No ano passado comprei muitos livros e acabei não lendo todos mais no meio dessa seleção não pude deixar uma leitura de fora, o livro da vez foi Montanha Russa da escritora Martha Medeiros. O que posso dizer do livro? Realista, simples e cheio de reflexões pra você carregar pra vida inteira. Mais uma vez Martha nos relata sobre vários assuntos como relacionamento, cultura, amor, decepções e ensinamentos de uma forma clara e objetiva, sem preconceitos e como as coisas devem ser.

“Livro nos dá conhecimento, uma visão aberta da vida e nos ensina a escrever melhor. Não nos torna chatos nem nos salva de sê-los. Chato é quem não nos faz rir.”(pg 37)

MontanhaRussa

“Crescer requer esforço mental. Obriga a tomadas de consciência. Exige mudanças. Crescer é a antirrepetição de ideias, é a predisposição para o deslumbramento, é assumir as responsabilidades por todos os nossos atos, os bem pensados e os insanos. Crescer dá uma fisgada diária no peito, embrulha o estômago, tem efeitos colaterais. Machuca” (pg 184)

Sou suspeita para falar das obras de Martha, pra mim todas são excelentes! Gosto muito do jeito que ela escreve, sem medo, provocando um olhar diferente sob todas as coisas e desbravando nossas expectativas e desejos. Quem gosta de ler crônicas a escritora é um prato cheio para devorar na medida certa, eu recomendo ♥. Dessa vez, li o livro com um marca texto do lado, fui marcando tudo o que eu precisava ler no momento. Simplesmente uma leitura incrível para o começo de ano 😉 .

“O tempo só será generoso na medida em que você usá-lo para fazer coisas mais produtivas: procurar amigos sumidos, praticar um esporte, retomar um projeto adiado, viajar. As atenções têm que estar voltadas para os lados e para a frente”. (pg 109)