Na semana passada falei aqui sobre os filmes assistidos do Oscar. Todos os anos no blog compartilho sobre os filmes que eu vi, menciono os pontos curiosos, as partes que gosto, trilha sonora, artistas favoritos entre outros. Este ano, preferi deixar o post mais objetivo e direto, resumindo 2 filmes por vez. Os de hoje são The Post – A Guerra Secreta e Corra!

1- The Post – A Guerra Secreta

Para os amantes de jornalismo, democracia e compromisso vai gostar da proposta do filme. O longa me lembrou Spotlight – Segredos Revelados histórias diferentes mais interessantes. Em 1971 deu no New York Times os chamados “Pentagon Papers”, documentos sigilosos do Governo dos EUA que mostravam que tudo sobre a Guerra do Vietnam era uma mentira. Quando o governo do presidente Richard Nixon tentou impedir as publicações, os documentos foram parar na redação do Washington Post, chefiada por Bem Bradlee (Tom Hanks) que, juntamente com sua equipe, precisava convencer Kat e os demais responsáveis pelo jornal sobre a importância de sua publicação. Esse material entrou para a história e levou os dois jornais citados a julgamento, gerando a discussão sobre a liberdade de imprensa.

Confira o trailer:

 

2- Corra!

Não sou fã de filme de terror, mas gosto de suspense aquele bem de leve. Corra! acabou me surpreendendo e é o meu favorito da lista ?. Chris (Daniel Kaluuya) é jovem negro que namora Rose (Allison Williams). Os dois estão viajando para encontrar os pais de Rose e logo no início há um visível tensão pelo fato da família ser tradicional e com isso, fica claro que algo está muito errado com todos os membros da casa, especialmente o irmão que tem cara de louco e o pai que tenta agradar mais ao mesmo tempo faz comentários preconceituosos. Tudo isso piora quando os amigos da família aparecem e não conseguem esconder que Chris é diferente de todos por ser negro. Sessões de hipnose e empregados misteriosos são outros pontos marcantes do filme!

Confira o trailer:

Já assistiram esses filmes? Qual é o seu favorito do Oscar?

Maratona Oscar: A Chegada

Estava olhando o calendário e vi que falta poucos dias para sabermos qual será o filme premiado. Como ainda tem muitos filmes para resenhar, os posts serão mais rápidos e dinâmicos. O filme de hoje é A Chegada o motivo maior foi pelo fato da atriz Amy Adams ? do que pela própria história em si hahaha. A Chegada é uma ficção científica que faz jus a união e a comunicação, fatores primordiais em qualquer lugar.

O longa gira em torno de Ian Donelly (Jeremy Renner) e Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista convocada pelo governo americano para estabelecer contato com alienígenas de uma das 12 naves que pousaram no planeta terra. O medo e o pânico se instalam nas ruas e em toda a sociedade, as redes de televisão registram todo sentimento de medo e receio da população mundial em relação àquela visita. ???

É interessante notar, como Louise se revela ao longo dos acontecimentos, consegue manter a tranquilidade diante de um mistério grandioso não só por ela, como para o seu trabalho e para todos que estão a sua volta. No filme, percebemos a urgência comunicacional em todas as instâncias para entender de fato o que está acontecendo. Quando finalmente o grupo de pesquisadores consegue avançar os contatos com os extraterrestres o longa faz questão de mostrar que isso partiu de um esforço em conjunto com outras nações visitadas.

Ao mesmo tempo que essa trama inteira acontece, Louise é tomada com flashs frequentes por visões dela com a sua filha. No início do filme sua filha, aparece morrendo por causa de um câncer. Mas, afinal eles conseguem resolver o mistério da linguagem dos alienígenas com a sociedade? Deixo a resposta pra quem assistir!

O filme narra uma história interessante marcado por mostrar a comunicação e como entender o próximo para compreender a si mesmo, no fundo é uma reflexão importante para nós. Algumas cenas são bem paradas e isso me fez dormir em alguns momentos hahaha. Mesmo com a boa atuação de Amy o filme não entra na minha lista de favoritos. ?

 Confira o trailer:

 Já assistiram?