Alex Pettyfer) é um rapaz sem muitas ambições na vida, que trabalha como manobrista e ajuda o pai em sua oficina mecânica e que sempre teve uma queda pela menina, mas nunca teve coragem de falar nada.

No dia da formatura os dois se encontram por um acaso e um sentimento mútuo começa a crescer entre os dois. Jade então para se aproximar mais do rapaz, sem dar muito na cara, pede para os pais uma festa para comemorar a formatura e finalmente começar a se conectar com os colegas de classe. A festa de início não sai como ela imagina, mas David aparece e consegue reverter à situação, transformando aquela noite na melhor da vida dela em muitos anos. Daquele dia em diante eles decidem passar todos os dias do verão juntos para aproveitarem cada minuto e com isso à menina começa a sair da “bolha” que ela havia criado há muito tempo. Ao corresponder toda a paixão de David, Jade começa a redefinir suas prioridades na vida, para a preocupação de seu pai superprotetor, que não gosta do envolvimento da filha com um rapaz “sem futuro”.

endless love 2_

O que mais tem hoje em dia é filme com essa mesma história e eu nunca me incomodei com isso. Sou dessas que mesmo já sabendo do final ainda torce pelo casal e dependendo da época do mês chora com a resolução. Mas em Amor Sem Fim eu não senti nada disso. Eu achei o filme tão sem objetivo e sem motivo para muitas coisas acontecerem. Saiu de nada e foi para lugar nenhum. Faltou um algo a mais na história para o filme ser mais atrativo.

Tirando o problema com a história eu gostei bastante dos atores principais. Eu adoro o Alex Pettyfer desde Alex Ridder Contra o Tempo (Stormbreaker, 2006) e ele estava lindo em A Fera (Beastly, 2011), minha única vontade durante o filme era de cortar um pouco do cabelo dele, mas fora isso o papel combinou com ele. E a personagem da Gabriella Wilde caiu como uma luva para ela, porque ela é toda fofa e delicadinha. Os dois juntos formam um casal bem bonito e eles têm bastante química, o que ajudou muito durante o filme.

Alguém já assistiu Amor Sem Fim? O que achou?

Semana que vem tem mais!

Beijos

Olá pessoal, como estão? Como foram as festas de final de ano de vocês? O meu Natal foi super cansativo, mas o melhor dos últimos anos e o meu Ano Novo foi mega tranquilo. Eu devo ter comido pela minha família inteira. Enfim, feliz 2015 para todos nós e que tudo dê certo! Para o meu primeiro post do ano eu escolhi A Vida Secreta de Walter Mitty (The Secret Life of Walter Mitty, 2013), um filme de comédia, drama, aventura e fantasia que foi dirigido e protagonizado por Ben Stiller.

a vida secreta de walter mitty 1_

Walter Mitty (Ben Stiller) é o responsável pelo departamento de arquivo de fotografias da revista Life. Ele é um homem sem muitos acontecimentos em sua vida e durante longas conversas tem devaneios fantásticos. Walter também tem uma queda pela colega de trabalho Cheryl (Kristen Wiig) e para se aproximar da moça até faz uma conta no site de relacionamentos eHarmony. No dia em que fica sabendo que a revista deixará de ter uma versão impressa para ter apenas conteúdo online, Mitty recebe um pacote do fotojornalista Sean O’Connell (Sean Penn), o principal da firma, contendo seus últimos negativos e um presente por seu excelente trabalho como gerente de negativos.

No tal pacote enviado por Sean contém uma fotografia especial, o negativo 25, que ele pede encarecidamente que seja usado na capa da última edição impressa da Life. O único problema é que esse é o único negativo que está faltando na encomenda. Walter então tem que lidar com a pressão do gerente corporativo de transição, Ted Hendricks (Adam Scott), que quer o negativo 25 o mais rápido possível. Mitty, com a ajuda de Cheryl, começa a usar os outros negativos como pistas para descobrir onde Sean O’Connell está para tentar recuperar a foto. Ao descobrir que o fotojornalista está na Groelândia, o pacato gerente de negativos embarca em uma série de viagens e aventuras a fim de encontrá-lo.

a vida secreta de walter mitty 2_

Eu não sou a maior fã do Ben Stiller, mas prefiro ele a outros atores. Enfim, eu confesso que eu adorei A Vida Secreta de Walter Mitty. O começo é meio parado, mas quando o Mitty decide viajar para tentar recuperar a tal foto o filme começa a melhorar, assim como a vida do protagonista.  Que fotografia maravilhosa o filme apresenta durante os lugares que o personagem visita durante suas viagens.

A mensagem passada durante a história é bem aquela de que você é dono do seu destino. Se a sua vida está chata e sem graça a culpa é totalmente sua, porque você com certeza é capaz de mudar isso, basta querer. Inclusive boa parte da divulgação do filme foi em cima de algumas frases motivacionais nos incentivando a redescobrir a felicidade, aproveitar oportunidades, buscar aventuras e seguir o nosso caminho.

Alguém já assistiu A Vida Secreta de Walter Mitty?

Espero que gostem da indicação. Semana que vem tem mais!

Beijos!