No meu último final de semana, dei uma passadinha no cinema para assistir Inferno, adaptação do livro de Dan Brown. A história lembra bastante O Código da Vinci, no qual o personagem do Tom Hanks se envolve mais uma vez numa trama cheia de mistérios históricos e obras. Não cheguei a ler os livros, mas gosto bastante da proposta da história, é inteligente e interessante. 😉

infernofilme

O longa se passa em Florença, na Itália novamente Robert Langdon (Tom Hanks) o professor de simbologia de Harvard desperta em um hospital, com um ferimento na cabeça provocado por um tiro de raspão. Robert acorda assustado e confuso e lá é tratado por Sienna Brooks (Felicity Jones), uma médica que o conheceu quando ainda era criança. Langdon não consegue se lembrar de nada do que aconteceu nas últimas 48 horas, nem mesmo o porque de estar em Florença. De repente, ele é atacado por uma mulher misteriosa e, com a ajuda de Sienna, escapa do local.

infernofilme-dan-brown

Langdon percebe que em seu paletó está um frasco lacrado, que pode ser aberto apenas com sua impressão digital. Nele, há um artefato misterioso que dá início a uma busca incessante através do universo de Dante Alighieri, autor de “A Divina Comédia“, de forma a que possa entender não apenas o que aconteceu, e o porque de ser perseguido.

Como mencionei, o filme é interessante do começo ao fim e acaba nos arrastando para um mundo angustiante cheio de obras literárias e misteriosas da história. Tom Hanks como sempre dá vida ao personagem e contracena muito bem com Felicity Jones. A fotografia é simplesmente maravilhosa, assim como o cenário principal do filme Florença.

Confira o trailer:

E você, assistiu?