Eu li: Dama de Honra

Enrolei mais consegui finalizar mais um livro, desta vez queria uma leitura divertida e ao mesmo tempo interessante e Dama de Honra (Jane Costello) cumpriu o seu prometido 😀 . O livro conta a história de Evie Hart uma jornalista de 27 anos, que tem vários casamentos para ir e ser dama de honra de suas amigas. Além disso, Evie convive com vários problemas em seus relacionamentos amorosos a maioria deles nunca dura por muito tempo. Em um dia qualquer, Evie aceita ser dama de honra no casamento de sua amiga Grace, após a ida no casamento da amiga ela percebe que está cada vez mais longe de se casar.

damadehonraddb

Depois de várias histórias e conversas durante o casamento de Grace, Evie conhece Jack um cara lindo, charmoso, bem-humorado e inteligente que se relaciona com Valentina sua amiga sexy, rica e magra. Valentina e Jack vivem um romance passageiro, no qual ficam durante o casamento de Grace e no dia seguinte se separaram. Valentina não se importa com isso, para ela não é o cara mais bonito do pedaço que é importante ter na vida e sim a conta bancária que ele possui. Enquanto o casório de Grace e Patrick acontece Evie chama Charlotte sua amiga de infância para colocar a conversa em dia e saber como vão o status de relacionamento.

Charlotte é gordinha e após uma decepção gritante com o vestido de dama de honra que não entra nela, põe um fim nesta história e decide fazer uma dieta radical e fica magra, conquistando todos os caras que aparecem à sua vista, inclusive um cara misterioso. Dias se passam e Evie não consegue tirar Jack da cabeça e imagina um romance promissor com o mesmo. Sua amiga da faculdade Georgia anuncia o seu casamento e Jack é um dos convidados da festa. Os dois se conhecem, marcam um encontro depois e o beijo acontece. O casal vive um romance maravilhoso mais Beth surge e atrapalha toda a relação deixando Evie desconfiada depois de várias ligações no celular de Jack, com isso os dois terminam o relacionamento. 🙁

Evie fica sem Jack por um bom tempo e em seguida sua mãe anuncia que vai se casar e de vestido verde, para completar sua mãe convida o ex-namorado para a festa, o cara é um chato e fica o tempo inteiro atrás de Evie incomodando com histórias passadas e insistindo para tê-la de volta. Depois de 3 casamentos, Evie é convidada para ser dama de honra de Valentina que vai se casar com um cara milionário, Evie vai ao casamento da amiga com o coração apertado, pois ela e Jack não se falam desde o término, acontece que Georgia e Valentina percebe a tristeza da amiga e Jack aparece de surpresa no casório de Valentina anunciando para todos os convidados que a quer de volta. E aí, o que acha que acontece no final Evie casa com Jack, ou não? Não vou contar pra vocês. 😛

A história é cheia de detalhes, impossível falar de tudo aqui pra vocês ainda tem muitas outros momentos memoráveis do livro que eu não contei. Recomendo demais a leitura super fácil, romântica e divertida, ri em várias partes da leitura.

Vocês já leram Dama de Honra? Gostam desse tipo de leitura romance + comédia? 🙂

E mais uma leitura finalizada 😀 !! Mais uma vez me rendi aos livros de crônicas ♥ e a escolha da vez foi o livro A Menina que Colecionava Borboletas da escritora e blogueira Bruna Vieira. Comprei ele no sábado no dia em que a Bruna deu um pulo aqui na Capital Federal para lançar o livro, o evento rolou na Livraria Cultura do Casa Park. A fila era imensa para conseguir um autógrafo da escritora. Consegui entrar no auditório e ver a Bruna de pertinho respondendo algumas perguntas.

LivroBruna

Este é o primeiro livro que leio da Bruna e posso dizer que é uma ótima leitura 😉 . Apesar de tão novinha ela já carrega uma bagagem incrível de sonhos, música, pensamentos, fotografias, amores, decepções e ensinamentos. Em A Menina que Colecionava Borboletas ela mostra seu lado mais maduro e expõe o que acha sobre amor e os relacionamentos que viveu, os problemas que enfrentou com o seu corpo, os ensinamentos que ela aprendeu morando em uma cidade grande, das críticas que recebeu em seu blog. Dentre muitas outros problemas e responsabilidades que a escritora enfrentou e que por meio deles aprendeu a superar todas as diferenças.

A diagramação do livro é uma fofura e há várias ilustrações, algumas são coloridas compostas por frases aleatórias da própria autora. Além disso, há uma playlist de músicas que a autora sempre deixa nas últimas páginas do livro, marca registrada da Bruna.

Três textos me marcaram e deixo um trecho de cada uma deles pra vocês espiarem, vem comigo!

O Manual da Felicidade

Não guarde rancor. Nada acontece por acaso. Precisamos aprender a tirar boas lições até das piores experiências. Os ensinamentos negativos, quando acumulados dentro da gente, contaminam todo os resto. Paramos de prestar atenção e de ver graça nas coisas mais simples quando passamos o dia todo tentando resolver os antigos problemas de sempre. Exigir que o mundo seja exatamente como planejamos o tempo todo é egoísta, e o orgulho só serve para te tornar uma pessoa mais solitária.

Os Planos que a Gente Faz (e Desfaz)

O amor vem dentro de uma pequena caixa. Vem acompanhado. Com ciúmes, insegurança e intimidade. Cada pessoa abre de um jeitinho diferente. Alguns gritam e compartilham com o mundo. Outros jogam a caixa longe e correm o mais rápido que podem. Os corajosos que se arriscam e vão em frente precisam de uma espécie de manual para usá-lo da maneira correta. Não é um papel que vem junto nem pode ser encontrado no Google. São leis que nascem com a gente. Admiração, respeito e honestidade. Sem esse manual, a caixa não vale para nada. Talvez para alcançar alguma coisa. Para ocupar um espaço vazio. Mas, no final das contas, é só uma caixa maciça e sem valor.

Sou uma Garota para Ficar

Seguir um script é besteira, sabe? Pessoas não são como peças de roupa, que precisam de etiquetas para ser diferenciadas. Nossos valores reais estão nas atitudes que tomamos, naquilo em que acreditamos e nos outros detalhes que deixamos o outro conhecer aos pouquinhos. Somos todos, mulheres e homens também, um mix de lembranças, dramas e sonhos. É maldade deixar que nos dividam em categorias.

 

Pra quem ama ler crônicas, vai adorar este livro! Vocês já leram algum livro da Bruna Vieira?